Suplementos alimentares…

Muito utilizados por atletas e marombeiros, os suplementos alimentares são a febre do momento nas academias, e quase sempre  são usados de maneira desenfreada, irresponsável e principalmente sem acompanhamento médico.

São indicados para atletas e praticantes de atividades físicas, que necessitam repor ou garantir as doses necessárias de nutrientes, vitaminas e sais minerais difíceis de atingir simplesmente com a alimentação normal, mas, várias pessoas com pouca ou nenhuma informação e sem orientação de  um profissional, consomem esses produtos de maneira errada,  visando apenas atingir resultados rápidos.

Essas pessoas não sabem qual a dose adequada para a sua situação e nem quais os efeitos que podem provocar; o que, na maioria dos casos, gera diversos problemas, como um resultado completamente diferente do desejado, além de complicações para a saúde que podem levar inclusive à morte. Fica a velha dica, “ Aquilo que é bom para sua amiga (o) pode não ser bom para você”.

 Suplementos mais conhecidos e seus efeitos:

 CLA (Ácido Linoleico Conjugado): possibilita a perda de cerca de 4% a 9% de gordura, isso, aliado a uma alimentação saudável e exercícios físicos regulares.

Whey Protein (proteína do soro do leite): proporciona ganho de massa muscular.

Creatina: gera ganhos rápidos de força e explosão muscular, além de estimular o crescimento dos músculos.

BCAA (Aminoácidos de “cadeia ramificada): formado por três tipos de aminoácidos: leucína, valina e isoleucina, age reduzindo ou neutralizando a decomposição de proteínas musculares.

Carboidratos: geralmente encontrados em forma de pós, bebidas misturadas prontas ou em barras, fornecem energia para prática de atividades físicas.

Termogênicos: proporcionam o aumento da temperatura corporal, com isso aceleram o metabolismo e consequentemente a queima de gordura.

L-Carnitina (L-Acetyl Carnitina): transporta a gordura do corpo para a mitocôndria (organela citoplasmatica que se encontra dentro do músculo), que transforma a gordura em energia. Atua também como antioxidante, previnindo a produção de radicais livres.

Glutamina: aumenta a construção de músculos (por meio da síntese de proteínas), diminui a quebra de tecido muscular, promove elevação nos níveis de hormônio do crescimento, além de  beneficiar o sistema imunológico.

É sempre necessário e de extrema importância, antes de consumir qualquer suplemento, buscar a orientação de  um médico ou nutricionista, que por meio de exames irá verificar quais as necessidades do seu corpo, elaborar um plano alimentar adequado e prescrever o suplemento indicado para suprir as deficiências. Lembrando que, essas dicas valem também para quem quer emagrecer usando esses produtos.

Beijos meninas

Lili Nascimento

E-mail: lilinems1@hotmail.com

Twitter: @lilinascimento2

Suplementos alimentares…
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

3 Comments
  1. Olá
    Adorei a matéria, gostaria de saber também sobre a albumina?

    1. Oi Geyciele,

      Que bom que gostou e respondendo a sua pergunta: a Albumina é um suplemento com grande concentração de proteínas, pode ser encontrada na clara de ovo, no leite e no corpo humano, no sangue (mais especificamente no plasma). Proporciona ganho de massa muscular.

      Beijos

  2. Se alguem puder falar um pouco do BCAA, eu comprei mas ainda não tomei.
    ALguem já tomou , sentiram diferença no corpo? Obrigada, aguardo comentário.
    bjs

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.