Demaquilante Comum x Demaquilante Bifásico

cosméticos demaquilante

Quando usamos qualquer tipo de maquiagem, os poros ficam entupidos e podem se dilatar, motivo pelo qual existem produtos que limpam os poros. Também é necessário remover os cosméticos aplicados na pele facial depois que chegar em casa do seu compromisso, evitando de todas as formas dormir maquiada. Ocorre que é através dos poros abertos que as glândulas sebáceas disparam oleosidade da epiderme para a superfície do rosto. Quando os caminhos dos poros estão livres, na verdade, a oleosidade protege a pele. Contudo, se os poros estão entupidos, a secreção não alcança a superfície e ocasiona uma inflamação na epiderme.

A inflamação em questão pode atingir os folículos pilosos e fazer com que os pelos não consigam prosseguir o seu processo de crescimento, além de ocasionar cravos escuros, acnes inflamadas ou espinhas com pus. A oleosidade também deixa o rosto brilhando mesmo após matificar a pele com maquiagem e depois de algumas horas fica com aspecto sujo e gorduroso. A partir do momento que você remove a sua maquiagem, você acaba evitando tudo isso no seu rosto. Para remover os cosméticos aplicados, pode-se utilizar um demaquilante comum ou ainda um demaquilante bifásico. Mas, qual é a diferença entre os dois?

O demaquilante comum está disponível em três tipos de embalagens: creme, lenço hidratante ou líquido. Por conter bastante óleo em sua composição, o demaquilante em creme é recomendado apenas para quem possui pele seca. Ocorre que aplicar este tipo de removedor de maquiagem com óleo na superfície de uma pele oleosa pode agravar o problema que está em tentativa de solução. O demaquilante em creme também deve ser escolhido pelas mulheres que possuem linhas de expressão ou rugas. Este demaquilante comum em creme não é tão eficiente na região dos olhos, que possui rímel, lápis e sombras com pigmentos fortes.

O demaquilante embutido em um lenço hidratante, por sua vez, é uma melhor opção para quem possui peles mistas a oleosas, mas principalmente para quem possui preguiça de cortar um pedaço de algodão e umedecê-lo em um removedor de maquiagem para aplicá-lo no rosto. Basta puxar um lenço do pacote e usá-lo diretamente na pele facial. Ainda por cima, algumas marcas de demaquilantes embutidos em lenços contam com hidratantes faciais, desta forma contribui em dose dupla com as mulheres preguiçosas. Já o demaquilante líquido é indicado para quem possui a pele extremamente oleosa, podendo descamar as que são mais secas.

Já o demaquilante bifásico é completamente diferente dos demaquilantes comuns citados, que possuem álcool entre os seus ingredientes, pois é formado duas substâncias que ficam separadas: óleo e água. Para usar o produto, deve-se misturar as duas fases, motivo pelo qual o demaquilante é chamado de bifásico. Os restantes de suas propriedades são bem mais fortes do que os demaquilantes comuns, motivo pelo qual são capazes de remover cosméticos à prova d’água. Por causa do óleo, as mulheres com peles oleosas devem usar este produto apenas na região dos olhos, pois os demaquilantes comuns não são eficazes para remover produtos à prova d’água.

Apesar deste problema com o óleo, nenhum produto sem o mesmo é capaz de remover eficientemente os produtos de maquiagem, então, por isso, o demaquilante bifásico aposta na mistura de óleo de água, sendo o óleo responsável ainda pela hidratação da pele, enquanto a água torna a maquiagem emoliente, ou seja, derrete o produto para ser removido. Apesar de teoricamente o demaquilante comum ser mais forte por conter apenas óleo, a fórmula do mesmo não é tão eficiente quanto a do demaquilante bifásico. Então para remover rímel, batons, sombras e lápis, o demaquilante bifásico é mais rápido e bem melhor, enquanto o demaquilante comum remove os produtos aplicados, mas deixa resíduos.

 

Demaquilante Comum x Demaquilante Bifásico
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Tags: ,

Faça seu comentário aqui

RSS 2.0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.