Tratamentos estéticos para secar barriga

Tratamentos estéticos para secar barriga

como secar a barriga

tratamentos estéticos para secar barriga

Criolipólise, corrente russa e radiofrequência são alguns dos aliados na perda de medidas

Beautiful young Sexy woman body in bikini during sunbath next to swimming pool

Criolipólise

 

Para perder gordura abdominal e algumas medidas, não tem mágica: alimentação saudável e exercícios físicos regulares geralmente são a chave. Mas existem procedimentos estéticos que podem auxiliar muito nessa tarefa.

Quem quer reduzir o inchaço, por exemplo, pode escolher a drenagem linfática, muito indicada nesses casos. A chamada corrente russa fortalece os músculos do abdômen, enquanto que a radiofrequência consegue melhorar a flacidez. Já para acabar com a gordura, em si, a criolipólise é uma dos melhores procedimentos estéticos. Saiba qual deles é o mais recomendado para a sua situação.


Drenagem linfática manual: um dos procedimentos estéticos para controlar inchaço

drenagem-linfatica-manual1

Não há nada mais relaxante que a drenagem linfática. E a melhor parte é que além dos diversos benefícios dessa prática para a saúde da mulher, ela também pode ser útil como um procedimento estético. Essa técnica, que envolve massagens de forma a deslocar a linfa em direção aos gânglios linfáticos. E isso reduz o edema na região tratada, ou seja, controla o inchaço, inclusive do abdômen.

Com certificação da Sociedade Alemã de Linfologia desde a década de 1970, o método vem sendo muito usado por diversas pessoas, principalmente gestantes. E não existe muita contraindicação para isso. Durante o período da gravidez, esse tratamento ajuda muito por conta de pés e mãos inchados. Depois que a criança nasce, muitas costumam também aderir a isso também, mas na área da barriga.

Dicas para usar a drenagem linfática:

  • Procure um bom centro de estética;
  • Faça visitas frequentes para obter resultados melhores;
  • Cada sessão costuma durar em torno de 30 a 60 minutos;
  • O valor de cada sessão varia de R$30 a R$120 cada uma;
  • O ideal é fechar pacotes de dez sessões.

Corrente russa pode fortalecer a musculatura do abdômen

corrente russaSe você é daquelas pessoas que não gosta de fazer 500 abdominais, mas quer ter a barriga sequinha, a corrente russa pode ser a solução para você. Esse tratamento, também chamado de estimulação russa, vem se popularizando entre quem quer perder medida e tonificar o abdômen. E é um dos procedimentos estéticos que mais apresenta resultados quando o assunto é fortalecimento muscular.

Por meio de uma corrente de média frequência, o equipamento diminui a flacidez e ajuda na redução de medidas por causa do encurtamento do reto abdominal. Existem vários estudos na área de estética que comprovam a eficácia desse método também para o tratamento de um problema que atinge muitas mulheres no pós-parto: a diástase abdominal, que é a separação dos músculos dessa região.

A corrente russa auxilia, então, no restabelecimento das ligações na área da barriga. Além disso, essa técnica garante uma elasticidade maior do músculo. Muitos ainda afirmam que seria o equivalente a um dia inteiro de atividades na academia. Mas é importante sempre combinar esses procedimentos estéticos com uma rotina de atividades físicas e boa alimentação para garantir resultados melhores.

Dicas para a corrente russa:

  • Pesquise os equipamentos usados e se eles são registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa);
  • Dê preferência para centros de estética certificados;
  • Cuidado ao escolher os profissionais que forem aplicar o método;
  • Cada sessão dura cerca de 20 minutos por região tratada;
  • Tente fazer mais pelo menos dez sessões para ver resultados melhores;
  • O valor varia de R$20 a R$100 por sessão.

Reduza a flacidez com a radiofrequência

radiofrequenciaUm problema que muita gente sofre depois de perder peso de forma muito rápida é a flacidez. E isso é muito comum entre mulheres que passaram por uma gravidez ou outros que realizaram cirurgias de redução de estômago. Caso tenha feito dietas muito rigorosas sem estar associadas a exercícios físicos, certamente isso também pode ter acontecido.

E uma das técnicas mais usadas para reverter isso é a radiofrequência. Com o foco na modelação do corpo, esse é um dos procedimentos estéticos que acaba melhorando a textura da pele. A emissão de ondas de rádio atua nos tecidos de sustentação da pele e provoca a síntese de colágeno, o que acaba modificando as células de gordura.

A radiofrequência, que aquece a pele através de ondas eletromagnéticas e o ultrassom cavitacional, que consegue romper as membranas das células de gordura, associados conseguem aquecer o tecido subcutâneo, reduzindo o acúmulo de gorduras, melhorando a formação do colágeno e da elastina, deixando a pele mais firme e turbinando a circulação local, o que reduz a barriga e trata a celulite de forma segura e, melhor dos melhores, isenta de dor. O único cuidado após as sessões é o uso obrigatório de filtro solar na região tratada.

Para realizar o tratamento, o dispositivo usado parece uma pistola com um formato semelhante a um secador de cabelo. Com isso, é possível melhorar diversas regiões. Além da barriga, também pode ser direcionado a coxas, glúteos, braços, joelhos. Alguns estudos apontam que a radiofrequência também ajuda a eliminar celulite.

Como usar a radiofrequência:

Dê preferência para aparelhos de modelos conhecido, como Velasmooth, Velasmooth 2, Reaction, Freeze, Ultra Accent Xl ou Maximus Med da Pollogen;

Os casos devem ser avaliados individualmente, mas, em média, são necessárias entre três e dez sessões para cada área do corpo tratada.

