Cuidados No Uso de Ácidos

Sobre Ju Lopes

JULIANA LOPES – Baiana que detesta o calor, advogada, leonina até o último fio de cabelo, hiperativa, escreve sobre quase tudo e é viciada em cosméticos, maquiagem, livros, viagens e boas risadas. Já fez vários cursos, desde Astrologia a Feng Shui, seu hobby é escrever e ela dá pitacooo em tudo aqui no blog. Escreve nas colunas Saúde, Dieta, Beleza, Cabelos, Moda, Tamanho GG, Papo de Mulher, Livros e Tutorial de Maquiagem.

E-mail: Julianalopes@patricinhaesperta.com.br

Visite Minha Página
VER + DICAS

Eu adoro usar ácido na pele, qualquer tipo, porque eles são efetivos e os resultados são rápidos, coisa fundamental pra quem não tem lá muita paciência de esperar 6 meses pra ver o produto fazer efeito.

Um efeito que gosto demais, e que é comum a quase todos os ácidos, é o tal do afinar a pele, já que  meu “couro” é grosso, e acho bonita demais uma pele fina e delicada. Pele de mocinha, sabe?

Pois sim, mas esse afinar a pele tem suas vantagens e desvantagens, já que, durante o uso dos ácidos, a pele fica mais sensível e, portanto, vulnerável aos raios ultra violeta, o que é uma temeridade.

Esse é um dos motivos pelo qual quem usa ácido precisa ter como amigo de infância o protetor solar, porque a pele, estando mais sensível, mais fina, mancha mais fácil.

E o pior é que, quando mancha, nesses casos, a mancha demora uma eternidade (mentira, nem é tanto assim…) pra sair.

Foto: Reprodução

Sim, quase todos os ácidos são fotossensíveis, o que significa que eles estimulam a produção de melanina quando em contato direto com o sol. Ou seja: pode manchar!

O ideal, pra mim, é evitar ao máximo se expor ao sol, e jamais sair do banheiro sem filtro solar. Difícil a vida, né?

Outra coisa que a gente precisa ter cuidado quando está usando ácidos, é evitar o uso de produtos que  irritem a pele.

Como a pele fica mais sensível, qualquer coisa que tenha álcool, por exemplo, fica, no meu caso, vetado!

Recentemente testei um tônico facial que continha álcool ( Aii dona Avon, aiii se eu te pego!) e aconteceu um desastre: meu rosto ficou muito vermelho e super irritado, e eu , é claro, fiquei louca ( mais?).

Culpa do tônico? Não, culpa minha que, usando ácido retinóico, inventei de passar algo que irrita a pele.

Outra coisa importante, sobretudo em relação ao ácido retinóico, que é mais forte, é nunca usar o produto com a pele úmida ou logo após lavar o rosto, já que a pele úmida absorve muito mais o produto, o que pode causar mais irritação.

Cuidado com a quantidade de produto aplicado no rosto, que deve ser bem pouco, e cuidado, MUITO cuidado, com a concentração do ácido. É muito melhor começar com uma concentração mais baixa, pra ver como a pele reage. Acreditem, aqui, menos é mais!

Se a pele começar a descamar, formar bolhar ou ficar irritada suspenda o uso até que a pele volte ao normal. E quando voltar a usar, vá usando dia sim, dia não, até que a pele se “acostume”.

Beijos

Ju

julianalopes@patricinhaesperta.com.br

 

Sobre Ju Lopes

JULIANA LOPES – Baiana que detesta o calor, advogada, leonina até o último fio de cabelo, hiperativa, escreve sobre quase tudo e é viciada em cosméticos, maquiagem, livros, viagens e boas risadas. Já fez vários cursos, desde Astrologia a Feng Shui, seu hobby é escrever e ela dá pitacooo em tudo aqui no blog. Escreve nas colunas Saúde, Dieta, Beleza, Cabelos, Moda, Tamanho GG, Papo de Mulher, Livros e Tutorial de Maquiagem.

E-mail: Julianalopes@patricinhaesperta.com.br

Visite Minha Página
VER + DICAS
Saiba Mais

#QUEROMUITO

A NOSSA LOJA ONLINE
 Oferta de 30% Progressivas
QUEROMUITO