Menu
in

Mudanças e Traumas Capilares

Quem me acompanha pelo Face (AQUI) ou pelo Insta (@julopespe) sabe que meu cabelo passou por, digamos, problemas essa semana.

Cansei do loiro claríssimo, quis mudar um pouco e pedi pra escurecer o cabelo todo com a 6.17 (Itallian Color), para, depois disso, puxar novas mechas, mais finas e em menor quantidade, já que queria um contraste maior.

Acontece que fiz tudo isso em um dia só, o que é errado e eu bem sei.

Mas, como sou a teimosa e meu cabelo estava bem forte, fiz, até porque já havia feito isso outras vezes e nunca deu problema.

A cor ficou muito escura, mas até então o cabelo estava forte, porque, como vocês sabem, sou a louca do Extreme Up.

Acontece que, após as luzes, quis fazer uma selagem pra tratar o cabelo.

E foi a aí que o problema começou…

Olhei certinho o rótulo e não vi nenhuma substância suspeita. Além disso, notei que era um produto notificado na Anvisa como grau 1, ou seja, fui na certeza de que não era um produto que alisava o cabelo, até porque não era essa a minha intenção.

Daí em diante, foi “ladeira abaixo”…

O cabelo ficou igual elástico, muito frágil, ao mesmo tempo poroso, e se desfazendo ao toque.

Eu nem me desespero mais com esse tipo de coisa, já que não é a primeira vez que acontece e já sei mais ou menos como manter a coisa sob controle.

Precisei cortar um pouco das pontas, fazer uma reconstrução de emergência e comprar produtos específicos para esse quadro, mas isso é assunto para o próximo post!

Beijos

Ju Lopes

ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Escrito por Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza.

Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá?
Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

Comente