Cada sessão dura entre 20 e 40 minutos.

O valor da sessão pode variar de R$200 a R$1000.



Leia também:



Criolipólise: uma lipoaspiração sem corte

A criolipólise vem bombando na mídia por causa dos efeitos potentes que proporciona, e não é pra menos, já que o tratamento é bem poderoso!

Trata-se de um procedimento não invasivo feito com um aparelho que gera um resfriamento controlado, que não danifica os tecidos nem a pele e gera a destruição das células de gordura nos dias seguintes a esse procedimento.

Essa eliminação das células de gordura é feita através do fígado e o tratamento pode causar alguns hematomas, sensação de formigamento, irritações e vermelhidão, que desaparecem rapidamente.

Tudo isso queima bastante gordura, inclusive aquela gordura mais resistente, com o benefício de não precisar cortar a pele, de não precisar de agulhas e muito menos de anestesia.

Para saber a quantidade exata de sessões, é preciso analisar a área a ser tratada. Para quem quer ter noção de quanto se perde, a coisa é promissora, pois elimina-se, em uma única sessão, até 25% da gordura local! Os resultados não são visíveis após o procedimento, mas tornam-se visíveis a partir da terceira semana após a sessão, chegando a um resultado definitivo após, em média, quatro meses.

Vale lembrar que se uma sessão não for suficiente outra poderá ser marcada para oito semanas depois, aproximadamente. Quem possui problemas hepáticos e sensibilidade ao frio, bem como as gestantes, não pode se submeter ao tratamento.

Criolipólise como surgiu?

procedimentos estéticos

Desde a década de 1970, muitos pesquisadores vêm estudando como usar o frio para acabar com as células de gordura.  E foi assim que descobriram que é possível destruí-las quando submetidas a determina temperatura. Dessa maneira, surgiu a criolipólise, um dos procedimentos estéticos mais eficazes na eliminação de gordura.

Essa técnica, que não é invasiva como a lipoaspiração, não dará nenhuma cicatriz ao paciente. E os riscos são mínimos. O tratamento funciona de forma que é colocado um aplicador na área desejada pelo paciente. E isso pode ser feito tanto no abdômen, quanto em outras regiões, como pernas, coxas e glúteos. Toda essa parte é sugada para dentro do aparelho, onde é congelada.

Alguns estudos da Universidade de Harvard mostraram que uma única sessão de criolipólise pode reduzir até 25% de gordura localizada na área do tratamento. E, em meio aos resultados, é possível ver uma mudança na redução de medidas do paciente. Em conjunto com a radiofrequência, pode ainda reduzir a flacidez.

E o efeito melhora bastante quando a pessoa pratica exercícios físicos, em especial os aeróbicos, que ajudam a mobilizar essa gordura, fazendo com que ela saia mais rapidamente. Esse procedimento não é definitivo. Se a pessoa tiver uma alimentação desregrada, a gordura eliminada retorna ao corpo. Portanto, é necessário comer de maneira equilibrada.

Criolipólise Contraindicações:

  • Grávidas não devem realizar esse tratamento. Após o parto, será necessário aguardar em torno de seis meses antes de iniciar qualquer procedimento estético do gênero.
  • Caso o paciente tenha sensibilidade ao frio, ou urticárias, esse método pode não ser eficaz.
  • Pessoas que passaram recentemente por cirurgias recentes devem esperar um tempo antes de se aventurar;
  • Também não é recomendada a criolipólise a pessoas com infecções de pele ou que possuam hérnias no local tratado (como a umbilical, por exemplo).

Cuidados com a criolipólise:

  • Muito cuidado quando for escolher o centro estético ou clínica para a realização do tratamento
  • Verifique de forma cautelosa quais as marcas e modelos de equipamentos , além de sua procedência. Dê preferência àqueles registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
  • Avalie se os profissionais do local são capacitados e treinados para realizar o procedimento.
  • Cada sessão durante em torno de uma ou duas horas;
  • A perda de gordura começa a ser sentida duas semanas após a sessão e vai acontecendo gradualmente durante um período de três meses;
  • Uma avaliação profissional é importante para verificar quantas sessões são necessárias para cada caso.
  • O valor de uma sessão apenas custa em torno de R$1000.

São muitos os procedimentos estéticos para secar a barriga, tonificar o abdômen, reduzir inchaço e acabar com a gordura localizada. Cada caso pode exigir uma solução diferente. Procure um dermatologista ou outro especialista e saiba exatamente o mais indicado para você.

Leia também:

Além desses tratamentos, é preciso manter a alimentação em dia e caprichar na atividade física, pois os tratamentos estéticos ajudam sim, mas são meros coadjuvantes e não fazem milagres. Além disso, se a dieta e a atividade física não se tornarem regras após o tratamento (nada de enfiar o pé na jaca!) será dinheiro jogado fora, pois a gordura perdida será recuperada rapidinho, e isso ninguém quer, né?

Alguém aqui já fez algum desses tratamentos estéticos para secar barriga?

Sobre Kalina Amaro

Kalina Amaro - É jornalista, blogueira, louca por cosméticos e compras. Dedica a sua vida à produção de conteúdos sobre cabelos e beleza.

Visite Minha Página
VER + DICAS

Kalina Amaro: kalina@patricinhaesperta.com.br

Anunciar: anuncie@mulhernetwork.com.br

Administrativo: natielileal@mulhernetwork.com.br

Blogueira: contato@mulhernetwork.com.br

Ou ligue

019 – 41413709

Saiba Mais