Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29
Unhas Fracas e Quebradiças: Temos a Solução! - Patricinha Esperta
Categories: Unhas

Unhas Fracas e Quebradiças: Temos a Solução!


Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29

Já aconteceu com alguém aqui de ficar com as unhas frágeis e quebradiças? Muita gente passa por esse problema, que tem várias causas, como dá para conferir abaixo.

Uma causa comum para a fraqueza nas unhas é a deficiência de vitaminas e minerais, tão comum nos dias de hoje. Quando há, por exemplo, deficiência de vitamina A, as unhas ficam quebradiças, esbranquiçadas e com uma aparência que lembra “casca de ovo”. Já se a falta é de vitamina C, pode ocorrer hemorragia na parte de baixo das unhas, o que resulta numa unha com pontos avermelhados. A falta de vitamina C no organismo interfere na produção da queratina e de alguns hormônios, o que afeta bastante as unhas, que perdem o aspecto saudável. Quando falta zinco no organismo, a unha fica com uma coloração acinzentada, com linhas transversais, com descamação mais intensa e as cutículas ficam mais grossas e ressecadas. Já na falta de vitamina B3 as unhas perdem o brilho e ganham linhas transversais quase brancas.

Algumas doenças também podem afetar as unhas, sinalizando, aliás, que há algo de errado no organismo, como essas citadas abaixo:

  • Anemia: unhas quebradiças, côncavas, secas e opacas.
  • Doenças cardíacas: unhas curvadas para baixo, com coloração arroxeada e levemente alargadas.
  • Doenças renais: unhas amareladas ou acinzentadas, mais grossas, com a raiz branca e linhas verticais também brancas.
  • Doenças hepáticas: unhas amareladas.
  • Diabetes: unhas mais grossas, mais duras e que sofrem com micose frequentemente.
  • Hipertireoidismo: as unhas ficam fracas e finas.
  • Hipotireoidismo: as unhas ficam mais grossas e sem brilho.
  • Reumatismo: unhas amareladas, com sulcos transversais.
  • Leucemia: unha quebradiça, hiperqueratose (engrossamento) ou perda total da unha.

Além das doenças e da carências de nutrientes, como vitaminas e minerais, outros problemas interferem na saúde das unhas, deixando-as enfraquecidas. Um problema bastante comum é o uso de detergentes, que têm substâncias muito agressivas, que afetam mesmo as unhas. Por isso, é essencial que, ao lavar pratos e cuidar da faxina da casa, usemos uma luva para proteger as unhas e também a pele das mãos.

Como podemos fortalecer as unhas? 

Primeiro, verifique se existe ou não algum problema de saúde que justifique o enfraquecimento das unhas. Descartando essa hipótese, sigam as dicas abaixo:

  1. Use sempre esmaltes bases fortalecedoras e nunca passa o esmalte direto na unha.
  2. Use  sempre um óleo nas unhas. Uma ótima opção é o óleo de cravo, que é fortalecedor, o óleo de coco e mesmo o azeite de oliva, que todo mundo tem em casa. O óleo de cravo é ótimo, também, para quem tem micose nas unhas.
  3. Aumente o consumo de proteínas, pois isso fortalece as unhas, que são formadas por queratina, uma proteína.
  4. Um dia antes de fazer as unhas, retire o esmalte ou base e deixe as unhas “respirarem”. Isso é muito importante e deve ser feito semanalmente, pois evita que elas fiquem fracas e/ou manchadas.
  5. Usar um hidratante nas unhas, cutículas e mãos antes de dormir é essencial. Caso tenha em casa uma luva daquelas de algodão, experimente dormir com elas e acorde com as cutículas macias e fininhas!
  6. Caso não tenha o hidratante, use gotinhas de óleo nas unhas e cutículas.

 Riscos no Salão: De Olho Nas Bactérias!

Quase ninguém presta atenção em alguns detalhes importantes, até por confiança mesmo, mas é essencial verificar se, após cada cliente, os alicates são devidamente higienizados e esterilizados.

