Pele mista: como cuidar de forma correta?

Se tem um tipo de pele que dá muito trabalho para cuidar é a pele mista. Não adianta: precisa de dois cremes, dois sabonetes, dois hidratantes e mais tempo. Isso porque não adianta passar um produto que trata pele oleosa na parte do rosto que tem pele seca. Essa região vai ficar mais ressecada ainda. Então, se você está na lista de mulheres que têm pele mista, prepare-se para aprender a cuidar de verdade do seu rosto.

Geralmente as brasileiras que sofrem com isso têm a área T, que é testa, nariz e queixo mais oleoso, por pegar mais sol e também por produzir mais oleosidade natural da pele, e as bochechas, pescoço e na região das orelhas tem uma pele mais seca e sem nenhuma hidratação.

Bom, o trabalho é realmente mais puxado, mas o resultado vale a pena: não adianta tentar fazer o mesmo tratamento de pele para todas as regiões porque você não vai gostar e nem se sentir bem. Como a pele mista é que mais atinge as mulheres no Brasil, aqui vai uma boa recomendação: na zona T, onde pega mais sol, tente aplicar sempre mais protetor solar e evitar qualquer produto que tenha algum óleo na composição.

pele-mista

O bom aqui é usar também sabonetes adstringentes, que conseguem limpar com mais profundidade a pele e amenizar a produção de óleo e também de brilho do rosto nesta região. Eles também vão diminuir o surgimento de acnes e cravinhos, que nada mais são que acúmulo de sujeira e oleosidade nas camadas da pele. O ideal e mais recomendado é procurar um dermatologista que vai recomentar produtos com ácidos, capazes de diminuir a produção natural de sebo e deixar a pele mais uniforme. Depois de aplicar o sabonete específico para a área oleosa da pele, você deve passar o produto com ácido, que vai controlar a oleosidade.

Já na área mais seca do rosto, cremes altamente hidrantes devem ser usados. O especialista no assunto vai ajudar você a escolher o produto que mais se enquadra na sua situação. A questão aqui é limpar e higienizar a pele mais ressecada. Se ela está assim, é porque falta nutrientes e vitaminas. Depois de limpar, os cremes hidratantes farão o papel de recompor as camadas da pele com mais nutrientes. O resultado disso é pele hidratada e mais uniforme. Assim, a produção de colágeno aumenta, evitando o problema da flacidez que a pele ressecada geralmente tem.

Nesse processo de limpeza do rosto, não é recomendado usar sabonetes em barra, pois eles têm um pH mais alto que o normal, que resulta em pequenas irritações na pele e também podem ressecar ainda mais as camadas secas. Então, use sempre sabonetes líquidos, mas cada um específico para a área do seu rosto. É preciso ter paciência e não sair atropelando as etapas de cuidado com a pele mista. As etapas deste ritual de beleza serão monitorados pelo seu médico, que vai avaliar a pele a cada 60 dias, em média. Nesse processo, dependendo do caso, o especialista pode recomendar um tratamento mais profundo, como a radiofrequência ou o laser para a área mais oleosa e um peeling de diamantes ou vitaminas para a região mais ressecada.

Pele mista: como cuidar de forma correta?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kika @blogdakika

Kika - Sou blogueira há 10 anos, dedico a vida a produção de conteúdos sobre beleza e cabelos. Amo, amo, o que faço, por isso... com muito amor <3 compartilho dicas no PatricinhaEsperta e CabelosLoiros. Insta: @blogdakika E-mail: kika@patricinhaesperta.com.br Lindona, se gostou, clica na estrelinha acima e vote ;-) Compartilhe com suas amigas. Beijos no coração.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.