Quando aprendi que precisava me amar

Oi meninas!

Na vida corrida que levamos, nem sempre conseguimos parar e reparar no que realmente é importante para nossa felicidade. Costumamos ter medo da solidão, de olhar para nós mesmos, de reconhecer erros, defeitos, falhas, fraquezas e aceitar que somos assim mesmo, imperfeitos, cheios de rupturas e espaços vazios a serem preenchidos.

Nem sempre conseguimos acalentar e alimentar nossa alma e nosso coração com coisas verdadeiras, e vamos nos iludindo, acreditando em tudo que o mundo oferece quando na verdade tudo que precisamos é amar a nós mesmos, valorizar, aprender e descobrir quem realmente somos.

Eu costumava ser daquelas pessoas que fogem de si mesmas e acabei mergulhando em uma vida que não me preenchia em nada e que não ia dar em nada. No dia em que descobri que eu precisava me amar, que eu precisava me pôr em primeiro plano, aprendi tantas coisas que hoje sou uma outra pessoa, não completamente realizada, pois ainda é cedo para tantos outros planos que permeiam minha alma, mas sei que estou no caminho certo.

Quando aprendemos a nos amar, precisamos nos livrar de coisas que nos mantém para trás. Temos que dar adeus a pessoas tóxicas, transformar atitudes e comportamentos autodestrutivos em ações positivas e buscar sempre as alternativas saudáveis para nós. É preciso abrir mão de muitas situações e pessoas que nos mantém presas em eternos ciclos repetitivos, que nos mantém paradas, que sugam nossa energia.

Não é fácil, não é de um dia para o outro. Eu tive que abrir mão de projetos, de amizades de longa data, de crenças que eu tinha sobre mim mesma e sobre as pessoas que me cercavam. Tive que abrir os olhos e aceitar que muito do que pertencia à minha vida na verdade já não me servia mais, já não tinha mais sentido, já não se encaixava mais naquilo que eu queria para mim e que eu, com minha muita falta de amor por mim mesma, insistia em manter por perto.

Quando aprendi que precisava me amar, passei a me observar, a amar meu corpo assim mesmo, a reconhecer meus potenciais, meus limites. Passei a me ouvir, a perceber que sou alguém especial, alguém importante e que, sem mim, minha vida não faz sentido. Devo ser, então, a principal atriz do palco da minha vida e não deixar que outras pessoas guiem e decidam o meu rumo, não posso deixar que passem por cima de quem eu sou, não posso abrir mão daquilo que é mais importante: meu amor por mim.

Quando nos amamos, estamos prontas para amar outras pessoas de verdade, para aceitar o próximo e desenvolvemos a compreensão, a humildade e a empatia. Quando nos amamos, estamos mais preparadas para lidar com nossos relacionamentos, com nossos planos, sonhos e, principalmente, a lidar com as perdas e com os obstáculos da vida. Quando nos amamos, irradiamos luz, alegria, sorrisos e energia positiva.

Esse caminho da descoberta de si mesma, do amor-próprio, é longo, mas o mais importante é dar os primeiros passos. Sei que ainda há muitos medos a serem vencidos, muitas crenças a serem derrubadas e que muito do que vivi ainda precisa ser elaborado. Mas sei, também, que meu amor por mim só me trará coisas positivas, então, por mais difícil que seja, é uma jornada que merece ser vivida.

Meninas, mergulhem nessa jornada também! Vamos aprender a nos amar, a sermos verdadeiras conosco, com quem somos e com o que sentimos. Vamos ser felizes de verdade e não meras marionetes da vida!

Beijos!
Amanda Carvalho (amandacarvalho@patricinhaesperta.com.br)

Quando aprendi que precisava me amar
3.5 (70%) 2 Votos

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

11 Comments
  1. Oi Amanda,

    Tudo bom?
    Meu nome é Débora e tenho um blog, humilde, to começando ainda rs…
    Então, sofro de depressão e TOC e hj. quando abri o e-mail e li este seu post me senti muito bem… simplesmente amei a mensagem.
    Por isso queria saber se eu poderia compartilhar seu post no meu blog.
    Aguardo sua resposta tá!

    Bjus,

  2. Amanda,

    Parabéns, alem de palavras lindas e confortantes tudo isso é verdadeiro, porque eu fiz isso ha exatamente dois anos, o seu texto só confirmou que estou no caminho certo, fiquei emocionada.

    Obrigada

  3. Voce é formada em psicologia? Ja pensou em cursar? Gosta da area?

  4. Voce é formada em psicologia? Ja pensou em cursar? Gosta da area? Me responda obrigada

  5. moda, beleza e comportamento tudo no mesmo lugar amei esta pagina..

    1. Meninas,Sou Psicóloga sim, rs!
      Eu gosto muito da minha profissão, embora seja formada há apenas 1 ano, já pude conhecer muito da área. Temos muitas opções de atuações, como na clínica, em escolas, empresas, na área comunitária, jurídica, esportiva e podemos também atuar em conjunto com outros profissionais, como no tratamento de obesidade e câncer. É uma profissão que exige muito da pessoa: é preciso estrutura para lidar com tantos problemas e dificuldades do próximo, é preciso saber lidar com frustrações também, pois estamos aqui para ajudar, mas nem sempre as pessoas querem ser ajudadas ou conseguem superar seus medos e recalques. Mas é também uma profissão gratificante, sabe, é muito bom quando conseguimos ajudar alguém a superar alguma coisa, a mudar de vida, a tomar atitudes e encarar desafios. É também um desafio diário, pois temos que aprender a lidar com nós mesmas, com nossas reações, sentimentos, desejos e por ai vai. Por isso que é sempre recomendado que Psicólogos estejam em terapia.
      Espero ter esclarecido!
      Beijos!!

  6. Jéssica Francielle disse:

    Gente, esse blog é tudo de bom! Eu adooooro os posts de vcs, estou passando por uma fase na minha vida em que é necessário cortar relações com amizades antigas… que não vejo mais porque continuar presa a elas… e que acabam sendo pessoas tóxicas pra mim! Excelente post!
    Amanda Carvalho, Ju Lopes, Dani, Kika e Lucy: vcs são ótimas, estão de parabéns!!!!

    Beijos!!
    Jéssica.

  7. Eu amo tudo que voces postam…sobre moda,cabelo principalmente que é meu foco…já que não sou gordinha…então sempre tive os cabelos curtos,hj são médios e aproveito muito as dicas…e agora com esse post de mulheres que amam demais é (super tudão como diz uam amiga minha qdo gosta de algo)estão de PARABÉNS com letra maiscula.Um beijão!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.