Cuidado para não viver em função da sua relação!

Oi Meninas!

Algumas mulheres, quando iniciam relacionamentos, acabam se afastando de muitas coisas e passam a viver em função da relação, o que pode acabar prejudicando a sua vida. Pode até ser que no começo do namoro, que sempre é mais intenso, você se foque em fazer dar certo e deixe de lado coisas que fazia quando solteira, mas é preciso saber separar você do seu companheiro e harmonizar seu tempo com todos os seus compromissos.

Antes de tudo, mesmo que a carência esteja batendo à sua porta, não deixe que ela te faça se submeter a qualquer situação ou que ela faça você deixar de ser você mesma só para agradar o parceiro ou manter a relação. Com o tempo, você vai perceber que não dá para fingir o tempo todo, que usar máscaras é cansativo e ser quem você não é só vai te trazer frustrações e perda de tempo.

Foto: Reprodução

Digo isso por que relacionamentos devem ser à base de verdades, de aceitação, de compreensão e diálogo, e, principalmente, de respeito à subjetividade de cada um. Por isso, sempre deve haver espaço para que cada um possa ser quem realmente é, possa desenvolver a si mesmo e encontrar satisfação tanto dentro de si quanto na relação a dois.O casal deve, também, estabelecer limites para que um não se anule em função do outro  ou que ambos fiquem isolados do resto do mundo.

O que mais acontece é se afastar das amigas, principalmente das solteiras. É claro que a rotina de uma pessoa solteira é diferente de uma com compromisso, mas existem programas, como um cinema com as amigas, uma reunião só de meninas na casa de alguém ou fazer compras, que não interferem no namoro e nem nas amizades. Isso por que algumas atitudes, como ir para a balada só com as amigas (e ele ter o mesmo direito), podem provocar crises de ciúmes e desentendimentos (mas se for um acordo do casal e ambos se sentirem seguros e maduros para arcar com as conseqüências, então é válido).

Outro ponto é que, quando estamos namorando, as saídas se tornam, na maioria das vezes, um jantar, um lanche ou um barzinho, e quando ficamos em casa, nos empanturramos de pipoca, sorvete, brigadeiro, pizza e outras besteiras. Resultado? Alguns quilinhos a mais. Sem falar que algumas mulheres se acomodam e ficam desleixadas, sem cuidar do cabelo, da pele, das unhas e das roupas. Por isso, nunca, nunca, repito, NUNCA se deixe de lado, mesmo namorado, você é sempre mais importante: sua saúde e sua auto-estima são peças fundamentais para estar de bem com a vida. Não abra mão, jamais, das atividades físicas nem da boa alimentação!

Foto: Reprodução

Cuidado também para não deixar sua carreira de lado! Não deixe de estar se atualizando, fazendo cursos e buscando um emprego melhor: um namoro não garante seu futuro, por isso, corra atrás do que você quer para si mesma, invista em você, na sua carreira e na sua estabilidade profissional e financeira. Além disso, fique de olho na sua família e não se afaste dela. Privacidade é bom e ter uma relação a dois também, mas a família é muito importante. Escute o que seus pais têm a dizer da relação, pois eles são mais experientes e escutar não mata ninguém, até por que a decisão final será sua.

Diante disso, a lição que fica é que devemos buscar sempre um equilíbrio em nossa vida, buscando conciliar tudo que amamos: nossas amizades, nosso namorado, nossa família, nossa carreira, nossos sonhos e nós mesmas.Afinal, só nós sabemos o que é realmente importante para nós!

Beijos!!

Amanda Carvalho (amandacarvalho@patricinhaesperta.com.br)

Cuidado para não viver em função da sua relação!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

2 Comments
  1. Rosangela Sousa disse:

    Ju adorei essa matéria falando de relacionamento de casais e suas escolhas. Maturidade e amor muito boa matéria Parabéns! !

  2. Oi boa noite estou aqui agora enplena 01:24 da manha chorando feito criança. Pq meu namorado mim disse que vivo entorno da nossa relaçao. Namoramos a 2 anos e meio. So que ultimamente eu nao mim sinto mais aquela garota que ele conheceu. Sabe bonita, alegre, cheia de amigos, feliz, sonhadora. De bem com si mesma. Hj mim sinto feia,gorda , mim sinto menos atraente. Nao mim sinto linda. Nao mim sinto nada de bom. Deixei muita coisa de lado. Uma profissao que amava muito. Eu sempre fiz de tudo por ele. Tudo que vc pode imaginar. Qnd conheci ele. Ele nao tinha dinheiro nem comprar um lanche. Como eu tinha 17 anos tbm nao trabalhava. Como ele n trabalhava. Mais eu sempre tinha um dinheiro pq eu ajudava minha mae a cuidar de minha vo idosa. Entao ela meio que mim compensava. E qnd eu soube que ele n tinha as vezes nem o q comer eu dava esse dinheiro a ele. Eu fazia um lanche e entregava a ele. Qnd ele ficou doente eu comorei remedio. Eu fiz sucos e sopas tudo para ele ficar bem. E tudo isso com 2 meses de namoro. Entao assim desde do inicio eu ajudei muito ele ate mesmo hj. Hj tenho 20 anos e no momento nao estou trabalhando. Entao fico um pouco com a cabeça vazia. E ele mim disse q to vivendo en torno do nosso relacionamento. Que eu tinha q mim amar mais. E eu fiquei mal com isso sabe. Hj sabado eu mim arrumo toda. Faço uma maquiagem super bonita pra pessoa nem te elogiar. A pessoa chegar na tua casa 22:00 e 23:30 ir embora dizendo q ta morrendo de sono e qnd chega em casa vai pro wpp. Eu sei q ele pode ta cansado e tudo mais. Eu entendo pq ele passou o dia trabalhando. E eu fico a onde qnd ele mim fala isso. Eu toda arrumada. Vai tudo pro lixo. Eu n sei oq eu faço eu amo muito ele e sei que ele mim ama so q hj eu vejo q ele mim bota em segundos planos. Eu boto ele junto comigo nos meus planos. Ja pensei em dar um gelo. Ja pensei em ficar distante. Ja pensei em terminar. Eu n sei oq eu faço.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.