in

Formol X Unhas: Usar ou não usar?

Quando fiz o post sobre os riscos do formol algumas meninas pediram para que eu falasse sobre o uso do formol nos esmaltes, e é sobre isso que vou falar hoje.

Como vocês sabem, o formol é um líquido incolor tóxico, de odor extremamente forte, que é obtido através da  dissolução do gás formaldeído em água.

O formol é tóxico de todo jeito:   ingerido, inalado ou quando entra em contato com a pele, seja  por via intravenosa, intraperitoneal ou subcutânea.

Apesar de  tóxico são inúmeros os produtos que contém essa substância, inclusive os esmaltes, que podem conter formol no limite máximo de 5%, de acordo com a Anvisa.

Inúmeros institutos de pesquisa internacionais, como a EPA, a OSHA e a IAC, sustentam que o formol causa inúmeros danos a saúde, inclusive o câncer.

Sim, o formol é considerado, desde 2004,  pela Organização Mundial de Saúde como um agente cancerígeno, e isso independe da quantidade.

Blog13 1 - Formol X Unhas: Usar ou não usar?

O risco do formol é tanto maior quanto maior for a concentração e a freqüência de uso, e ocorre tanto pela inalação dos gases quanto pelo contato com a pele, oferecendo risco tanto para o consumidor quanto para os profissionais que aplicam produtos que contém essa substância.

  🔥HIDRATAÇÃO CASEIRA🔝🔥
    1. 🔝Hidratações caseiras
    2. 🔝Hidratação profunda caseira
    3. 🔝Óleo de coco no cabelo
    4. 🔝Hidração com azeite
    5. 🔝Cronograma Capilar Oficial

Os profissionais de beleza que se submetem a um contato frequente com o formol correm ainda mais riscos, e já foram registrados casos de câncer de boca, narinas, pulmão, sangue e cabeça relacionados à exposição a essa substância.

Isso significa que devemos correr dos esmaltes que contém formol? Bom,aqui vale o bom senso! O melhor seria não usar, pois é um risco gratuito, mas como é altamente improvável que isso aconteça o ideal é que se faça uma redução no uso.

Além disso, existem alguns cuidados que precisam ser tomados. Assim, quando comprar o esmalte verifique  no rótulo se a quantidade de formol (ou formaldeído) está dentro dos limites estabelecidos pela Anvisa.

Antes de passar o esmalte use uma base que NÃO contenha formol e só depois passe o esmalte, para que a unha “respire”. Sempre que possível evitem o uso de esmalte, façam um intervalo entre as aplicações ou procurem produtos que não contém essa substância ou que contenham em uma porcentagem reduzida, pois quanto menos frequente a exposição ao fator de risco, no caso o formol, menores as chances de danos.

Outra coisa que vocês precisam tomar cuidado são com as receitas que circulam pela internet. Com certeza adicionar gotas de formol na base ajuda a unha a ficar mais forte, acontece que  a maioria dos esmaltes e bases já contém formol, e no limite estipulado, então não justifica querer bancar “a química” e ir manipular uma substância tão perigosa, certo?

Eu, como sou extremamente alérgica, evito ao máximo qualquer coisa que contenha formol. Essa tal receitinha eu experimentei, porque eu sou teimosa, e as minhas unhas arderam de forma assustadora. Portanto, se você é alérgica, eu te dou esse conselho: evite, evite e evite!
Beijos

Ju Lopes

Escrito por Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza.

Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima. Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

vivabeleza dvd - VIVABELEZA Lança coleção exclusiva de Dvd’s para os profissionais cabeleireiros

VIVABELEZA Lança coleção exclusiva de Dvd’s para os profissionais cabeleireiros

diadoamigo1 - Feliz dia do Amigo!

Feliz dia do Amigo!