Meu Corte Químico: Cuidados Imediatos

Já tinha gente querendo me esganar no Face por causa desse post, e esse é, com certeza, o assunto que domina o “Pergunta Que Eu Respondo”, um tira dúvidas sobre cabelos e beleza que rola toda quarta (e às vezes aos sábados também) lá na minha Fan Page (curte aí!).

Demorou assim porque eu queria fazer um “guia completo do corte químico”, inclusive  com sugestão de produtos mais acessíveis pra quem não tem di$ponibilidade de grana para investir pesado em produtos mais potentes.

Vamos ao começo, certo?

A Causa do Corte Químico

Eu tive um corte químico por causa de uma suposta selagem da D´Vien, que embora não sinalize no rótulo, contém ácido glicoxílico, conforme e-mail respondido pela marca. Ácido glicoxílico, para quem não sabe, é formol disfarçado, e o que parecia ser uma selagem para “tratar” os cabelos, é um progressiva também disfarçada, porque ácido glicoxílico não trata cabelo nenhum.

Assim que fiz essa porcaria, meu cabelo ficou grosso, duro e começou a quebrar, cair, partir…

Ju Lopes Ju Lopes-001

 Por que Escureci O Cabelo Após o Corte Químico?

Muita gente questionou porque escureci o cabelo, e na verdade eu já queria escurecer antes porque a cor já não estava me agradando, o loiro não ficava do jeito que eu gosto, então queria deixar o cabelo com o tom o mais próximo possível do meu tom natural, e puxar mechas, como sempre fiz.

Só que  o cabelo não ficou claro como eu desejei e tive um corte químico em seguida, o que me impedia, lógico, de clarear o cabelo. De todo jeito, achei muito melhor, não sem muito sofrimento, deixar o cabelo escuro nesse período para tentar esconder o estrago.  Com certeza o tom escuro disfarça mais, e foi isso, aliás, que me ajudou a não surtar, porque, mesmo parecendo besteira, cabelo é mesmo meu xodó.

De Imediato, O Que Eu Fiz?

Minha primeira providência no mesmo dia, foi cortar o cabelo, ou o resto dele, porque cabelo partido, ralo e desigual é pior que o cabelo curto que eu não desejei. Cortei por motivos óbvios… Primeiro porque estava caindo, partindo, aos pedaços, então o mínimo que eu poderia fazer era tentar deixar o cabelo “uniforme” e simétrico, já que cada parte ficou de um tamanho. O corte ajuda também a disfarçar o estrago.

Não vou mentir, eu  fiquei arrasada mesmo… É que a gente se acostuma com o cabelo de um jeito, no meu caso longo, loiro e lindo e, de repente, ele fica castanho, curtinho e detonado, o que, sinceramente, mexe com autoestima.

Depois do corte, a primeira providência, na ausência do Extreme-Up, que tinha acabado (lei de Murphy, sabe?), fiz imediatamente a reconstrução da L`Anza, que não é potente como a do Extreme-Up, mas era a mais indicada ali, porque o cabelo ficou poroso e duro, então achei que a reconstrução da L´Anza, que deixa o cabelo macio, seria a melhor opção.

Feita a reconstrução, ainda no salão, sequei e escovei o cabelo, com todo o cuidado do mundo, e só fui mexer três dias depois.

Segue no próximo post : Corte Químico: Como Recuperei Meu Cabelo em 50 Dias

Beijos

Ju Lopes

Meu Corte Químico: Cuidados Imediatos
5 (100%) 1 Voto

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

12 Comments
  1. Caramba, que estrago! Realmente nesses casos só tendo muita paciência e apelando pro tratamento do T… Tesoura! Que triste né?
    Uma vez uma “profissional” foi fazer progressiva em mim, e teve a brilhante ideia de passar relaxante na raiz… nem sei o que ela passou (fora isso) e ficou com esse aspecto das suas pontas, só que na raiz. Imagine minha cara de alegria. O cabelo ficou parecendo bombril por muito tempo, até crescer e eu conseguir cortar os lugares mais afetados, e ainda consegui recuperar outros… Mas que eu tive muita vontade de bater nela, ah eu tive 😀 hahaha

    Beijos e vou ver o próximo post haha

  2. Jú, isso aconteceu comigo também, só que a cagada foi maior. Você tem sorte de ter uma boa cabeleireira, e olha que como você mesma diz, você mora no “fim do mundo” rsrsrs. Eu moro no Grande ABC e até o momento (30 anos) estou a procura de um profissional qualificado, e olha que tem cabeleireiro que me orienta a fazer a progressiva com formol que assim alisa e “trata” o meu cabelo, não da nem para acreditar em pleno século XXI e na era digital. Bjs seu cabelo está lindo

  3. Ju, vc fez esse tal selamento no salao???
    Parabens pela disciplina, seu cabelo esta muito bonito!!!
    Abç

  4. Maiony Santos Costa Villano disse:

    Oi Ju,

    Adooooro seu site. Parabéns
    Gostaria de saber a fórmula daquele produto que faz crescer os cílios.
    Beijimmmm
    Maiony

  5. nossa , to passando por isso, meu cabelo ta horrivel, e eu ja gastei demais, só coisa boa e nao da jeito, to criando coragem pra cortar

  6. Amanda Kreves disse:

    Ju
    O que você pode fazer para restaurar seu cabelo é usar a linha Midollo de Bamboo da Alfaparf, ela possui extratos botânicos do miolo de bamboo associados às proteínas hidrolisadas em altíssimo percentual, e preciosos óleos minerais que alcançam as partes mais profundas do cabelo garantindo uma reparação nas três dimensões da estrutura:
    Os danos são reparados;
    A coesão entre a cutícula e a camada interna do fio é restabelecida;
    A superfície capilar é reforçada para um perfeito cabelo com elasticidade e um brilho fantástico.
    Com essa linha até os cabelos nas piores condições retornam a um ótimo estado, ficam fortes e brilhantes com resultados imediatamente vísiveis desde a primeira aplicação.

  7. NOssa, sei como é isso!

    Ju, a reconstrução extreme up, pode ser feita em casa?
    pq minha cabelereira nao utiliza essa da extreme up…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.