Low poo e No poo (parte 3)

Foto reprodução

Apesar de a técnica ter sido desenvolvida por uma mulher de cabelos cacheados (Lorraine Massey, que inclusive publicou um livro sobre o assunto o Curly girl) e ser, inicialmente, indicada para este tipo de cabelo, mesmo as moças de madeixas lisas podem adotar a técnica…(eeeeebbbbbaaaa)….
Então, você leu o post e se interessou pela técnica mas não sabe por onde começar ou como começar??? Preocupa não gata, vou passar umas diquinhas básicas que encontrei por aqui (pela net)…

Você optou pelo No poo (sem shampoo)
– molhe os cabelos como de costume (quando vai lavar com shampoo), pegue então o condicionador (sem as substâncias proibidas na composição) e passe na raiz como se fosse um shampoo mesmo, esfregue bem todo o couro cabeludo com as pontas dos dedos (nunca com as unhas), depois vá puxando o creme do comprimento até as pontas, massageando, vale até usar um pente ou escova de plástico para ajudar a desembaraçar, terminado o processo enxaguar bem a cabeça sem deixar nem um resquício de condicionador. Caso ache necessário pode ser repetida a operação.

Você optou pelo Low poo (pouco shampoo)
– deve usar o shampoo (sem as substâncias proibidas) com menos frequência (uma vez a cada quinze dias por exemplo), sendo que o mesmo deve ser passado apenas na raiz e pontas e deve ser removido por completo e também o condicionador utilizado deve ser com formulação livre das tais substâncias. Nos demais dias deve-se adotar a técnica do no poo, usando o condicionador no lugar do shampoo.

Existem também algumas receitinhas caseiras que ajudam as adeptas dessas técnicas, mas elas vão ficar pro meu  próximo post tá…
Ahhhhhh e quem já fez ou faz uso por favor conta pra gente o que acha, mesmo quem não gostou, divide com a gente os resultados….

Beijos

Lili Nascimento

E-mail: aline@patricinhaesperta.com.br

Low poo e No poo (parte 3)
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

6 Comments
  1. Esse tipo de técnica so é interessante pra quem tem cabelo seco (e bem seco!). E tambem deve se massagear muitooo bem, porque ja ouvi falar que pode dar uma seborréia danada! Na minha opnião, em vez de arriscar ter uma seborréia é melhor optar por um xampu sem sulfato mesmo, que não agride. 🙂

  2. Acabei de testar!
    é estranho lavar o cabelo só com condicionador, mas a curiosidade já viu!
    na primeira aplicação ficou um sebo! mas passei mais duas vzs e “limpou”, sequei e agora está normal – e até armado como sempre! e não ficou oleoso. Usei um da Natura de Pitanga para cabelos oleosos.
    Eu gostaria que desse certo (só para economizar de não comprar shampoo!)

    Mas é muito estranho! o condicionador eu sempre evitei passar na raiz.
    SEBORRÉIA??? ai ai até parece que já está dando uma coceirinha…medo!

  3. Oops! eu nem vi a composição do shampoo!
    eu gostaria de saber quais condicionadores são “permitidos”
    Se alguém AÌ já descobriu… COOOOOONTA!!!!!! VAI!

  4. Oiê…Achei um blog! (ronaldocachos.blogspot)
    que tem uma lista de produtos “permitidos”

    É BEEMMM + fácil do que ficar comparando a composição, e tem produtinhos incríveis tipo: Yamasterol, Suave, Fructis, tralalá, colorama, Juvena(eu nem lembrava que existia)e tb marcas +caras para “incendiar a floresta das onças”.

Leave a Reply

Your email address will not be published.