Auto-estima – Como está a sua?

Como está sua auto-estima hoje?

Auto-estima
Auto-estima – Como está a sua?

Um novo ano está chegando e nada melhor do que cuidar de você para começar essa nova fase mais leve. A auto-estima é a forma como enxergamos a nós mesmos e ela melhora ou piora bastante a nossa vida, mesmo que não demos conta. A auto-estima expressa o quanto nos respeitamos e nos cuidamos e isso se reflete nas situações nas decisões que fazemos para nós mesmos e em nossa forma de lidar com as situações.

Para entender como está sua auto-estima, pense sobre como está sua vida nesse momento: suas atitudes são benéficas para você? Sua postura diante das situações é positiva? Você está feliz consigo mesma? Se as respostas não são positivas, seu amor próprio está prejudicado e você deve trabalhá-lo através da auto-ajuda. Cuidar da sua auto-estima depende apenas de você.

Ter auto-estima baixa influencia todos os campos da vida, embora muitas pessoas não acreditem. Se você não tem auto-estima ou tem auto-estima baixa, você não gosta muito de você e não se respeita, por isso faz escolhas ruins para si.

Por exemplo, em um relacionamento amoroso, uma pessoa com baixa auto-estima tem tendência a se envolver com pessoas que não estão disponíveis ou a tratam mal e em relações pessoais, esse tipo de pessoas busca amigos que não querem bem a ela e somente trazem más energias. Profissionalmente, uma pessoa com baixa auto-estima tem tendência a não evoluir, graças à falta de confiança no próprio potencial e à falta de coragem para tentar algo novo. É fácil detetar se uma criança ou adolescente tem baixa auto-estima pois geralmente essas pessoas não tiram dúvidas com o professor com medo do que os outros vão pensar. É importante nesse caso, ajudar essas crianças a desenvolverem amor próprio logo nos primeiros anos de vida, para que não cresçam se auto-sabotando.

A falta de auto-estima faz com que essas pessoas desistam no primeiro obstáculo.

Onde começa o problema?

Muitas vez o problema começa com a falta de auto-conhecimento e auto-imagem deturpada que faz com que a pessoa acabe se achando pior que as outras pessoas.

Caso você tenha filhos tente dar atenção e reconhecimento quando eles fizerem algo de positivo, pois você como mãe é a pessoa mais importante para eles e se eles sentirem que você lhes dá reconhecimento, serão crianças cheias de confiança.

Muitas vezes a falta de auto-estima começam na infância, devido ao pobre relacionamento das crianças com os pais ou criadores que não deram a ela referências de si mesma e por isso elas não conseguem desenvolver sua auto-imagem corretamente.

Um dos sintomas desse problema é que a pessoa cresce sempre se comparando com os outros, muitas vezes se perguntando se é melhor ou pior do que alguém.

Quais os sintomas da falta de auto-estima ?

Os principais sintomas e consequências do problema são:

  • Falta de auto-confiança. Mesmo estando em uma relação ruim, a pessoa não faz esforços para sair dela, pois acha que não tem capacidade para conseguir estar com alguém melhor.

  • Intolerância à frustração. Pessoas com baixa auto-estima se afetam com criticas pois tem pouco confiança em si mesmas. O problema é que pessoas dão bastante importância para o que as outras pessoas falam e pouco importância ao que realmente elas acham que está certo.

  • Sentimento de insegurança. Esse é outro sintoma da falta de auto-estima. A pessoa tem muita dúvida na tomada de decisão.

  • Excesso de auto-crítica. Isso acontece quando a pessoa começa só enxergando seus defeitos e ignorando suas qualidades.

  • Tendência a relacionamentos destrutivos. Mesmo sem se aperceber, a pessoa acha que não merece nada de bom e acaba se relacionando com pessoas ruins, que lhe fazem mal.

  • Permissividade. É difícil para a pessoa com baixa auto-estima colocar limites nas outras pessoas, pois ela tem medo de desagradar os outros, deixando que façam o que quiserem com ela.

  • Dificuldade em aceitar elogios. Sempre que alguém à elogia ela estranha, como se não fosse merecedora deles. Isso acontece porque a pessoa não reconhece seu próprio valor e desconfia quando o outro reconhece algo de bom nela.

  • Grande vulnerabilidade emocional leva a pessoa à dependência afetiva.

  • Sentimento crônico de insatisfação. Outro problema é que nunca está satisfeita com sua vida, tendo sentimentos de angústia e ansiedade constantemente e pensamentos pessimistas.

  • Sentimento de inferioridade. A pessoa se sente como se toda a gente fosse melhor do que ela não reconhecendo o seu valor.

  • Necessidade de aprovação. A pessoa sempre pergunta para outra pessoa se aquela roupa fica bem, se o que ela fez está bem pois tem dificuldade de se auto-avaliar.

Como podemos ver, a auto-estima condiciona e muito a vida das pessoas, por isso, que tal começar já trabalhando a sua e começar esse novo ano cheia de boas energias?

Auto-estima – Como está a sua?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.