Excesso de Suor: O Que Fazer?

Quem transpira em excesso sofre e não é pouco! Apesar de causar muitos inconvenientes o suor, que é produzido pelas glândulas sudoríparas, é essencial para o correto funcionamento do organismo, já que é sua função controlar a temperatura corporal. Além disso, o suor também ajuda na eliminação de substâncias tóxicas do corpo.

Quando esse suor acontece de forma excessiva, chamada de hiper-hidrose, é preciso, contudo, procurar ajuda, pois esse excesso, que geralmente acontece nas mãos, no couro cabeludo, nas axilas e nos pés, causa muitos transtornos, chegando a influenciar – e muito- na vida social, emocional e profissional das pessoas.

Em muitos casos o suor vem, ainda, acompanhado de mau cheiro, o que decorre da sua composição, que conta com água, sal e algumas outras substâncias que servem de “banquete” para bactérias e fungos.

Como Tratar?

São inúmeras as opções, como cirurgias (simpatectomia), medicamentos e até o botox. Dos medicamentos, são mais utilizados os à base de anticolinérgicos, que ajudam no controle do sistema nervoso. Já o botox, que é mais aplicado nas axilas, apresenta bons resultados, mas dura apenas 1 ano e costuma ser caro, o que dificulta o tratamento.

429402-Suor-com-odor-forte-o-que-fazer-4

Entretanto, no caso das axilas, a opção do botox vem sendo cada vez mais utilizada, pois, por causa do abafamento da região, é comum que o odor exalado seja muito forte, já que há uma maior proliferação de bactérias,  o que gera muito constrangimento.

Alimentos Que Pioram o Odor do Suor

Alguns alimentos, por mais estranho que pareça, podem piorar o odor do suor e, por isso, devem ser evitados, como o alho, a pimenta, o curry, a cebola, o café, o gengibre, o cominho, a mostarda, o guaraná, o chocolate e o álcool.

Além disso, alimentos estimulantes ou que estimulem o metabolismo precisam ser consumidos com cautela, pois favorecem a sudorese, já que aumentam a temperatura do corpo, e aí o organismo, para manter a temperatura corporal sob controle, aumenta a produção de suor.

Desodorantes
O uso de desodorantes, nesses casos, é de suma importância, pois ele ajuda no controle da proliferação das bactérias. Vale lembrar que desodorante é diferente de antitranspirantes, pois o desodorante pode ser utilizado em qualquer parte do corpo, reduz o odor e reduz as bactérias, enquanto que o antitranspirante reduz a quantidade de suor, ajuda a eliminar as bactérias, é de uso apenas para as axilas e contém sais de alumínio, que bloqueiam o fluxo de suor.

Roupas

As melhores opções de roupas para quem  sofre com o excesso de suor são as feitas de tecidos naturais, como o algodão, que são mais “frescas” e permitem que a pele respire. Roupas de tecidos sintéticos ou impermeáveis devem, sempre, ser evitados, pois pioram o quadro.

As cores escuras também devem ser evitadas, sobretudo durante o dia e no verão, já que “esquentam” mais, o que estimula a produção de suor.

Para quem “sofre” com as manchas causadas pelos desodorantes, que até pouco tempo atrás eram bem comuns, vale lembrar que já existem opções que prometem evitar esse efeito, o que é muito bom!

No próximo post a gente conversa sobre opções de tratamento!

Beijos

Ju Lopes

Excesso de Suor: O Que Fazer?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.