Categories: Dieta

Os Riscos da Dieta da Idade da Pedra

Talvez o maior risco da dieta da idade da pedra seja a liberação irrestrita do consumo de carne vermelha.

Como se sabe, há 15 mil anos atrás a carne animal era a base da alimentação, que se baseava, predominantemente, na caça. O que defendem os “idealizadores” e seguidores dessa dieta é que a base da nossa alimentação também deve ser a carne vermelha!

A opinião majoritária é de que o consumo de carne é essencial, vez que ela é fonte proteica da maior importância, pois faz parte da composição muscular e é  inegavelmente necessária para vários processos no organismo. Como as carnes são as maiores fontes dos chamados “aminoácidos essenciais”, que não são produzidos pelo organismo, o seu consumo regular seria obrigatório

Até aí, a justificativa é plausível. Contudo, sabe-se que o consumo de proteínas em excesso é maléfico e que carne vermelha em excesso não é lá uma boa ideia, já que causa a sobrecarga dos rins e a acidificação do sangue, dentre outras coisas. O consumo de proteínas deve ser limitado à 30%  do consumo calórico diário, e não se pode passar disso.

No mais, existem “carnes e carnes” e é preciso escolher com parcimônia para evitar as carnes ricas em gorduras saturadas, que fazem  muito mal para  a nossa saúde.

Além do alto consumo de carnes, um outro problema nessa dieta é a ingestão de gorduras, já que, por óbvio, naquela época não existia sequer a distinção entre gorduras boas e ruins. O consumo diário de gorduras é recomendado, mas dentro de limites aceitáveis e, sobretudo, escolhendo-se as gorduras “do bem”. O consumo de gorduras insaturadas, que reduzem o colesterol ruim e aumente ao bom colesterol, é indicado, assim como as gorduras monoinsaturadas, encontradas, por exemplo, nos peixes de no azeite de oliva.

Já o consumo de gorduras saturadas, presente nas carnes, não é uma boa ideia pois elas estão relacionadas a problemas cardiovasculares e ao aumento do colesterol.

Como a ideia é consumir carnes e não prestar atenção nas gorduras, o melhor é optar pelos peixes, sobretudo de águas profundas, que são ricos em ômega 3. Assim, dá-lhe atum, salmão e sardinha!

Além da carne e da gordura, que são liberadas, um tema polêmico da dieta da idade da pedra é o tal do jejum pregado por Mark Sisson.

É lógico que, naquela época, não havia caça a disposição todos os dias, o dia todo, o que, consequentemente, levada a uma espécie de jejum que, conforme indica a dieta, é de até 24 horas. Esse é um ponto bastante controverso da dieta, já que o ideal é que os índices glicêmicos sejam mantidos estáveis para que o corpo funcione bem, e o jejum prolongado causa hipoglicemia, fraqueza, cansaço, dificuldade de concentração, irritabilidade, dentre outras coisas.

Como a tendência do nosso organismo é, na falta de alimentos, “gastar” os músculos para ter energia e se manter, esse jejum prolongado tende a causar mais problemas, e problemas sérios.

O que vocês acham dessa dieta? Alguém aqui já se arriscou a fazer?

Beijos

Ju Lopes

Os Riscos da Dieta da Idade da Pedra
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Compartilhar
Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

Postagens recentes

Melhor Protetor Solar Para o Rosto: Marcas, Diferenças, Preços

Conheça os melhores protetores solares para o rosto Os protetores solares para o rosto a muito tempo deixaram de ser…

6 dias atrás

Primer Smashbox Resenha: Como Funciona, Diferenças, Como Usar

Primer Smahbox Resenha Maquiagem escorrendo, úmida e com brilho é comum em quem sofre com oleosidade excessiva. Já os poros…

1 semana atrás

Como Tirar Mancha de Espinha Do Rosto: Ácidos, Melhores Tratamentos

Os tratamentos estéticos estão cada vez mais modernos e eficazes, são sem dúvida grandes aliados para quem busca um rosto…

3 semanas atrás

Cabelos Longos Com Franja: Cabelos Para Se Inspirar e Copiar

Cabelos Longos Com Franja Tá querendo mudar o visual mas não quer abrir mão do comprimento do cabelo? Que tal…

3 semanas atrás

Cabelos Ruivos Curtos: Fotos Inspirações

Cabelos ruivos curtos Tons de vermelho podem ser morango, cobre, castanho avermelhado, vermelho uva, mesclados em tonalidades mais discretas ou…

3 semanas atrás

Cabelos Curtos para Senhoras: Ideias Pra Copiar Já

Cabelos Curtos para Senhoras Cabelo curto é ideal para mulheres que querem parecer mais jovens - além de ser muito…

4 semanas atrás