Mala compacta – Levando o essencial

Mala Compacta pra viajar “leve”

Mala compacta
Mala compacta – Levando o essencial

Fim de ano, férias, viagem… Pode reparar que todo ano é a mesma coisa, o destino pode ser diferente, mas uma coisa não muda: você vai ter que fazer a mala para passar alguns dias fora de casa. Para não cair na besteira de levar o guarda-roupa inteiro, o segredo é ter uma mala compacta e saber o que levar e como combinar as peças para repeti-las sem repetir o look.

Alguns problemas que podem acontecer quando sua mala é muito grande/pesada: se for viajar com a família, de carro, é preciso lembrar que todos têm suas coisas para levar, ou seja, você também precisa ceder um pouco de espaço. Se for de avião, você corre o risco de pagar por excesso de bagagem e isso pode não ser legal.

Para não pirar, você precisa de criatividade e muito planejamento. Se for preciso, pegue um caderninho e anote todas as combinações e looks. Também vale vestir as peças, montar os looks de tirar fotos para se lembrar de levar o necessário. Nesse momento é bom que você seja um expert em reaproveitar peças, caso contrário, vai passar o verão todo vestido roupa repetida.

Então se você tem problemas na hora de viajar porque não sabe o que levar na mala, preste atenção nessas dicas, pois queremos te ajudar a não pirar na hora de passar as férias fora de casa. Papel e caneta na mão pra ter sua mala compacta!

Saber o destino é fundamental

É claro que se você vai viajar no final do ano, provavelmente conhece o destino, e isso é fundamental na hora de fazer a sua mala compacta. Se for para a praia, vale pensar em peças leves, biquínis, cangas, saídas de praia, óculos de sol, e uma ou outra peça para sair a noite, se estiver em seus planos, lógico.

Só o necessário

Não adianta nada encher a mala compacta com um monte de vestido de festa se você não vai sair a noite. O mesmo vale para roupas de frio em locais muito quentes, levar um casaco é legal, pois pode chover e fazer um friozinho, mas nada de pensar que o mundo vai acabar em gelo, afinal, se for o fim do mundo mesmo você nem vai precisar de muita coisa. Então, sejamos práticos.

Peças chave

Todo look têm peças chave, que quando combinamos com outras peças ficam totalmente diferentes. Uma calça com uma rasteirinha e um tênis tem uma cara, mas com salto alto muda totalmente. O mesmo vale para uma camisa xadrez, que pode tanto ser a peça principal como um acessório para amarrar na cintura do short com uma camiseta branca.

Vale pensar nas seguintes opções: camiseta branca, blusa xadrez ou lisa de botão, short/calça jeans, vestidinho preto t-shirt de banda, listrada ou estampada, vale usar e abusar da sua criatividade para criar looks despojados e estilosos.

Sapatos

Apenas o essencial! Se for praia, um par de chinelos e outro de rasteirinha estão de bom tamanho. Vale levar um salto neutro para noite e um tênis confortável para passear no shopping ou fazer um programa diferente. Se for fora do país, onde estiver frio, vale levar o mínimo e pensar se não vale mais a pena comprar mais coisas por lá, mas isso é assunto para o último tópico.

Acessórios

O bom dos acessórios é que a maioria é compacto e não vai ocupar muito espaço na sua mala compacta. Um lenço ou dois para dar uma nova cara àquele vestidinho preto podem ser uma boa pedida. Suas bijus não podem ficar de fora, separe por necessidade, dois pares de brinco para o dia a dia e um para a noite. O mesmo vale para pulseiras e colares. Não esqueça um par de óculos de sol bem estiloso para arrasar e, se quiser, opte por levar algum acessório de cabelo.

Vai fazer compras?

Outro assunto bem importante é: se você tem planos de fazer compras no local, vale a pena levar muitas roupas? Não. Em uma viagem internacional, por exemplo, é possível encontrar peças mais baratas e de melhor qualidade. Se estiver frio, vale a pena comprar casacos mais pesados e botas em seu destino final, por isso, é melhor levar pouca coisa para ter como trazer de volta suas comprinhas sem pagar excesso de bagagem.

Essa dica vale para quem vai para qualquer lugar do mundo, se um dos planos é comprar peças de artesanato, conhecer lojas que não tem em sua cidade, pense bem antes de fazer a mala compacta. Não tenha medo de estrear sua saia longa florida novinha em uma passeio com a família durante a viagem.

Apenas tome cuidado para não comprar peças por impulso e voltar com uma mala cheia de coisas desnecessárias. A praticidade e a criatividade devem ser nossas aliadas a todo momento. Por isso pense bem antes de comprar uma peça nova e divirta-se nas suas férias!

Mala compacta – Levando o essencial
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.