Vamos Ser, em vez de Ter!

Oi meninas, quanto tempo!

Andei sumida por que estava colocando algumas coisas em ordem, mas agora estou de volta! Esses dias eu estava assistindo uma aula da minha especialização, quando me toquei o quanto a vida é efêmera e o quanto o ser humano se agarra a qualquer coisa que dê a ele uma sensação de segurança, de que algo ficará. É fato que estamos todos aqui, nesta vida, em busca da felicidade, mas muitas pessoas esquecem que no fim, todo mundo vai morrer sem levar nada.

Fiquei pensando o quanto as pessoas recorrem a plásticas, achando que a beleza vai durar para sempre, quantas passam a vida fazendo fortuna, acreditando ser o dinheiro quem traz a felicidade… quantas não valorizam status, classe, medalhas, ou o que quer que seja, tentando encontrar uma felicidade que é, na verdade, tão efêmera quanto a própria vida.

Foto: Reprodução

Nada contra quem faz plásticas, pois acho válido fazê-las quando o limite é se sentir bem consigo mesma, assim como não sou contra quem acredita que o dinheiro é suficiente para trazer felicidade, é claro que ele ajuda em muitas coisas, e tudo isso é, na verdade, uma questão de valores, de crenças, que são subjetivas e que estão ligadas à história de vida de cada um.

Mas eu me pergunto de que tudo isso vale a pena? Por que buscar a felicidade em algo exterior, quando é de DENTRO de nós que tudo flui? A felicidade verdadeira vem de dentro de nós, e quando ela vem de algo exterior, ela vai ser passageira. Temos que aprender a desapegar das coisas materiais, de achar que elas serão suficiente, que ter é mais importante do que ser.

Não é que não devemos comprar o carro do ano ou cuidar da beleza, não vejo problema em buscar uma vida confortável ou investir em autoestima e bem-estar. Mas vamos lá, gente, vamos valorizar as pequenas coisas, vamos amar a natureza, vamos dizer o que sentimos para as pessoas, vamos amar sem cobrar nada em troca, sem aprisionar, vamos nos dedicar a nós mesmos, a nos conhecer. Vamos SER em vez de TER!

Foto: Reprodução

A idéia aqui não é também abdicar de ter uma vida confortável, mas de desapegar disso, de ver o material como complemento e não como função e objetivo de vida, de valorizar quem somos e quem queremos ser, de buscar algo além de satisfação material, de nos focarmos no nosso crescimento como pessoa, de nos sentirmos bem conosco, com aquilo que fazemos, com nossas atitudes e comportamentos. Mais importante do que deixar bens materiais, é deixar aprendizados, sorrisos, superações, vitórias e lembranças.

Então, meninas, vamos nos cuidar sim, vamos comprar sim, mas vamos além de tudo isso: vamos SER, vamos nos amar e buscar nossa felicidade dentro de nós!

Beijão!

Amanda Carvalho (amandacarvalho@patricinhaesperta.com.br)

Vamos Ser, em vez de Ter!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

6 Comments
  1. Simplesmente ADOREI.. esse post veio na hora certa 🙂

  2. Quem só busca ter, quanto mais tem, mais quer, e dá-lhe mais insatisfação e (vazio) na vida, pois dinheiro não compra amor verdadeiro; e quem busca (principalmente) o ser, muitas vezes (geralmente), já tem valores arraigados na educação, pois, pais, família ensinam os verdadeiros valores do ser. E esses é que serão para sempre lembrados. Bjos.

  3. Belo texto.
    E acho que mais importante que ser feliz, é ter paz.
    Ter paz com você mesma, com quem está a sua volta.
    Ter e fazer a paz… e assim, sem querer, você encontrará felicidade…

  4. Aline Azevedo disse:

    Amanda, concordo com tudo o q vc disse. Alias, essa eh a minha filosofia de vida. Mas, la no fundo sabe, nao consigo ser feliz so como ser. Isso me incomoda muito. Porque eu tenho plena consciencia de q o ser, de q o amor, a amizade, o respeito e a caridade preenchem o ser humano mas eu nao consigo ser feliz apenas com isso. Amo uma novidade, ganhar presentes de mim ou dos outros, comprar cosmeticos, comidinhas, saber que tenho dinheiro… E isso me incomoda. Porq estou numa pessima fase financeira e vejo como a falta de tudo isso me da um vazio e nao seicomo buscar a felicidade de dentro. Como exercitar isso?
    Bjo!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.