Cuidados No Uso de Ácidos

Eu adoro usar ácido na pele, qualquer tipo, porque eles são efetivos e os resultados são rápidos, coisa fundamental pra quem não tem lá muita paciência de esperar 6 meses pra ver o produto fazer efeito.

Um efeito que gosto demais, e que é comum a quase todos os ácidos, é o tal do afinar a pele, já que  meu “couro” é grosso, e acho bonita demais uma pele fina e delicada. Pele de mocinha, sabe?

Pois sim, mas esse afinar a pele tem suas vantagens e desvantagens, já que, durante o uso dos ácidos, a pele fica mais sensível e, portanto, vulnerável aos raios ultra violeta, o que é uma temeridade.

Esse é um dos motivos pelo qual quem usa ácido precisa ter como amigo de infância o protetor solar, porque a pele, estando mais sensível, mais fina, mancha mais fácil.

E o pior é que, quando mancha, nesses casos, a mancha demora uma eternidade (mentira, nem é tanto assim…) pra sair.

Foto: Reprodução

Sim, quase todos os ácidos são fotossensíveis, o que significa que eles estimulam a produção de melanina quando em contato direto com o sol. Ou seja: pode manchar!

O ideal, pra mim, é evitar ao máximo se expor ao sol, e jamais sair do banheiro sem filtro solar. Difícil a vida, né?

Outra coisa que a gente precisa ter cuidado quando está usando ácidos, é evitar o uso de produtos que  irritem a pele.

Como a pele fica mais sensível, qualquer coisa que tenha álcool, por exemplo, fica, no meu caso, vetado!

Recentemente testei um tônico facial que continha álcool ( Aii dona Avon, aiii se eu te pego!) e aconteceu um desastre: meu rosto ficou muito vermelho e super irritado, e eu , é claro, fiquei louca ( mais?).

Culpa do tônico? Não, culpa minha que, usando ácido retinóico, inventei de passar algo que irrita a pele.

Outra coisa importante, sobretudo em relação ao ácido retinóico, que é mais forte, é nunca usar o produto com a pele úmida ou logo após lavar o rosto, já que a pele úmida absorve muito mais o produto, o que pode causar mais irritação.

Cuidado com a quantidade de produto aplicado no rosto, que deve ser bem pouco, e cuidado, MUITO cuidado, com a concentração do ácido. É muito melhor começar com uma concentração mais baixa, pra ver como a pele reage. Acreditem, aqui, menos é mais!

Se a pele começar a descamar, formar bolhar ou ficar irritada suspenda o uso até que a pele volte ao normal. E quando voltar a usar, vá usando dia sim, dia não, até que a pele se “acostume”.

Beijos

Ju

julianalopes@patricinhaesperta.com.br

 

ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Sobre Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. 👯 Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza.

Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá?
Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas 😘

Minha Página
Saiba Mais

Kalina Amaro: kalina@patricinhaesperta.com.br

contato@patricinhaesperta.com.br / redacao@patricinhaesperta.com.br

* Saiba como escrever para o site PatricinhaEsperta CLIQUE AQUI.

Dermaroller: Qual e Onde Comprar?
Ácidos Que Clareiam a Pele
Tags: , ,

Faça seu comentário aqui

RSS 2.0

Deixe um comentário

4 respostas para “Cuidados No Uso de Ácidos”

  1. Je disse:

    Eu tb sou amante dos ácidos, mais procuro usar sempre lenços umedecidos sem álcool para retirar a sujeira da pele e um sabonete liquido para o rosto tb. Vou sempre alternando o sabonete liquido, pois uso um com hidrante e outro para peles oleosas. E ácido dia sim outro não. Minha pele é mista e fina, mais tem algumas manchas de espinha. bjs

  2. Marta disse:

    Oi,usei uma combinação de ácidos de um protocolo de clareamento e minha pele manchou na hora,não sei o que fazer se puderem me ajudar.

  3. Rita disse:

    Gostaria de saber se pode passar hidratante noturno em cima do ácido??

  4. Nathalia disse:

    Posso usar o soro fisiológico para hidratar quando se usa o ácido?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.