Tratamentos Que Acabam Com As Olheiras!

As olheiras são um terror e isso a gente sabe. Mas o principal para saber como combatê-las é conhecer as causas, que são diversas. A mais comum, no entanto, é a hereditária, que pode deixar a região amarronzada e funda.

A má circulação também contribui muito para o aspecto arroxeado ou azulado das olheiras, assim como as noites mal dormidas, o sal em excesso, o estresse, o cigarro, as alergias respiratórias, o cansaço e o álcool. Além de contribuir para o surgimento das olheiras, o sal e o álcool causam retenção hídrica local, que se traduz em bolsas embaixo dos olhos.

Dentre os tratamentos mais usados, os lasers são as principais opções, já que conseguem atingir os vasos sanguíneos e os pigmentos sem danificar a pele em volta dos olhos. Os vários tipos de lasers reduzem muito as olheiras, mas elas não somem completamente, o que significa que é algo que precisa de “manutenção” constante.

Quando a causa da olheira é o excesso de melanina, indica-se o Spectra, um laser que é muito utilizado no tratamento do melasma. Ele consegue tanto atingir como fragmentar a melanina, que será posteriormente eliminada, e tudo isso sem aquecer tanto a área quanto os demais lasers. Esse detalhe é importante pois significa que com o Spectra não há o efeito rebote.

01212

Para quem, como eu, é sensível a dor, eis uma boa notícia: o Spectra até causa um pequeno desconforto, mas não causa dor, e garante a redução de 70 à 90% das olheiras, o que é bem interessante, né? Para conseguir esse efeito são necessárias, em média, cinco sessões, com intervalos que variam de duas a três semanas, sendo que cada sessão custa mais ou menos 400 Dilmas.

Se o Specra é bom para quando há excesso de melanina, a luz intensa pulsada e o laser nd: Yag (Genesis) são a salvação para casos em que a formação das olheiras se deve a má circulação sanguínea local. Isso porque a luz intensa pulsada consegue alcançar e fechar os vasos dilatados, destruindo a hemosiderina, que é o pigmento causado pelo ferro decorrente do excesso de sangue. Já o Genesis normaliza a circulação sanguínea, agindo na congestão vascular.

O tratamento garante uma redução de 80 % a 90% dos olheiras, sendo necessárias três sessões ao ano ou, em casos crônicos, até sete sessões, que custam, em média, 300 Dilmas cada.

Quando o problema não é a cor, mas sim aquele aspecto fundinho, o ideal é fazer um preenchimento com ácido hialurônico, que reduz o desnível local e uniformiza a textura da pele em até 90%. A sessão, que custa em média 1200 Dilmas, precisa ser refeita anualmente, pois o ácido hialurônico é absorvido pelo organismo.

Preocupada com a dor? Antes da sessão aplica-se uma anestesia no local, já que a picada da agulha no sulco lacrimal costuma ser dolorida, e os hematomas que, por ventura, possam surgir, somem em quatro dias, no máximo.

Fora os preços, que são bem “puxados”, achei tudo muito digno! Alguém aqui já fez algum desses tratamentos?

Beijos

Ju Lopes

Tratamentos Que Acabam Com As Olheiras!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

1 Comment
  1. GENTE, O CHA 37 ERVAS FOI PROIBIDO E DEU ATE NO FANTÁSTICO!!!!!!!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.