Categories: Relacionamento

Dependência Afetiva (ou amorosa) – PARTE II

(…) Continuação do post de ontem, leia a primeira parte AQUI.

Acontece que nem sempre a pessoa está consciente de que a forma como ela está agindo é na verdade um grande problema, uma dependência emocional desgastante e nem sempre ela entende que não encontramos a segurança fora, em relacionamentos, pois ela tem que vir de dentro, da autoestima, da autovalorização, da autoconfiança e do autoconhecimento.

O dependente afetivo não consegue terminar os relacionamentos, por mais que ele sofra e por mais que ele saiba que faz os outros sofrerem, pois acreditam que são incapazes de sair desse estado de simbiose doentia. É importante lembrar que a DEPENDÊNCIA AFETIVA É UMA VIA DE MÃO DUPLA, ninguém é dependente sozinho já que a própria palavra significa subordinação, sujeição, e estar subordinado necessita de algo/alguém que complete a relação. Assim, seja você o autor ou a vítima, a dependência está ai e pode ser em diferentes graus (leve, moderado, forte, excessiva).

Para superar a dependência afetiva, é preciso ir em busca da raiz do problema, encontrar o trauma que originou esses sentimentos e a terapia é o melhor caminho. Ela precisa ser contínua, constante e persistente e é nesse processo terapêutico que a pessoa irá se autoconhecer, refletir e tomar consciência de si mesma, de suas responsabilidades e de seus potenciais.

Todos nós temos inúmeros potenciais que precisam ser estimulados, trabalhados. É preciso investir e acreditar na recuperação, na própria evolução. É possível, sim, ser feliz, encontrar o equilíbrio e vivenciar relacionamentos saudáveis.

Além da terapia, você que sofre de dependência emocional, pode procurar grupos de ajuda, como o MADA e o CODA, pois compartilhar e receber apoio de pessoas que passam pelos mesmos problema pode ajudar a fortalecer e se manter firme no tratamento.

Tem um livro muito interessante, chamado “Mulheres que amam demais”, da Robin Norwood. Quem quiser, pode me pedir por email que eu envio, tá?

Beijos!!

Amanda (Amandacarvalho@patricinhaesperta.com.br)

Dependência Afetiva (ou amorosa) – PARTE II
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Compartilhar
Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

Postagens recentes

Cabelos Ruivos Curtos: Fotos Inspirações

Cabelos ruivos curtos Tons de vermelho podem ser morango, cobre, castanho avermelhado, vermelho uva, mesclados em tonalidades mais discretas ou…

2 dias atrás

Cabelos Curtos para Senhoras: Ideias Pra Copiar Já

Cabelos Curtos para Senhoras Cabelo curto é ideal para mulheres que querem parecer mais jovens - além de ser muito…

7 dias atrás

Remédio Que Tira Vontade de Comer Doce: Resenha Cromo

Picolinato de Cromo Resenha Sabe quando estamos de TPM e dá aquela vontade louca de comer doces? Pois bem, o…

7 dias atrás

Corte Para Cabelo Longo: Tendências, Fotos Inspirações

Corte para cabelo longo A gente fala muito por aqui dos cortes para cabelos curtos que estão super em alta,…

4 semanas atrás

Acidificante: O Que É? Como Usar?

Acidificante Desde que postei no meu instagram @blogdakika sobre o [acidificante da K.Pro] recebo muitas perguntas de leitoras que querem…

4 semanas atrás

Acidificante K Pro Resenha: O Que É, Como Age, Como Usar

Acidificante K Pro Olá miossss amores.... Hoje vou falar do [acidificante da KPro]! Quem me acompanha por aqui ou nas…

4 semanas atrás