Controle sua impulsividade!

Oi meninas,

A impulsividade é uma característica que está relacionada à falta de auto-controle e que traz muitos prejuízos não só para a pessoa impulsiva, mas também para todos que convivem com ela. Seja em casa, no trabalho, com o namorado ou na sociedade, é preciso controlarmos os impulsos e aprendermos a não agir sem pensar, tomando cuidado com nossas ações e nossas palavras de modo que ninguém saia machucado nem magoado, inclusive nós mesmos.

Foto: Reprodução

Quando falamos sem refletir, corremos o risco de dizer coisas das quais nós com certeza nos arrependeremos e que nem sempre poderemos voltar atrás. A impulsividade é, na verdade, bastante diferente de sinceridade, de saber se defender, de responder de forma rápida e argumentativa, pois ela é baseada na emoção, no calor do momento e não na racionalização da situação. É por isso que pessoas impulsivas acabam reagindo de forma automática e instantânea, provocando conflitos, rompimentos e situações vergonhosas, e só percebem que extrapolaram quando já é tarde demais.

As pressões e o estresse que sofremos na correria do dia-a-dia podem fazer também com que nossas reações sejam impulsivas. Outra coisa que geralmente está relacionada à impulsividade é a ansiedade, pois ela faz com que as reações sejam ainda mais irrefletidas e, por falar demais, a pessoa impulsiva pode muito bem contar coisas e se expor para pessoas não confiáveis, que podem se utilizar dessas informações para prejudicá-la.

Resumindo, uma pessoa impulsiva, além de falar sem pensar e demais, fala também muito rápido, mais do que ouve, sempre com pressa, agitadamente, não sabe o momento de falar, fala demais de si mesma fazendo exposições desnecessárias e não consegue lidar e controlar as próprias emoções. Além disso, a impulsividade também está em comportamentos impensados que podem  provocar sérias conseqüências.

Foto: Reprodução

É claro que algumas vezes falamos algo impulsivamente e mesmo que, para nós, seja irrelevante, pode ser que para o outro seja bastante significativo, provocando mágoas e ressentimentos, mesmo que essa não tenha sido sua intenção. Assim, sempre que isso acontecer, tenha humildade para pedir desculpas. Aprenda a observar a reação das pessoas quando você fala, pois assim você detecta a sua impulsividade e pode tomar atitudes para amenizar ou superá-la. Outro ponto super-importante é JAMAIS tomar decisões por impulso ou sem pensar e analisar bem, pois serão precipitadas e causadoras de arrependimentos e angústias.

A impulsividade PODE e DEVE ser controlada! Algumas técnicas de relaxamento são ideais para os momentos de raiva e estresse, como respirar fundo, contar até 10 e só depois falar. Além disso, sempre que algo te incomodar, não rebata de imediato: dê tempo para refletir e medir suas palavras; quando você sentir que não está conseguindo dominar suas emoções, saia do lugar, caminhe, ouça uma música, fique um tempo só e reflita; faça atividades físicas para liberar o estresse do cotidiano e não deixe que o excesso de trabalho interfira no seu tempo de lazer.

Outras atividades como yoga, relaxamento e meditação também podem  ajudar e, caso não consiga sozinha, a terapia é a melhor saída para compreender os seus sentimentos e a origem da sua impulsividade. É importante aprendermos a controlá-la para termos relações equilibradas e uma vida de qualidade, além de contribuir para nos conhecermos e, conseqüentemente, encontrarmos a realização e a satisfação.

Beijos!
Amanda Carvalho (amandacarvalho@patricinhaesperta.com.br)

Controle sua impulsividade!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

1 Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.