Métodos Para Interromper A Menstruação

Sobre Kalina Amaro

Kalina Amaro - É jornalista, blogueira, louca por cosméticos e compras. Dedica a sua vida à produção de conteúdos sobre cabelos e beleza.

Visite Minha Página
VER + DICAS

Kalina Amaro: kalina@patricinhaesperta.com.br

Anunciar: anuncie@mulhernetwork.com.br

Administrativo: natielileal@mulhernetwork.com.br

Blogueira: contato@mulhernetwork.com.br

Ou ligue

019 – 41413709

Como muitas de vocês tem dúvidas quanto aos métodos disponíveis para interromper a menstruação resolvi fazer um post falando sobre isso para que vocês vejam a quantidade de opções existentes.

Lógico que é o médico, após avaliar cada caso, quem  vai poder orientar sobre qual método é mais indicado para cada pessoa, mas não custa conhecer os principais métodos disponíveis, né?

Pílulas de uso contínuo

Black November Ofertas Clique.Aqui

Algumas pílulas, como o Cerazette e o Gestinol 28, são específicas para quem deseja suspender a menstruação, já que possuem baixas doses hormonais. Essas  pílulas de uso contínuo, que geralmente contém  apenas progesterona,  provocam a atrofia do endométrio e tem como consequência a diminuição ou ausência do fluxo menstrual.

A Cerazette é um exemplo de pílula que contém apenas progesterona e tem como vantagem não apresentar as restrições que as pílulas compostas por estrogênio apresentam. Ela pode ser usada por hipertensos, obesos, fumantes, diabéticos e também por lactantes, pois não interrompe a lactação.

Algumas publicações sustentam que a  grande desvantagem das pílulas compostas apenas por progesterona é que elas não bloqueiam a ovulação e por isso a eficácia como anticoncepcional é menor, mas eu não encontrei embasamento para essa afirmação, pois consta que o Cerazette tem uma eficácia de 99,5%, que é uma eficácia similar a de outras pilulas.

Ao contrário do Cerazette, o gestinol contém progestogênio e estrogênio sintético.

Alguns médicos entendem que as pílulas comuns não podem ser tomadas de forma ininterrupta,  pois quem toma pílula normal sem parar mantém o crescimento do endométrio, podendo  vir a  sofrer uma hemorragia a qualquer momento.

Contraceptivo injetável

Trata-se de uma injeção contendo medoxprogesterona  (derivado da progesterona) que cai direto na corrente sanguínea e vai sendo liberada continuamente em micro doses diárias.

É muito comum que ocorra retenção de líquidos, aumento significativo de peso, escapes, queda da libido e enxaquecas.

É aplicada a cada três meses e pode der usada por fumantes e cardiopatas.

Um exemplo desse tipo de método contraceptivo é a Depo Provera, que várias meninas relataram aqui no Patricinha Esperta que tiveram efeitos colaterais indesejados, sobretudo o aumento de peso.

DIU de Progesterona ( Mirena)

DIU  de Mirena é um dispositivo intra uterino de plástico que age diretamente no endométrio e libera hormônio em doses reduzidas.  Deve ser colocado por um ginecologista, sendo que o procedimento de inserção é bastante rápido e indolor.

A grande vantagem do DIU é que ele suspende ou reduz significativamente a menstruação, minimiza as cólicas  e possui uma durabilidade de 5 anos, o que é um benefício e tanto, né? A desvantagem é que é relativamente mais caro que a grande maioria dos métodos contraceptivos existentes.

É também um dos métodos contraceptivos mais seguros, já que seu índice de falha é de apenas 0,1%.

Implante subcutâneo (Implanon)

Consiste em um   bastonete flexível que é colocado soba pele do antebraço e libera doses mínimas diárias de progestogênio, inibindo a ovulação.

Tem uso efetivo por três anos seguidos e 20% das mulheres param de menstruar tão logo introduzam o implante. No geral, suspende a menstruação de 40 %  das mulheres e aumenta o intervalo de ciclos de 35 % das mulheres que aderem ao método.

É eficaz na redução da TPM, das cólicas menstruais e da intensidade do fluxo, mas pode causas dores de cabeça, acne, redução da libido e aumento de peso.

Assim como o DIU de Mirena, a grande desvantagem é o preço.

Existem ainda outros tipos de implantes, como a elcometrina e a gestrinona. Além desses, alguns médicos utilizam os implantes personalizados que geralmente são compostos por progesterona, estrogênio e androgênio.

Nenhum desses métodos tem indicação generalizada pois é preciso individualizar cada caso e verificar qual método é o mais benéfico em cada situação. Essa escolha deve ser feita sempre pelo paciente em conjunto com o médico, tá?

Beijos

Ju

julianalopes@patricinhaesperta.com.br


Black November Ofertas Clique.Aqui

Sobre Kalina Amaro

Kalina Amaro - É jornalista, blogueira, louca por cosméticos e compras. Dedica a sua vida à produção de conteúdos sobre cabelos e beleza.

Visite Minha Página
VER + DICAS

Kalina Amaro: kalina@patricinhaesperta.com.br

Anunciar: anuncie@mulhernetwork.com.br

Administrativo: natielileal@mulhernetwork.com.br

Blogueira: contato@mulhernetwork.com.br

Ou ligue

019 – 41413709

Saiba Mais

#QUEROMUITO

A NOSSA LOJA ONLINE
 Oferta de 30% Progressivas
QUEROMUITO