Compulsão!

Reproducão

Meninas, vou falar hoje com vocês sobre a compulsão. Ela tem as mais variadas formas de se manifestar e pode ser notada desde crianças, adolescentes, jovens e adultos, ninguém está livre dela.

Um fato muito importante, é que a maioria das vezes, a compulsão é resultado de algo que você sente falta e acaba por susbstituir aquela ausência de algo em outras formas, como a comida, as compras, chocolates, magreza. A compulsão é um distúrbio e deve ser diagnosticado e tratado junto a um profissional qualificado, pois pode trazer algumas dificuldades no decorrer da sua vida.

As meninas que tem aquela compulsão, gerando quase a paranóia mesmo de se manterem magras, podem obter problemas graves de saúde, pois fazem verdadeiros absurdos para se manterem no “padrão de magreza” que a sociedade impõe. Meninas se acalmem, vocês devem ser felizes com seu biotipo e seu peso.

Aquelas que não passam um dia sem uma barra de chocolate, também devem ter cuidado para não adquirirem problemas de diabete e com a glicose, lembro mais uma vez que tudo em exagero faz mal!

As que compram a perder de vista, saem e não conseguem ficar sem comprar nada e sempre saem do shopping com uma sacola, devem ficar de olho nas finanças para não meterem os pés pelas mãos.

Meninas, ai vai um alerta, não tentem suprir faltas e carências com coisas que possam prejudicar vocês num futuro que pode nem ser tão distante assim. Se atentem para o fato de que o excesso sempre faz mal e que se vocês se pegarem cometendo execessos, tentem se perguntar por que estão fazendo aquilo. Tudo bem ir ao shopping e comprar um absurdo de coisas, mas sempre não dá. Prestem atenção na frequencia das compras, na frequencia da comilança e na frequencia do excesso de cobrança a seguir padrões de beleza. Se você notarem que não conseguem controlar a vontade, procurem ajuda!

Recentemente tenho visto muitas meninas que nem entram direito na sua adolescência, e já tem enraizada uma vontade de parecerem mais velhas, a quantidade de meninas fazendo progressivas, usando unhas de porcelana, unhas postiças, querendo colocar silicone, isso tudo é um forte indício de que elas tendem a absorver e seguir os padrões da sociedade e ai, é a hora dos pais entrarem em ação e darem um basta ou levarem os filhos a um psicólogo para não chegarem ao ponto da compulsão.

Até o próximo post meninas e se vigiem, hein!!

Raquel Assuncão

 

Compulsão!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

3 Comments
  1. Muito bom, adorei o post..
    Concordo com tudo..
    Mulherada, não é um corpo perfeito que vai fazer vc feliz.Tá cheio de gostosonas por ai, que são infelizes, ja foram traidas, mal amadas.
    O que conquista, é auto confiança, determinação e atitude..
    Haa e deem uma banana bem grande pra sociedade..
    Beijosssssssssss

  2. Eu tinha compulsão por compras aos 15 anos, eu ia praticamente todo dia pro shopping, gastava horrores em coisas que eu nunca usaria, só pq eu tinha prazer em comprar mesmo, eu ja trabalhava na época e gastava o triplo do que recebia por mês.
    Depois de terapia aos 16 eu desenvolvi a compulsão alimentar , como eu não tinha mais prazer que sentia quando comprava eu o substitui pela comida e acabei ganhando 30 kg com isso, e por fim agora aos 18 desenvolvi a bulimia e anorexia, depois de ter engordado tanto comecei a querer emagrecer e emagrecer a todo custo, estou com 45 kg com 1,60, mas no inicio do ano pra minha festa de 18 anos eu cheguei a 37 kg.
    Agora tenho acompanhamento de psicóloga e nutricionista, e tomo muitos rémedios pra controlar esses trasntornos, fora minha mãe no mue pé 24 horas por dia.
    Compulsão é um trasntorno muito sério e muito complicado e no meu caso foi como um viciado que tenta substituir o antigo vicio por outro.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.