Não repita seus erros!

Oi meninas,

Na vida, vamos vivendo e aprendendo, mas muitas pessoas não conseguem parar de repetir sempre os mesmos padrões prejudiciais, e acabam cometendo sempre os mesmos erros. Na verdade, os erros são fontes valiosas de aprendizagens e crescimento, mas é preciso que tenhamos certas atitudes para que façamos das nossas derrapadas uma forma de nos fortalecermos ainda mais para enfrentar a vida.

Foto: Reprodução

Errar faz parte, pois estamos constantemente fazendo escolhas e tentando encontrar aquilo que seja melhor para nós, mas, às vezes, fugimos das nossas próprias responsabilidades, nos recusamos a aceitar que erramos e a enxergar nossos erros. Isso faz com que nós fiquemos sempre repetindo as mesmas coisas e, pior, culpando os outros por nossas escolhas ruins.

O primeiro passo é compreender que todos nós podemos errar, sim, pois errar não é uma fraqueza, é uma condição de ser humano e estamos em constante movimento. Ninguém nasce sabendo de tudo, vamos aprendendo aos poucos, com tentativas de erro e acerto, com experiências e observações. Vencer e acertar é bom, mas é  com as derrotas e com os erros que aprendemos a persistir, a não desistir, a continuar firme em busca de algo que queremos, a ter temperança, a acreditar em nosso potencial e superar a nós mesmos.

Porém, os erros só se transformam em aprendizados e conhecimento, se nós os reconhecermos, se admitirmos nossa responsabilidade e se refletirmos de forma honesta sobre o que nos levou a cometer tais erros. Só assim saberemos reconhecer quando estivermos à beira dos mesmos erros e poderemos tomar atitudes diferenciadas. Um ponto importante é que não devemos confundir o erro honesto (aquele resultante de riscos planejados) com erros devido ao descaso, à incompetência ou à irresponsabilidade. É preciso termos, também, humildade para reconhecer nossas próprias falhas e fraquezas e identificar nossas atitudes, comportamentos e idéias pré-concebidas que nos levaram a errar.

Foto: Reprodução

Ou seja, a aceitação da responsabilidade que temos em relação a nós mesmos e às nossas escolhas é essencial para tornar o aprendizado possível. Além disso, nós não podemos mudar o que já erramos, mas podemos escolher como reagir a eles, avaliando o que aconteceu, que outras possibilidades existiam, que mudanças são necessárias para não repetir esses erros e que comportamentos você precisa mudar para que não caia nas mesmas armadilhas ou como você precisaria agir em situações semelhantes para não obter os mesmos resultados negativos.

Na verdade, a questão aqui não é ser perfeita e não cometer erros, mas transformá-los em crescimento e ele só acontece quando abrimos nossos olhos e conseguimos enxergar espaços para melhorias. Assim, procure sempre identificar os por quês e conhecer as causas que te levaram à repetição de erros e, para isso, é preciso autoconhecimento. A vida está aí exatamente para aprendermos, por isso, como diz o ditado, errar é humano, mas persistir no erro é burrice!

Beijos!!

Amanda Carvalho (amandacarvalho@patricinhaesperta.com.br)

Não repita seus erros!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.