Categories: Saúde

Como Evitar a Má Digestão?

Qualquer pessoa, em algum momento da vida pode apresentar sintomas nada agradáveis após determinada refeição. Dentre esses incômodos estão a sensação de peso e/ou queimação  no estômago, azia e gases.

Esses sintomas podem estar relacionados com alguma doença gástrica, como o refluxo gastroesofágico, mas também pode ser uma simples e incômoda má digestão, que tende a surgir quando comemos demais ou quando comemos determinados tipos de alimento.

SAIBA MAIS:

Comendo Devagar e Pausadamente

A alimentação deve ser feita com calma, mastigando aos poucos os alimentos, mas, ao contrário disso, come-se cada vez mais rápido e, pior, sem mastigar direito. A maioria das pessoas mal sente o gosto da comida na boca, pois engole os alimentos, o que é um grave problema.

Quando comemos algo, precisamos de tempo, ao menos vinte minutos, para que o cérebro receba  a “mensagem” de satisfação, que é enviada por um hormônio liberado no intestino. É com a mastigação que as enzimas que facilitam a quebra do alimento e tornam possível o processo digestivo são liberadas, e se não mastigarmos os alimentos como se deve a enzima não tem tempo para agir, o que sobrecarrega o estômago e torna o processo digestivo muito mais lento.

Dessa forma, se alimentar de forma rápida e sem mastigar corretamente interfere no processo de saciedade, pois tendemos a comer muito mais do que deveríamos, e no processo digestivo, dificultando esse processo e causando problemas como mal estar intestinal e refluxo.

Pode Tomar Líquido Durante As Refeições?

Uma dúvida que muita gente tem e que causa diversas controvérsias é sobre a ingestão de líquidos durante  as refeições. Pode ou não pode, afinal?

Ingerir líquidos durante as refeições não é indicado porque leva a diluição do suco gástrico e prejudica a digestão.

Além disso, quando se ingere muito líquido durante as refeições, o estomago fica cheio e isso, evidentemente, causa mal-estar e má digestão.

No mais, bebidas gaseificadas estão vetadas, pois dilatam o estômago, o que significa que acabamos comendo muito mais, o que também prejudica o processo digestivo.

Claro que tomar um suco ou um vinho junto às refeições, vez ou outra, não fará tanto mal, mas isso não pode se transformar em um hábito!

Faça Refeições à Mesa!

Cada vez mais, sobretudo nas grandes cidades, as pessoas fazem refeições de pé, no balcão de algum lugar, sentado na frente do computador, na cama e em diversos outros lugares que não a mesa de refeições, que é o local adequado para se alimentar.

O correto é que nos alimentemos na mesa, porque a nossa caixa torácica pode acabar comprimida, o que acaba dificultando a digestão e resultando nos sintomas falados acima. Além disso, falar quando comemos dificulta a digestão, pois faz com que a ingestão de ar seja maior, o que causa gases.

SAIBA MAIS: Coma Devagar e Emagreça!

Como Evitar a Má Digestão?

Nada de Jejum!

Cada vez mais o jejum vem se tornando um hábito, porque, infelizmente, muita gente acredita que isso auxilia nos processos de emagrecimento, o que é uma falácia.

Quem faz jejum prolongado, como a pessoa que toma café da noite às  dezenove horas e só vai se alimentar ao meio dia do dia seguinte, está praticamente implorando por uma azia!

Entre o esôfago e o estômago está o esfíncter esofágico inferior, um tipo de “anel” que permite a passagem de comida quando nos alimentamos e que permanece fechado quando não comemos nada. Seu mecanismo envolve a abertura para que o alimento passe e o fechamento para que o alimento fique retido, o que impede que o suco gástrico vá para o esôfago e cause uma bela de uma azia. Só que quando a pessoa não se alimenta, esse suco gástrico se acumula, tende a refluir, irritando o esôfago e causando azia.

Portanto, o correto é se alimentar a cada três horas para que o sistema digestivo funcione corretamente e para que não ocorre uma sobrecarga negativa na produção do suco gástrico. Além disso, comer de três em três horas impede que tenhamos ataques de gula, o que, com certeza, ajuda a controlar o peso.

Fumo e Digestão Não Combinam!

O cigarro interfere de forma direta na digestão, embora a grande maioria desconheça essa fato.  O problema aqui é a nicotina, que, ao entrar na corrente sanguínea, migra também para o sistema digestivo, provocando a contração do estômago, o que consequentemente, prejudica a digestão.

Além disso, o ato de fumar acaba enfraquecendo o esfíncter esofágico inferior, o que faz com que os ácidos gástricos atinjam a mucosa do esôfago e causem azia.

Pra completar os danos, o tabaco acaba alterando o paladar e induzindo a produção do ácido clorídrico, facilitando quadros de infecção por causa de uma bactéria chamada Helicobacter pylori, que é a responsável pela úlcera gástrica.

Assim, o cigarro acaba tornando o suco gástrico ainda mais nocivo e propiciando o surgimento de úlceras.

Má Digestão

O Álcool Também é Prejudicial!

Assim como o cigarro, o consumo de álcool também interfere no processo digestivo. É que a sua ingestão leva a irritação das mucosas do estômago e do esôfago, o que gera alterações nas membranas intestinais e prejudicando a correta absorção dos nutrientes, o que pode resultar em diarreias e gastrites, por exemplo.

