Como Está a Sua Imunidade?

Quando começamos a adoecer repetidamente, a “pegar” todo tipo de gripe, de virose e de doenças oportunistas, quando o cabelo não cresce, fica fraco e começa a cair, quando as unhas ficam frágeis e o cansaço toma conta, a primeira coisa que imaginamos é que a imunidade está baixa, provavelmente por causa do estresse, fato comum nos dias de hoje.

Contudo, nem sempre esses sinais são de baixa imunidade, enquanto que outros sinais, que nem damos muito importância, são justamente os sinais de que a imunidade está baixa.

Há pessoas que já nascem com a imunidade baixa, sendo essa uma predisposição genética, enquanto outras nascem “saudáveis”, sem essa predisposição, mas em algum momento da vida, por algum motivo, acabam com a imunidade mais baixa porque o organismo não consegue manter o equilíbrio.

Mas o que, afinal, poderia levar a baixa da imunidade?

Muitas coisas, inclusive o uso de drogas, a má alimentação, o estresse, o consumo regular de álcool, doenças crônicas, deficiências de vitaminas, deficiências hormonais, má qualidade do sono, baixo consumo de proteínas, quimioterapia, uso de medicamentos que atuam suprimindo a imunidade, dentre outros fatores.

content-620-h2

Sintomas Que Vão e Vem

Até o presente momento não existe nenhum exame específico para “medir” a imunidade, mas é lógico que determinados exames acabam “dando o sinal de alerta”. Entretanto, o sinal mais claro é a presença de sintomas que jamais desaparecem, mas que vão e vem o tempo todo, como aquela gripe que te “pega” todo mês, as otites, as diarreias constantes e sintomas similares.

Quando isso acontece,  quando as doenças e sintomas se repetem, é sinal de que algo está errado, já que é nítido que, nesses casos, o organismo perdeu a sua resistência e encontra-se vulnerável. Assim, é hora de procurar um especialista pra avaliar corretamente o que se passa no seu organismo e, se for o caso, corrigir as possíveis deficiências.

Mas, doenças repetitivas são sempre um sinal de que a imunidade está baixa? Não! O cabelo, por exemplo, pode cair por causa da baixa imunidade, mas também pelo excesso na produção de sebo, pelo uso de produtos químicos ou pela falta de vitaminas e minerais essenciais, por exemplo.

LEIA TAMBÉM: Alimentos que aumentam sua imunidade.

Doenças Comuns Em Casos de Baixa Imunidade

Algumas doenças são mais comuns quando a imunidade do organismo está baixa, como a herpes, as infecções cutâneas, a estomatite, as doenças causadas por fungos, por vírus e bactérias, as otites, os abcessos, a amigdalite, os resfriados e as gripes, por exemplo.

Existe uma lista, feita pela Fundação Jeffery Modell e a Cruz Vermelha Americana que serve como uma espécie de guia para ajudar no diagnóstico da baixa imunidade. É interessante observar a presença desses sintomas e, se for o caso, conversar com um médico de confiança.

Otite

A otite, que pode ser de vários tipos,  é uma inflamação no ouvido (dóiiiiii!) que tem como causa principal o acúmulo de água no canal auditivo. Quem tem ou teve alguma crise de otite não costuma esquecer os sintomas, já que eles são bem intensos e incluem dor extrema no canal auditivo, secreção avermelhada ou amarelada, febre e  redução da audição, dentre muitos outros.

Captura de tela inteira 12062013 181350

Quando, ao longo de um ano, ocorrem oito ou mais crises de otite, é um sinal de que a imunidade está baixa, de que o sistema imune está vulnerável.

Pneumonia

A pneumonia não é muito comum, então se a pessoa apresenta mais de dois quadros desse problema ao longo de 1 ano, e preciso verificar a quantas anda o seu sistema imune. Os principais sintomas da pneumonia, que é uma infecção pulmonar, é tosse, expectoração, dor no peito, fraqueza, prostração, dores no corpo, febra alta, calafrios e falta de ar.

Infecções intestinais de repetição e/ou diarreia crônica

Quando o intestino não funciona direito colocamos logo a culpa na alimentação, o que faz todo sentido, claro, já que a ingestão de fibras quase nunca atinge o mínimo necessário e o consumo de alimentos industrializados e gordurosos podem ser a porta de entrada para infecções.

Contudo, diarreias que não “passam”, que estão presentes quase sempre, bem como infecções intestinais que se repetem podem ser indício de baixa imunidade.

Monilíase e Estomatite de Repetição

A monilíase é uma infecção causada por fungos que se caracteriza por uma espécie de escama branca localizada nos lábios, nas gengivas, na língua e até mesmo na bochecha. A estomatite, por outro lado, é uma lesão característica da gengiva e dos lábios.

Quando a monilíase  ou a estomatite perduram por mais de dois meses, um médico precisa avaliar o problema, que pode indicar baixa imunidade.

LEIA TAMBÉM: Saúde: Dores que NÃO podem ser ignoradas.

CANSAO~1 (1)

Infecção Sistêmica Grave

As infecções sistêmicas graves, como a meningite, a septicemia e a artrose, tendem a ser bastante perigosas porque comprometem todo o organismo, de modo que o aparecimento de qualquer uma delas  é motivo suficiente para analisar o estado do sistema imunológico.

A meningite, que é extremamente perigosa e leva a óbito, é uma inflamação nas membranas da medula espinhal e do encéfalo, podendo ser causada por bactérias e também por vírus. A septicemia é um tipo de infecção de origem bacteriana que infecta o sangue e se espalha no organismo, sendo bastante grave. Já a artrose é um problema que atinge joelhos, mãos, coluna e quadris, prejudicando o movimento.

Abscessos de repetição e/ou ectima

O abcesso, conhecido como furúnculo,  é caracterizado pelo acúmulo de pus acumulado em determinada região do corpo, enquanto a ectima é um tipo de infecção de origem bacteriana que aparece nas pernas e nos pés.

A presença repetida de um desses dois problemas pode indicar quadros de baixa imunidade e devem ser relatadas a um médico.

SAIBA MAIS: Doença marcada pelo preconceito.

Outras Doenças Relacionadas

Além dos problemas citados acima, a asma quando grave, as doenças autoimunes, como lúpus, e a doença do colágeno também podem ser indicativos de problemas relacionados à baixa imunidade.

As doenças autoimunes, bem como o lúpus, são aquelas em que o organismo passa a produzir anticorpos contra ele mesmo, o que, é claro, gera uma queda significativa na imunidade.

Esses são apenas exemplos, mas existem outros sintomas e doenças que sinalizam a baixa da imunidade.

Beijos

Ju Lopes

Como Está a Sua Imunidade?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.