Saia Mídi – Como Usar

A saia  mídi, que tem o comprimento entre o joelho e o tornozelo, começou a ganhar força nos desfiles internacionais  em 2010 e acabou aportando no Brasil nas últimas temporadas de moda.

Como é um comprimento que achata a silhueta  é preciso que cada uma conheça sua estrutura corporal para poder tirar proveito da tendência.

A modelagem pode ser mais reta e justa ou mais solta e levemente rodada, dependendo do tipo de corpo.

As mais altas, como sempre, podem tudo. As mais baixinhas devem apostar em cortes mais  retos e secos. Uma boa opção para alongar  silhueta é usar a saia mídi com meias da mesma cor da saia.

Quem tem quadril  largo deve  investir em tecidos mais pesados, desde que  não marquem o contorno corporal, em cores mais escuras e em peças sem muitos detalhes para não chamar ainda mais atenção para o quadril ou então em tecidos mais fluidos desde que a saia não seja muito rodada ou volumosa.

Um detalhe importante para equilibrar a silhueta quando se usa o comprimento mídi são os sapatos. O salto alto é indispensável sempre, a não  ser que você tenha tido a sorte de ter nascido alta ( inveja branca!), pois alonga as pernas.

Sapatos mais delicados são os mais indicados, principalmente a sandália Anabela e os Peep Toe. Eu, particularmente, acho que os saltos finos deixam as pernas mais grossas e que os sapatos da cor da pele  e que deixem o peito do pé a mostra dão a ilusão de alongamento.

Abusem de cintos finos, que valorizam a cintura e deixam o look mais feminino. Ao  usar jaquetas ou casacos escolham as mais acinturadas, curtas  e sequinhas para não criar volume  na parte de cima.

Como a saia mídi remete a uma feminilidade comportada é preferível que se use  acessórios mais   modernos , que façam contraste com o efeito retrô do comprimento.

Eu sou super  fã de roupas  mais femininas e acho o estilo Lady Like  ( que vou falar amanhã) lindo de viver, mas aprendi que tendências não são decretos e que eu preciso adequar as que eu mais gosto ou meu estilo e ao meu corpo. Por isso, as minhas saias  mídi são exatamente  um dedo abaixo do joelho pois, como sou baixinha, acho que  se o cumprimento descer mais a minha perna  fica “cortada” e eu pareço mais baixa do que realmente sou.

Após vária tentativas percebi que a saia godê, de  pala  mais grossa ,usada com  top sequinho em  “ V”  e sandália alta, de salto grosso e de uma cor próxima a da pele   favorece muito o meu tipo de corpo (baixinha, perna grossa e quadril  largo).  Para completar aposto em acessórios femininos e peças delicadas e modernas para não ficar com “cara de avó”.

E vocês meninas, gostam? Usam? O que acham?

Beijos

Ju Lopes

Saia Mídi – Como Usar
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Sobre Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. 👯 Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza.

Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá?
Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas 😘

Minha Página
Saiba Mais

Kalina Amaro: kalina@patricinhaesperta.com.br

contato@patricinhaesperta.com.br / redacao@patricinhaesperta.com.br

* Saiba como escrever para o site PatricinhaEsperta CLIQUE AQUI.

Conjuntinho
Metalizados
Tags:

Faça seu comentário aqui

RSS 2.0

Deixe um comentário

2 respostas para “Saia Mídi – Como Usar”

  1. Ana Simele disse:

    Adoro saias, adorei a preta da foto.

  2. Dani disse:

    Olá Meninas…

    Até acho bonita as saias… mas não usaria exatamente pelo comprimento, no meu caso acho que não valoriza em nada o meu corpo (baixa e com uns quilinhos a mais…rs…rs….) prefiro acima do joelho… ou no máximo uma saia lápis na altura do joelho e só!!!
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.