Gentileza Gera Mais Que Gentileza!

Aproveitando a época do Natal, quando estamos mais “abertas”, mais sensíveis, vou falar de uma coisa muito, muito, muito importante, que faz uma diferença enorme quando presente em nossas vidas e que anda esquecida por aí…

A “coisa” atende pelo nome de GENTILEZA, assim, em caixa alta.

O mundo anda tão corrido, mal temos tempo para as coisas básicas, andamos estressadas, tensas, atacadas, que parece pedir demais ser mais que educado, mas o fato é que a gentileza, essa virtude tão esquecida, transforma as nossas vidas, de verdade.

Tá, parece “fora de moda” num mundo onde a arrogância impera, parece piegas sim, e parece uma coisa pequena, mas não é. É grande, é gigantesca e faz uma diferença absurda, porque um simples gesto de gentileza gera reações em cadeia. Observem se não é verdade… Imagine você chegar aqui no blog, fazer uma pergunta, e eu te responder com estupidez ou de forma mecânica. Isso vai te envenenar, te deixar “triste” ou surpresa, ou com qualquer outra sensação que não é boa. E isso interfere sim no seu dia, não dá para negar. Agora, imagine o contrário, você chegar aqui, fazer uma pergunta, e eu te tratar bem, te acolher, te dar atenção e ser gentil com você. Isso vai te fazer bem, não vai? Vai sim, porque faz bem demais ser tratado com gentileza! E faz um bem maior ainda ser gentil, acreditem.

gentileza_gd

Então, não custa, nos pequenos gestos, ser amável, ser gentil, ser dócil. Não custa elogiar, não custa dar bom dia, não custa agradecer, não custa pedir desculpas, não custa sorrir para as pessoas, não custa estender a mão, não custa ajudar, não custa ter paciência, não custa dar atenção, não custa prestar atenção… Assim como não custa evitar as buzinas estridentes (eu detesto!), a estupidez, a ignorância, o grito, a crítica que fere, a indiferença, o massacre gratuito e a humilhação.

Não custa se colocar no lugar do outro, para saber se o tratamento que você está dando é o tratamento que você gostaria de receber. Porque gentileza é, também, isso: é tratar o outro como você gostaria de ser tratado. É dar a atenção que você gostar de receber. É notar as pessoas e mostrar isso.

Parece difícil, eu sei, mas, para quem não teve a sorte de vir assim de “fábrica”( eu, por exemplo, não tive essa sorte, porque, como bem diz minha mãe, eu fui “batizada em curral”! hahahaha) é um exercício diário, que vira hábito e em pouco tempo passa a fazer parte de você. Mesmo que você não seja gentil (e raríssimas pessoas são “por natureza”), se torne… Comece com pequenos gestos, como segurar uma porta, não furar uma fila, não sair buzinando por aí, dar boa tarde, dar tchau…E vá “evoluindo” aos poucos… Elogiando, sendo delicado ao criticar, usando mais o “jeito” do que a força, do que o grito… E em pouco tempo a gentileza será parte de você e ser gentil, com quem quer que seja, será a coisa mais natural do mundo.

Parece pouco, parece bobo, mas é muito…É tudo!

Beijos

Ju Lopes

Gentileza Gera Mais Que Gentileza!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

3 Comments
  1. É por isso que eu amo de verdade tudo que vc escreve.

  2. Que bom seria se várias pessoas lêssem coisas assim diariamente, ao invés de ler sobre roubos e mortes constantemente. Parabéeeeeens!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.