Categories: Saúde

Benefícios do Óleo de Linhaça e do Óleo de Peixe

4 Votos de 5

Hoje vamos falar sobre dois óleos super benéficos para o organismo: o óleo de linhaça e o óleo de peixe!

Óleo de Linhaça

O óleo de linhaça possui ação desintoxicante, ajuda a reidratar o organismo, é alcalinizante, é refrescante e também muito usado em casos de diverticulite. Estudos ainda em andamento sinalizam uma possível ação na estabilização dos níveis de açúcar no sangue, o que o torna especialmente útil para diabéticos. Como age ativando o metabolismo, pode ajudar em casos de obesidade e excesso de peso.

A semente de linhaça é usada há séculos, e existem relatos de seu uso desde de 5000 anos antes da era cristã, na antiga Mesopotâmia, onde encontrou-se, inclusive, desenhos da semente em tumbas de faraós. É uma semente originária da Ásia, mas que, devido aos seus inúmeros benefícios, foi levada para todo o mundo, tendo o consumo elevado nos países americanos e europeus.

Propriedades do Óleo de Linhaça

  1. O óleo de linhaça é fonte rica de ácidos graxos como o ômega-3 e o ômega-6. O óleo é retirado das sementes da linhaça por prensagem a frio, e isso faz com que as propriedades medicinais dos ácidos graxos sejam preservadas.
  1. A linhaça é tida como alimento funcional, já que contém além dos nutrientes básicos alguns elementos que agem na redução de algumas doenças, de modo que o seu consumo regular aumenta a defesa do organismo e ajuda, ainda, na redução do ritmo de envelhecimento celular. .
  1. A linhaça nada mais é que a semente do linho (Linum usitatissimum), e o óleo é extraído da casca da linhaça, rica em muito utilizada em culinária, sendo consumida com casca Ômega 3, Ômega 6 e Ômega 9.
  1. A linhaça é usada também na diluição de tintas a óleo e na fabricação de linóleo.

Propriedades Medicinais da Linhaça

  • A semente da linhaça é funcional, vez que possui ação preventiva de doenças graças aos compostos antioxidantes e anticancerígenos.
  • Possui cerca de 39% de óleo em sua composição, óleo este que concentra 57% de ômega 3. Vale lembrar que o óleo de linhaça apresenta uma relação de ômegas bem próxima do ideal, ou seja, de 1:4, tendo ele a proporção de 1:3, o que significa um maior balanceamento que garante uma maior produção das prostaglandinas.
  • Os altos teores de ômega 3 faz desse óleo um ótimo agente de combate as infecções, além de um alimento preventivo, com ação antioxidante e renovadora celular.
  • A linhaça contém altas doses de lignanas, sendo, aliás, a maior fonte vegetal dessa substância tão importante durante o período da menopausa, já que ela age de forma similar ao estrógeno. Como nessa fase da vida há uma queda nas taxas desse hormônio, o seu consumo mantém o equilíbrio, já que repõe, de forma natural, esse hormônio, já que “ilude” os receptores de estrógeno e se liga nelas.
  • Por ser um óleo vegetal, os fitoesteróides possuem uma ação bem fraca em relação ao estrógeno, o que significa que não possui ação negativa no tecido mamário, o que leva a conclusão de que a lignana é importante na prevenção do câncer de mama, vez que age neutralizando a ação do estrógeno sobre esse tecido.
  • É rico em gorduras poliinsaturadas não produzidas pelo corpo, tais como Ômega 3 (57%) e ômega 6 (16%).
  • Possui boas doses de fibras solúveis, que agem como auxiliar no processo digestivo, de vitaminas B1, B2, C, E,, e minerais como , ferro, zinco, potássio, magnésio, fósforo e cálcio, além dos carotenos.

Contraindicações

O óleo de linhaça não é indicado em casos de paralisação do íleo e obstrução digestiva, e o consumo por gestantes, lactantes e crianças somente deve ser feito com orientação e acompanhamento do médico ou nutricionista.

Dose Usual

A dose indicada é de uma cápsula de 1000 mg de óleo de linhaça duas vezes ao dia ou duas cápsulas de 500 mg de óleo de linhaça duas vezes ao dia.

