Coisas Que Aprendi Com Ozzynho…

Muitas das lições mais importantes da vida eu aprendi com Ozzynho, meu cachorro, afinal, qual outra criatura, senão aquela que ama por amar, doando seu amor de forma constante sem esperar nada em troca, pode ensinar alguma coisa a alguém?

A primeira coisa que aprendi com Ozzy foi  ouvir,  reconhecer e respeitar os meus instintos, já que eles sempre me dão noções claras das pessoas e das situações. Pode parecer absurdo, mas a verdade é que existe uma voz que, silenciosamente, nos dá pistas sobre as pessoas, sobre o caráter e a intenção de cada uma delas.

Vocês já repararam como os cachorros cismam com determinadas pessoas, aparentemente sem motivo algum? É instinto e, quase sempre, infalível!

A gente também deveria aprender a enxergar além do que se vê. Deveríamos, também, entender de uma vez por todas que palavras não tem importância nenhuma sem ações concretas que as sustentem. Se for para acreditar, que acreditemos nas ações, pois elas sim exprimem a verdade de cada um.

O Beijo Mais Gostoso Do Mundo!

Ozzy me mostrou que não importa se eu estou de TPM, histérica, triste, certa ou errada, não importa qual seja a situação, o lugar e os fatos, não importa o que aconteça, ele sempre vai me proteger e sempre será leal a mim, uma lealdade que deriva exclusivamente do amor que ele sente por mim. Assim deveriam ser os nossos amores (qualquer tipo de amor), não é?

Isso leva a outra coisa que aprendi com ele, que é a amar “independente de”, quando na verdade a gente tem o costume de “amar se”. A gente geralmente ama se a pessoa fizer isso ou aquilo, se for isso ou aquilo e, para os que acreditam que isso é amor, se a pessoa nos der isso ou aquilo. Amar… Amar sem esperar prêmios ou recompensas, amar sem pedir, amar sem exigir, amar sem cobrar, amar só por amar, amar sem se importar se o outro é   branco, amarelo, preto, magro, gordo, chato, patético, bobo, feio, bonito, narigudo, alto, baixo,  rico ou pobre: essa é uma lição que todo ser humano deveria aprender.

É um aprendizado observar como ele sabe quando eu estou doente, triste, nervosa ou feliz. É incrível ver que ele passa um dia inteiro deitadinho em frente da minha cama, olhando para mim, quando estou doente. E é engraçado vê-lo rosnar para qualquer pessoa que se aproxime quando isso acontece, como se estivesse avisando “eiii, ela tá doente e eu tô aqui tomando conta pra que ninguém a machuque”.

Todas as vezes que fico triste, ele vem devagarinho, me cheira, lambe meu pé, tenta fazer uma graça e, caso eu não sorria, simplesmente deita do meu lado e me enche de carinho  para que eu saiba que ele está ali. Isso me ensinou que quando as pessoas que amamos estão tristes é importante ficar ao lado delas, mesmo que em silêncio, só para que elas saibam que não estão sozinhas.

Com ele aprendi que depois de uma briga o melhor a fazer é ficar perto, esquecer o que magoou, passar por cima do orgulho e encher o outro de amor. Acho a coisa mais linda  quando, por algum motivo,  brigo com ele e em vez de ficar amuado, triste ou com raiva, ele corre pra cima, lambe meu cabelo todo e me enche de carinho sem levar em conta nada do que eu falei ( Ainda bem, porque um Staff Bull com raiva não é uma coisa muito amigável…kkk).

Acho mais lindo ainda quando eu, cheia de culpa, corro pra pedir desculpas por ter ralhado e, como se aquilo nunca tivesse acontecido, ele lambe meu rosto e me chama pra brincar, entregando seu brinquedo favorito.

Gosto de ver que não importa o que esteja fazendo, ele sempre para tudo quando me vê chegar. Gosto de saber que o que ele mais quer é ficar perto de mim, mesmo quando a gente não está fazendo nada, só porque ele gosta mesmo de estar. Isso me ensinou que pequenos gestos de atenção valem muito, e compartilhar nosso tempo com aqueles que amamos não tem preço.

São lições simples, mas valiosas, e que mostram o quanto esses bichinhos são sensíveis e instintivamente sábios. Quem tem cachorro com certeza sabe do que eu estou falando!

Beijos

Ju

julianalopes@patricinhaesperta.com.br

Coisas Que Aprendi Com Ozzynho…
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

19 Comments
  1. Olha, estou sempre por aqui acompanhando seu blog, que alias é otimo! Parabens!
    esta publicação sobre seu dog é linda! É exatamente assim que eles são, uns fofos, e de uma inteligencia e lealdade invejaveis aos seres humanos, o amor incondicional que nos dedicam é a maior lição de vida!
    Beijos pra vc e pro Ozzinho

  2. Lindo Ju!
    Sempre levo comigo a seguinte frase ‎”Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para mostrar ao homem o que é fidelidade”.

