Como cuidar da pele mista de forma correta?

Pele oleosa com brilho na testa, nariz e queixo. Pele seca e rachaduras nas bochechas e no pescoço. E tudo isso na mesma pessoa! Cuidar de pele mista é realmente um desafio para qualquer mulher que sofre dessa situação. A pele mista é, sem dúvidas, a que atinge mais mulheres no Brasil. Isso porque o clima contribui para deixar as áreas mais expostas, como a zona T (testa, nariz e queixo) ao sol, o que provoca mais oleosidade e os poros ficam mais dilatados. E as outras áreas, ficam com menos sebo natural, ressecando com mais facilidade.

A pior atitude que uma mulher com pele mista pode tomar é, de acordo com os especialistas, passar o mesmo creme de tratamento em todo o rosto, sem separar a área oleosa da seca. Cada área precisa sim, de um cuidado especial. Por isso, também, a mulher com pele mista gasta mais em cremes, séruns e ácidos. Além de gastar mais tempo na frente do espelho fazendo os tratamentos adequados. Cada área do rosto tem os seus cuidados específicos e precisa de ingredientes diferentes.

Por isso, nada de sair passando sabonete, cremes e outros produtos por toda a face, ok? Quando você passa um produto hidratante com óleo na composição, nas regiões mais com oleosidade em excesso, cravos, espinhas e acnes vão aparecer. Se passar um produto sem nenhum óleo na parte mais ressecada, surgirão rachaduras e descamações, por falta de óleo e vitaminas. Então, vamos com muita calma nesse tratamento! É preciso hidratar a parte mais seca e limpar a área mais oleosa.

Como? Tudo começa com uma boa limpeza. Sim, todas as noites, antes de dormir, a recomendação é retirar o excesso de óleo do rosto, além de maquiagens, protetor solar e outros cremes que protegem apenas durante o dia. O excesso de resíduos piora a situação da oleosidade e, assim, deixa a pele com mais brilho. A limpeza das camadas da pele é essencial para começar o tratamento e, como a pele é mista, o ideal é escolher um sabonete líquido neutro ou com extrato de erva doce, que ameniza a irritação da pele.

peke mista - Como cuidar da pele mista de forma correta?

Já sabonetes em barra costumam ser mais ácidos e, assim, provocam mais irritabilidade na pele. Outro detalhe importante durante a limpeza é a questão da água. Nada de água quente, pois a alta temperatura abre mais os poros e também aumenta a produção de sebo natural, aumentando a oleosidade e o brilho da pele. A água sempre deve estar em temperatura morna, que consegue tirar a sujeira, sem aumentar essa produção de sebo. Outro detalhe: é importante comprar e aplicar uma loção de limpeza, como um tônico, e aplicar na pele com a ajuda de um algodão, sempre em movimentos circuclares.

O tônico é ótimo para aplicar e limpar a área seca, para que as impurezas sejam eliminadas. Nas áreas mais oleosas, na região da testa, queixo e nariz é bom usar um produto adstringente, que consegue limpar a oleosidade. Ele consegue tirar essa oleosidade e ainda promover uma renovação celular. Uma dúvida frequente entre as mulheres é sobre a esfoliação. Ela é importante sim, nas duas regiões: seca e oleosa. O que muda é o intervalo entre elas. A área mais oleosa deve receber uma esfoliação duas vezes por semana. Já a área seca, a cada dez ou 15 dias, dependendo do estado da pele.

ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kika @blogdakika

Patricinhaesperta.com.br

Eu acredito na beleza, na beleza que vem de dentro para fora. Na beleza de quando a gente olha no espelho e se senti feliz em não seguir padrões - só feliz com nós mesmas. Acredito em almas bonitas e na beleza da natureza. Amo os animais e as flores. Adoro uma boa vaidade também, afinal, um bom batom vermelho e as unhas feitas deixam os dias mais coloridos. Vem comigo que vou te mostrar um pouco do meu mundo.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.