Não Tenha Medo de Errar!

É comum que, diante de novos desafios, tenhamos medo de errar, porque toda situação nova gera insegurança. É o chamado “medo do novo”, que em pequenas doses é, de certa forma, benéfico, já que ajuda a conter a impulsividade, gerando ações mais ponderadas e equilibradas.

O problema é quando esse “medo do novo” paralisa, e a pessoa, por mera insegurança, deixa de agir, de buscar novos caminhos, novos começos, simplesmente por medo de errar. E isso é absurdo, porque errar todos nós erramos, o tempo todo, e isso precisa ficar claro. Ademais, quase todos os erros são corrigíveis. E, por fim, só não erra quem não tenta, e quem não tenta não cresce, não evolui, não sai do lugar, não vai para frente.

Essa insegurança intensa, que paralisa, é muito frequente em quem não possui autoestima elevada, em quem não acredita em si mesmo ou nos perfeccionistas e excessivamente egocêntricos, que não se permitem errar jamais.

Esse tipo de indivíduo é muito sensível a opinião alheia, sobretudo a opinião negativa, e tentam, por causa disso, serem “perfeitos”, seres sem falhas, que desempenham com perfeição todas as suas funções, o que não é nada saudável.

Captura de tela inteira 30042013 232912

Se na vida pessoal o medo de errar é um problema, na vida profissional a coisa se complica ainda mais, porque quem é inseguro tende a ficar para trás, já que o mundo corporativo pede por soluções rápidas e dinâmicas, e esse tipo de indivíduo não consegue tomar decisões rapidamente.

Para se livrar desse problema é preciso se conscientizar de que, vez ou outra, você vai errar e ponto, não tem nada demais nisso, porque todos cometemos erros, enganos, e não há como evitar que isso aconteça. Então, se conscientizar de que isso é normal e acontece com todo mundo é o primeiro passo rumo à melhora. Tem medo de se arriscar nas grandes coisas? Comece pelas pequenas, vá aos poucos, vá devagar, testando seus limites e ganhando confiança em si mesmo.

Encarar as situações de frente, mesmo as pequenas, é sempre muito melhor, porque à medida que você encara as inseguranças, elas ficam menores, e o medo de errar também fica menor, o que, aos poucos faz com que consigamos encarar situações críticas com mais facilidade

 Não se pode esquecer, ainda, que as falhas podem e devem ser encaradas como oportunidades onde o aprendizado é o mais importante, já que daí se extrai experiências. Os erros são, enfim, formas de nos ensinar, de nos fazer crescer, conhecer os nossos limites e  as nossas falhas. Erros são aprendizado, e isso é o mais importante.

Caso não consiga, sozinho, encarar os medos e vencer as inseguranças, avalie a possibilidade de procurar ajuda profissional o quanto antes, pois isso pode – e vai- refletir na sua vida profissional e pessoal, gerando limitações que poderiam ser facilmente evitadas. Existem terapias individuais e em grupo que visam justamente isso, vencer as inseguranças, e é até legal participar de uma sessão dessas de grupo para ver que isso não acontece só com você.

Beijos

Ju Lopes

 

 

Não Tenha Medo de Errar!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.