  3. Luana S.F.M. disse:

    O MELHOR POST DO BLOG!
    Jú, vc como sempre falando só coisas boas e úteis para todos!
    Muito lindo esse post, parabéns!
    Que todos leiam e se conscientizem, pois existe tantas pessoas que valem muuito menos que um cão!
    Um cão é perfeito na relação com humanos, é tudo q vc disse acima, todo esse carinho, lealdade, cumplicidade, amor e carinho infinitos…
    É tudo de bom ter alguém te esperando em casa, e não importa o que houver, sempre virá em sua direção com aquele rabinho balançando!
    Eu amo muito o meu Benny, e como um filho para mim e p/meu noivo, e como neto para meus pais e sogros.
    O tratamos como “gente” pois ele merece! Muitas pessoas deveriam aprender essas básicas lições de vida para termos um mundo melhor, com amor, paz e compaixão, sem nenhum tipo de preconceitos!

    1. Lu, obrigada!
      Existem mesmoooooo…
      Eu também trato Ozzynho como gente e nemmmm discuto isso, pois ele merece!
      Beijos pra vc e pro Benny

  4. Parabéns pelo post!
    Sempre acompanhei seu blog, faz tempo que leio todos os dias, mas esse post em especial eu tive que comentar, tenho três cachorros e sou apaixonada por cada um deles!
    Animais realmente são tudo de bom e nos amam por amar sem esperar nada de volta mesmo! 🙂
    ADOREIII!
    Parabéns pela idéia!
    Beijos

  5. eu já tive o privilégio de ter um dog,foi umas das melhores experiências da minha vida me ensinou coisas q nem ser humano foi capaz de ensinar,defendo os animais com unhas e dentes que ao contrário da (modernidade e evolução)humana que tornam as pessoas sem respeito E secas por dentro eles só querem amor,cuidados e muito carinho,independente de ser gato,cachorro,papagaio,tartaruga e etc.apenas com um olhar eles nos dizem TUDO!!uma frase q sempre vou levar em minha vida com muito fervor QUANTO + CONHEÇO OS HOMENS + AMO OS MEUS CACHORROS OU /BICHOS !
    MUITO LINDO ESTE POST JÚ PARABÉNS!

  6. choray aqui é assim msm, minha filhinha é uma grande companheira e sempre q posso faço de um tudo por ela pra tentar retribuir esse maor tao puro e verdadeiro q ela me da sem cobrar nada em troca.tem gente q nao entende mas acho q se essas pessoas se dessem a oportunidade de amar um bichinho e te-los em sua vida com certeza saberiam como nossos amiguinhos de pelo sao sabios e adoraveis

    chorando litros

  7. Fernanda Giuliano disse:

    Verdade Ju, aprendemos muito com o amor deles…e eu que tenho uma cachorra e um gato aprendo em dobro e diferentemente, rsrs.
    Mas posso dizer que a lealdade deles é o que mais nos surpreende!

    Bjuus!!!

  8. marilda ramos dos reis disse:

    Adorei seu POST. E ainda tem mais: – Ficar perto de um cão, fortalece o sistema imunológico no primeiro ano de vida da criança ( Estudo publicado na revista norte-americana “Pediatrics”. Os estudiosos afirmam que criança que convive com cães tem 30% menos chances de apresentar sintomas de infecçoes respiratórias, como rinite, otite e tosse.
    Eu amo os cães!!! Tenho duas lindas meninas!!

  9. Simone Andrade disse:

    Lindo!!! Absolutamente tudo… Eles são assim mesmo… Amam, por amar!!! Eu tenho uma Yorkshire e um Rottweiller… Ambos de portes tão diferentes amam de forma única ao seu dono!!! A yorkshire pára até de comer pra andar atrás de mim… Acabou de ter bebezinhos e às vezes tenho que dar bronca pra ela ir cuidar dos filhotes porque ela quer ficar andando atrás de mim e ainda fica brava quando alguém quer chegar perto, nem meus filhos e meu marido podem chegar perto…rsrsrsrsrs… É incrível… Eles nos veneram e nós os veneramos!!!

  10. Engraçado, eu fui lendo o seu post e, a minha mente, só vinha o meu Frederico! Eu sempre falo para a minha prima que me sinto uma popstar para o meu cachorro. Ela ri, mas é verdade, pois sei que ele me ama incondicionalmente e a todo momento ele demonstra que eu sou a pessoa mais importante da vidinha dele.
    Beijos (preciso ir agarrar um pouquinho o meu Fredinho)

Leave a Reply

Your email address will not be published.