Reações Adversas

Não existem referências na literatura médica dos efeitos adversos do óleo de linhaça mesmo quando consumido em altas doses.

 Óleo de Peixe

Todo mundo sabe dos benefícios causados pelo consumo adequado de ácidos graxos ômega 3, não é mesmo? Ele ajuda na manutenção da saúde, são eficientes para casos de inflamação e ajudam a manter os níveis de triglicérides equilibrados.

  • O óleo de peixe é a principal fonte de ácidos graxos eicosapentaenóico (EPA) e docoxahexaenóico (DHA), que possuem inúmeros efeitos benéficos sobre doenças cardiovasculares e inflamatórias, além de agirem de forma preventiva.
  • É um óleo rico em ácidos graxos poliinsaturados, sobretudo em  Ômega 3, a gordura do bem que age na prevenção de doenças cardiovasculares.
  • O consumo regular de óleo de peixe ajuda a reduzir a agregação plaquetária, o que impede a formação dos coágulos que causam os infartos do miocárdio e a arteriosclerose.
  • Seu consumo diário ajuda na redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos.
  • Ajuda a atenuar estados inflamatórios e  reduz a pressão sanguínea.
  • Devido aos altos teores de ômega 3, age na redução da viscosidade do sangue, o que melhora a circulação sanguínea, tornando-a mais ativa e melhorando, consequentemente, a oxigenação dos tecidos.
  • Aumenta a longevidade das células e do organismo como um todo.

Contraindicações

O óleo de peixe não deve ser consumido por gestantes e lactantes sem a indicação e acompanhamento de um médico ou nutricionista.

Caso exista alguma doença ou alteração fisiológica, o consumo só deve ser feito com indicação e acompanhamento de um médico ou nutricionista.

Pessoas que tenham alergia ou intolerância a peixes e crustáceos não devem consumir o óleo de peixe.

Dose Usual

A dose diária recomendada para indivíduos adultos é de 2 cápsulas (1000 mg) ou  4 cápsulas (500 mg) (1), não mais que isso.

Tanto o óleo de peixe quanto o óleo de linhaça são facilmente encontrados em farmácias, farmácias de manipulação e lojas de produtos naturais, e os preços costumam sem bem parecidos, daí é preciso analisar direitinho pra ver qual é o mais interessante pro seu caso.

Vale lembrar que mesmo sendo um óleo, mesmo não sendo um medicamento, esses dois óleos não devem ser consumidos sem orientação de um profissional de saúde, já que, mesmo que de forma leve, se forem usados por quem não possa fazer uso eles podem causar danos.

Benefícios do Óleo de Linhaça e do Óleo de Peixe
4 (80%) 1 Voto

Compartilhar
Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

Postagens recentes

Velashape: Como Funciona? Benefícios ✅

Eliminar o aspecto casca de laranja da celulite, quebrar e dissolver a gordura localizada e tonificar a pele, acabando de…

2 semanas atrás

Cosméticos coreanos que fazem sucesso no mundo

Cosméticos coreanos mais procurados. Uma solução que tem se destacado no mundo da beleza são os cosméticos coreanos. Em Nova…

2 semanas atrás

Como Parar de Roer Unhas? ✅

Como Parar De Roer Unhas Guia completo ✅ Ninguém sabe muito bem o motivo e nem quando exatamente começou, mas…

2 semanas atrás

Shampoo a Seco Caseiro ✅ Vídeo Passo a Passo

Shampoo a Seco Caseiro Amido de milho? Farinha de trigo?! Fermento em pó?! Talco?! Sim, nós mulheres encontramos soluções pra…

2 semanas atrás

Shampoo A Seco: Melhores, Tipos, Resenhas, Como Usar, Benefícios

Já falei por aqui algumas vezes que meu [cabelo é oleoso e fino] - e não é fácil administrar a…

2 semanas atrás

Como fazer RECONSTRUÇÃO CAPILAR: As Melhores ⬅

Como fazer Reconstrução Capilar: O Guia Completo Muitas vezes nossos cabelos estão quebradiços e sem vida, isso pode ocorrer por…

2 semanas atrás