Olheira constitucional, melânica, sanguínea e vascular

guerra-contra-olheiras

As olheiras são vilãs da beleza por marcarem a região dos olhos tanto das mulheres quanto dos homens, afetando assim a auto-estima de todas as pessoas que são acometidas por elas. Mas, engana-se quem pensa que as olheiras só aparecem quando temos insônia ou dormimos bem pouco. A situação é agravada quando há consumo de álcool, cigarros, colírios e medicamentos em geral, além da falta de higienização bucal. ocorre que todos estes fatores modificam o modo como o organismo se comporta. As olheiras não possuem cura, mas podem ser amenizadas com cuidados especiais, cremes clareadores, maquiagens e tratamentos a laser.

A solução para cada caso é definida pelo dermatologista profissional e não pelo paciente que sofre com as olheiras, pois é preciso verificar a origem destas imperfeições para buscar o melhor tratamento. Os casos menos graves e menos marcados são tratados com cremes clareadores à base de vitaminas, por exemplo. Já os casos mais graves e mais marcados são reduzidos com tratamentos a laser, mas para s olheiras não retornarem, é preciso fazer uma reeducação alimentar e não se expor frequentemente ao sol. Quando as olheiras pigmentam a pele ao redor dos olhos, tornando-a mais escura, recomenda-se um procedimento cirúrgico.

Em suma, existem quatro tipos de olheiras: constitucional, melânica, sanguínea e vascular:

Olheira Constitucional: Quando a região dos olhos ganha uma tonalidade avermelhada, o caso em questão se trata de olheiras constitucionais, que são desencadeadas por fatores genéticos, sendo mais difíceis de serem tratadas, embora hajam soluções plausíveis. As olheiras constitucionais costumam surgir na região dos olhos das pessoas com descendência árabe ou indiana. Apesar dos tratamentos disponíveis serem mais lentos, por conta da questão genética, recomenda-se a aplicação de feixes de luz à base de laser, feixes de luz à base de luz pulsada ou preenchimento da região afetada através de ácido hialurônico, uma substância produzida na pele pelo próprio organismo.

Olheira Melânica: Quando a região dos olhos ganha uma tonalidade marrom, o caso em questão se trata de olheiras melânicas, que são desencadeadas por descontroles hormonais ou exposição excessiva ao sol sem proteção solar. O organismo, descontrolado hormonalmente, passa a produzir melanina em excesso, provocando uma pigmentação acima do normal na região dos olhos, sendo que as olheiras melânicas não estão ligadas aos cuidados de beleza, como, por exemplo, o uso de maquiagens, nem aos fatores externos. Esta imperfeição é a mais fácil de ser tratada com cremes clareadores, sendo que estas olheiras não requerem tratamentos à base de laser.

Olheira Sanguínea: Quando a região dos olhos ganha uma tonalidade arroxeada, o caso em questão se trata de olheiras sanguíneas, que são desencadeadas por conta do descontrole das hemoglobinas, que são proteínas de sangue que transportam oxigênio para o sistema circulatório de cada pessoa. O organismo, descontrolado, passa a irrigar mais hemoglobinas do que o habitual, favorecendo o surgimento de olheiras sanguíneas, seja no entorno ou nas pálpebras, por conta da dilatação dos vasos sanguíneos presentes na região dos olhos. O tratamento adequado para estas imperfeições é o creme anti-idade que promove a microcirculação.

Olheira Vascular: Quando a região dos olhos fica marcada ou afundada, mas sem alteração de tonalidade, o caso em questão se trata de olheiras vasculares, que são desencadeadas por fatores externos. O organismo, quando recebe o consumo de álcool, cigarros, colírios e medicamentos, fica alterado, comprometendo a circulação sanguínea, além de provocar o cansaço, o estresse e a insônia, responsáveis pelas olheiras vasculares que resultam em olhos marcados ou afundados. As mulheres gestantes ou em fase de tensão menstrual também acabam dormindo mal por conta dos incômodos, podendo ganhar olheiras vasculares, que são tratadas através de cremes ou procedimentos de microcirculação.

Olheira constitucional, melânica, sanguínea e vascular
3 (60%) 1 Voto

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.