Culpa Materna…Quem não tem?

Mãe quase nunca é culpada, mas sempre sente culpa.

É incrível como essas santas se sentem culpadas por tudo na vida!

Se trabalham fora, e hoje quase todas trabalham, é lógico, sentem-se culpadas por não estarem tão presentes no dia-a-dia dos filhos.

Se não trabalham fora, sentem-se culpadas por não serem “produtivas” (ô absurdo!).

Quando se separam dos maridos, sentem-se culpadas por não proporcionarem aos filhos uma família estável.

Quando não se separam e vivem uma relação falida, cheia de brigas, culpam-se pelos traumas causados.

Foto: Reprodução

Enfim, esses são exemplos do mundo de culpa que as mães carregam, o que me leva a crer que, faça o que fizer, mãe sempre se sente culpada.

São, praticamente, as palmatórias do mundo, o que é, logicamente, um absurdo!

Apesar de saber que se trata de um absurdo, sei que é praticamente impossível que elas se sintam dessa forma…

Tudo o que acontece com o filho acaba sendo, na cabecinha das mães, culpa delas.

Pior ainda é quando os filhos, por chantagem ou esperteza,  se aproveitam dessa sensação permanente de culpa  para conseguirem o que querem.

Como filho sempre é muito esperto, e mãe sempre é muito culpada, vai a dica: Vocês, aquelas que, independente de parir ou criar, aprenderam a, incondicionalmente, amar e zelar, não tem culpa de nada, são redimidas de tudo, porque ser mãe é a “função” mais difícil que há!

É muito, muitooo, difícil conseguir ser tantas coisas como vocês são (mães, amigas, filhas, irmãs, mulheres, profissionais…) e filho precisa entender que mãe não é só mãe, é muita coisa ao mesmo tempo, que não tem como ela ser um super herói que só acerta o tempo todo.

Mãe faz sempre o melhor que pode, de acordo com o que sabe, com o que viveu. E, quase sempre, os erros que apontamos nelas hoje, são os mesmos que nossos filhos apontarão em nós amanhã.

Então, parem de idealizar, parem de se culpar, porque perfeitas vocês não são e ninguém, nesse mundo,  é!

Beijos

Ju

julianalopes@patricinhaesperta.com.br

Culpa Materna…Quem não tem?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

4 Comments
  1. Nossa…parece que vc escreveu exclusivamente para mim!!
    Devo ser menos rígida comigo!

  2. Dany Oliveira disse:

    Nooossa Ju que lindo isso q vc escreveu…
    as vezes nossos pequenos tiram a gente do eixo e isso nos afeta tanto q chegamos ate a duvidar da nossa capacidade de ser mae.. bju!

  3. Dani Brandolis disse:

    Euuu chooreiii agooraa… Eh tao incrivel que tdo que se trate de mae e filho mexe mto comigo. Sou extremamente louca pelo meu filho, guilherme de 1 ano e 8 meses, sei que sufoco mto ele, eh uma outra culpa que eu levo de nao deixar ele um pouco mais sozinho pq ele mesmo pequeno precisa aprender a se virar, e para o meu castigo, ou nao, ele eh bem independente. Ele eh o maior orgulho da minha vida, a meu coiso mais precioso, esse menino eh minha vida. Aiii ja to chorando de novo. Fui mae mto cedo com 15 anos, hj tenho 17 sou casada, meu marido tem 22, sou dona de casa, piruua kkk, mae extremamente zeladora que morre pelo filho, e nunca na minha vida me arrependi da escolha que eu fiz…. Sou uma pessoaaa extremamente mais feliz….

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.