No mais, o álcool altera a produção de enzimas do fígado, o que acaba sobrecarregando esse órgão, que se vê obrigado a produzir cada vez mais enzimas para metabolizar o etanol, levando a inflamações crônicas e até a uma hepatite alcoólica, que pode ,em muitos casos, se transformar em cirrose hepática.

E não é só estômago e fígado que o álcool prejudica não, mas também o pâncreas, que é o responsável pela produção das enzimas digestivas e da insulina. Assim, o álcool pode inflamar o pâncreas de tal forma que cause uma pancreatite, doença que, na maioria dos casos, é fatal.

Cochilar Melhora a Digestão

Sabe aquele cochilo que muita gente dá após as refeições? Ele ajuda na digestão porque o repouso, em si, é benéfico para o processo digestivo! É que o relaxamento faz com que o fluxo sanguíneo se concentre nos órgãos utilizados para fazer a digestão, facilitando-a.

Mas, o repouso deve sempre ser com a cabeça inclinada, sobretudo após as refeições, para ajudar os alimentos a “descerem”. Dormir com a cabeça “reta” atrapalha a digestão e favorece o refluxo. Sim, o cochilo é bom mas  deve ser curto, pois ao entrar em sono profundo nosso organismo fica mais lento, e o processo digestivo acaba dificultado.

A Importância da Saliva

Sabe a saliva? É com ela que o processo de digestão tem início! É através da saliva que as primeiras enzimas que auxiliam nesse processo de digestão são liberadas. E ela também auxilia na eliminação das bactérias que permanecem na boca, o que ajuda a prevenir várias doenças, inclusive a cárie.

É preciso tomar cuidado com o uso de alguns medicamentos que afetam as glândulas salivares, como os diurético, os analgésicos, os remédios indicados para a pressão alta, os anti depressivos e os descongestionantes, assim como algumas doenças, como a menopausa, a diabetes e o mal de Parkinson.

Essa “secura” na boca pode surgir de vez em quando, mas se ela for persistente, o ideal é procurar logo um médico. Tomar muita água e evitar balas com açúcar, bem como café ou bebidas que contenham cafeína também é recomendado para minimizar o problema.

Evite Roupas Apertadas

Roupas apertadas são feias, deselegantes e prejudicam enormemente o processo digestivo!

Qualquer coisa que aperte a região da barriga aperta o estômago, fazendo com que os alimentos ingeridos voltem para o esôfago.

Logo após a ingestão de um alimento o estômago dilata devido a produção dos ácidos gástricos, e as roupas apertadas fazem com que os ácidos acabem retornando para o esôfago, o que causa azia e refluxo.

Atividade Física: Cuidados Necessários

Quando nos alimentamos, o organismo passa a direcionar o fluxo sanguíneo para os órgão que estão envolvidos no processo digestivo justamente para que o processo seja realizado de forma mais rápida. Quando fazemos alguma atividade física, os músculos solicitam um maior fluxo sanguíneo, que passa a ser direcionado para os músculos. Dessa forma, não é indicado de forma alguma malhar logo após uma refeição, pois para praticarmos alguma atividade física o processo digestivo, que dura em torno de duas horas, deve estar completo, senão nada será feito da forma correta, pois o fluxo sanguíneo não será corretamente direcionado para nenhuma das duas atividades.

Isso é tão importante que mesmo para atividades como a realização de algum trabalho ou o estudo devemos dar uma pausa após a alimentação, só que, nesse caso, a pausa é menor e deve durar vinte minutos.

 Alérgicos, Cuidado!

Quem tem qualquer tipo de alergia respiratória tende a respirar muito pela boca e não pelas narinas, que vivem entupidas, e assim essas pessoas acabam, ao se alimentar, levando mais ar par ao estômago, o que favorece as gases.

Da mesma forma, quem come com “canudinho” ou tem a mania de “sorver” os alimentos, acaba colocando mais ar para dentro e, consequentemente, tendo problemas de má digestão!

Eis as dicas para evitar esse tipo de problema!

Beijos

Ju Lopes

Como Evitar a Má Digestão?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Compartilhar
Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

Postagens recentes

BB Cream: Qual o melhor? Benefícios, Como Usar?

BB Cream: qual o melhor? 🧐 ✅ Benefícios, como usar, dicas para ter uma pele de rica 🙋 Se produtos baratinhos…

4 dias atrás

Velashape: Como Funciona? Benefícios ✅

Eliminar o aspecto casca de laranja da celulite, quebrar e dissolver a gordura localizada e tonificar a pele, acabando de…

2 semanas atrás

Cosméticos coreanos que fazem sucesso no mundo

Cosméticos coreanos mais procurados. Uma solução que tem se destacado no mundo da beleza são os cosméticos coreanos. Em Nova…

2 semanas atrás

Como Parar de Roer Unhas? ✅

Como Parar De Roer Unhas Guia completo ✅ Ninguém sabe muito bem o motivo e nem quando exatamente começou, mas…

3 semanas atrás

Shampoo a Seco Caseiro ✅ Vídeo Passo a Passo

Shampoo a Seco Caseiro Amido de milho? Farinha de trigo?! Fermento em pó?! Talco?! Sim, nós mulheres encontramos soluções pra…

3 semanas atrás

Shampoo A Seco: Melhores, Tipos, Resenhas, Como Usar, Benefícios

Já falei por aqui algumas vezes que meu [cabelo é oleoso e fino] - e não é fácil administrar a…

3 semanas atrás