O Papel Terapêutico e Preventivo da Vitamina D

Essa semana estava conversando com a Cris, uma super fofa que segue o Patricinha Esperta,  e ela estava falando em suplementação de vitamina D, daí fiquei mega curiosa e fui ver pra que a coisa servia.

Eu já sabia que a vitamina D é fundamental para a formação óssea, mas não tinha a miníma noção de que ela é importante para inúmeras outras coisas.

O certo é que quem quer viver muito e bem,  tem que investir pesado na vitamina D, pois ela tem um papel preventivo e terapêutico muito grande, já que, quando seus níveis estão em alta, são menores as probabilidades de aparecerem doenças crônicas, problemas cardíacos e até o câncer.

Já se sabe, também, que essa vitamina, que no organismo funciona como um hormônio, fortalece o sistema imunológico, já que participa da produção de proteínas antibacterianas, o que combate infecções e até doenças autoimunes. Em algumas doenças autoimunes, como a esclerose múltipla, a suplementação em altas doses de vitamina D inibe as manifestações dos sintomas da doença.

Atua, ainda, na fabricação de insulina, garantindo um maior controle da glicose e , por tabela, afastando a diabetes.

 Até os 50 anos o nosso organismo tem a necessidade de absorver de 400 a 600 unidades internacionais, sendo que após os 50 anos essa necessidade sobe para 1000.

A parte boa é que para suprir as necessidades do organismo basta tomar 15 minutinhos de sol por dia. A parte ruim é que mesmo em um país tropical como o nosso, mais da metade da população apresenta deficiência de vitamina D! Fiquei boba quando li isso, porque néee, um solzão desses e a gente ainda ter deficiência de algo que é reposto naturalmente pelo sol é meio ilógico.

Mas isso é verdade e com certeza essa vida corrida que a gente leva, colada no computador e sem tempo pra nada, é uma das grandes responsáveis  por deficiências como essa.

Alguns alimentos, como o salmão, a sardinha, a gema de ovo, o leite e iogurte enriquecidos, são fontes ricas em vitamina D, mas é possível tomar uma suplementação para garantir a cota diária. Entretanto,  de nada adianta a suplementação, ou mesmo a alimentação rica nessa vitamina, sem a exposição ao sol, pois a radiação solar é fundamental para a síntese de vitamina D.

Até então nunca havia prestado muita atenção na vitamina D e, neurótica que sou,  sempre corri do sol como vampiro de alho, mas agora juro que vou prestar mais atenção nisso!

E vocês, conseguem tomar os 15 minutinhos de sol por dia ou vão cair matando na suplementação?

Beijos

Ju

@JuLopesL / julianalopes@patricinhaesperta.com.br

https://www.facebook.com/JuLopesPE

O Papel Terapêutico e Preventivo da Vitamina D
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

2 Comments
  1. Oi, Ju, tudo bem? Adoro seus textos sempre cheios de informação e humor. Eu vou optar pelo sol. Adooooooooooooro! Sou leonina, né? bjs

  2. Crislaine Job disse:

    Oi Amore!!
    Pois é, foi uma surpresa descobrir minha carência de vitamina D.
    Eu nunca fui de me alimentar bem e uma coisa leva a outra…
    Má alimentação =deficiência de vitaminas!
    E você disse tudo Ju: De nada adianta uma boa alimentação se não tiver aqueles minutinhos de sol e lembrando sempre pessoal: Nada de tomar sol nos horários de maior radiação solar. Aquele solzinho maravilhoso na parte da manha no antebraço por 10 ou 15 minutinhos é o suficiente!
    Outra curiosidade foi descobrir que existe suplementação sim, porem somente algumas realmente funcionam! Pra quem tem carência da vitamina D, siga exatamente a orientação médica e tomem exatamente oque lhe foi recomendado!

    Beijos!
    Ju, querida, adorei a matéria! Eu não sabia sobre a fabricação de insulina!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.