Cultive a paciência!

Em muitas situações demonstramos impaciência, intolerância, ansiedade e irritabilidade, o que nos impede de enxergar as coisas com clareza, prejudicando nosso desempenho e nossas conquistas. Diante da correria do dia-a-dia, das exigências e pressões que sofremos em todos os âmbitos e dessa sociedade tão competitiva em que vivemos, é preciso que cultivemos a paciência para que tenhamos uma vida de qualidade.

Ser paciente significa ter calma e equilíbrio diante de situações estressoras, mantendo a compostura, a tolerância e a capacidade de resistir e persistir diante de uma dificuldade. A pessoa que cultiva a paciência está mais preparada para lidar com os estresses da vida, fazendo tudo com calma, tranqüilidade, sem pressa, sem ansiedade e com atenção.

Ser paciente é um estado de perseverança tranqüila, onde a pessoa consegue se manter com equilíbrio emocional e serenidade diante de situações adversas e conflitivas. Assim, a paciência implica autocontrole, autodomínio e confiança.

Ser paciente é, também, entender e aceitar a si mesmo e estender essa compreensão e aceitação ao próximo, ou seja, quando assumimos que somos seres humanos e que estamos suscetíveis às emoções, compreendemos que o próximo pode deixar que essas emoções explodam. Por isso, a paciência permite que você se mantenha equilibrado e sereno, mesmo quando o mundo está desmoronando e permite, também, que você entenda por que a outra pessoa está agindo de certa forma.

A impaciência é a mola que impulsiona o estresse, que provoca conflitos no trabalho, em casa, no trânsito, nas filas, no caos em que vivemos. Dizem que a paciência é a virtude mais difícil de ser conquistada, pois implica em um treinamento diário e contínuo, autocontrole e muita determinação, mas nem por isso se torna inalcançável.

Quando nos tornamos pacientes, aprendemos também a ser caridosos, pois aprendemos a perdoar aqueles que trazem conflitos para nossa vida, deixando de lado o orgulho e o egoísmo, passando a viver de forma mais leve, sem sentir o peso da irritação, da cólera e da ansiedade.

Assim, é preciso que deixemos de fora os sentimentos negativos, não deixando nunca que eles se acumulem em nossa alma. Aprenda a canalizar seus sentimentos, plantando uma árvore, escrevendo, ouvindo música, passeando com o cachorro e refletindo sobre si mesma, suas atitudes e fraquezas, buscando soluções e meios de se tornar uma pessoa melhor a cada dia.

Técnicas de relaxamento, massagens, meditação, Yoga e até os florais de Bach (a essência Impatiens está relacionada à paciência, à delicadeza e à empatia) podem te ajudar a desenvolver a paciência. É preciso aprender qual o seu ritmo e respeitá-lo, sem se cobrar perfeição e rapidez, buscando o equilíbrio e deixando que as coisas aconteçam naturalmente.

Então meninas, nesse novo ano, espero que cultivem a paciência e a tolerância, tanto para com si mesma como para com os outros, fazendo sua vida mais equilibrada, cheia de paz, tranqüilidade, felicidade e realizações!

Beijos!!

Amanda (amandacarvalho@patricinhaesperta.com.br)

Cultive a paciência!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

2 Comments
  1. ótimo texto sobre paciência (nossa como é difícil!), mas vale muito a pena, para podermos viver em paz com nós mesmos e como os outros. Bjos.

  2. Meu sonho e ser paciente…Eu ate massssss… so consigo por 5 minutos
    Muito bom o texto

    Ahh e parabens pelo blog

    bjuss

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.