Várias doenças, e não são doenças “bobas”, podem ser transmitidas através do alicate. Muito se especulou sobre os riscos de “pegar” AIDS através de um alicate contaminado, mas hoje há a constatação de que esse risco é praticamente nulo vez que o vírus da AIDS resiste apenas alguns minutos fora do organismo. O mesmo não ocorre, por exemplo, com o vírus da hepatite B e da hepatite C, que tende a sobreviver por até quatro dias fora do organismo, o que aumenta, e muito, os riscos de contaminação.

Existem muitos outros riscos que não podem ser desprezados, por isso, antes de fazer as unhas, pense na sua saúde!

O procedimento adequado, seguindo o protocolo estipulado pela vigilância sanitária é esterilizar os instrumentos básicos lavando-os com água e sabão, colocando-os para secar e esterilizando-os, em seguida, em uma temperatura de 170º. Feito isso, os objetos precisam permanecer por 60 minutos dentre da estufa sem que a mesma seja aberta.

Vocês conhecem algum salão que siga rigorosamente esse protocolo? Eu não! E é por isso que é tão importante ter o seu próprio kit manicure, pois só você usa!  Os objetos de madeira devem ser descartados após o uso, e, no caso de alicate que só você use, após o uso deixe-o de molho em alta temperatura por trinta minutos.

Verifique, no salão que você frequenta, se os seguintes passos são seguidos pela manicure:

 1- Antes de atender cada cliente,  a manicure deve, obrigatoriamente, lavar as mãos  com água e sabão ou usar álcool gel

2- Com as mãos limpas, ela precisa usar luvas para fazer as unhas, e as luvas devems er descartáveis, sendo que um novo par deve ser aberto para cada cliente.olocar as luvas.

3- Lixas, palitos e objetos de madeira são de uso individual e não devem ser reaproveitados, sendo descartados após o uso.

4- O pacote com o material esterilizado  deve ser aveto na frente da cliente

5- Para cada cliente deve ser utilizada uma toalha nova ou descartável (toalhas de papel)

6- Após finalizar as unhas, é preciso lavar, com água e sabão,  os alicates e os outros instrumentos metálicos reutilizáveis. Essse material deve ser enxuto com toalha limpa e colocado em um tipo específico de envelope para ser levado a esterilização.

7- Depois de selado, o envelope deve ser colocado na estufa ou na autoclave, lembrando que a estufa não pode ser aberta durante o processo, que deve durar uma hora na temperatura de 170 graus.

Além dos alicates, é preciso ficar de olho, também, nas bacias onde colocamos os pés de “molho”, pois a água precisa ser trocada e a bacia precisa ser limpa a cada cliente, para evitar os riscos de micose.

Como se vê, o melhor e mais seguro é ter seu próprio kit manicure!

Beijos

Ju Lopes

Unhas Fracas e Quebradiças: Temos a Solução!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Compartilhar
Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

Postagens recentes

Creme Para Hidratar Cabelos Cacheados

DICAS PARA ESCOLHER OS MELHORES CREMES PARA HIDRATAR OS CABELOS CACHEADOS Ter cachos bem definidos e hidratados vai depender dos…

1 dia atrás

Clareamento dental com BICARBONATO e LIMÃO ⬅

Clareamento dental com bicarbonato: o guia completo ⬅ Pouco dinheiro não é mais desculpa para dentes sujos e encardidos! Basta…

6 dias atrás

Babosa No Cabelo: 15 Receitas Caseiras

Babosa No Cabelo: 15 Receitas caseiras, vídeos e benefícios.

2 semanas atrás

Hidratações Caseiras Para Cabelos: As Melhores ⬅

Hidratações caseiras para todos tipos de cabelos.

3 semanas atrás

Como fazer RECONSTRUÇÃO CAPILAR: As Melhores ⬅

Como fazer Reconstrução Capilar: O Guia Completo Muitas vezes nossos cabelos estão quebradiços e sem vida, isso pode ocorrer por…

3 semanas atrás

Como Congelar BABOSA pra passar nos CABELOS ⬅

Como Congelar Babosa Para Passar Nos Cabelos A dica que eu vou passar hoje é como congelar babosa para usar…

3 semanas atrás

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/nvx/patricinhaesperta.com.br/wp-content/plugins/schema/includes/integrations/amp.php on line 29