Pontas Secas e Raiz Oleosa: Como Tratar?

Cabelo que não se define entre o seco e o oleoso é um problema, porque né, bipolaridade capilar é difícil de tratar!

De modo geral, são os cabelos mistos que possuem como característica a raiz oleosa e as pontas secas, mas quem faz uso de químicas capilares, como luzes, progressivas, relaxamentos e alisamentos também acaba sofrendo com esse problema.

Todas as vezes em que fiz selagens, progressivas e similares a minha raiz, que sempre foi mais oleosa, ficou inacreditavelmente sebosa, e isso me deixa, literalmente, surtada, porque cabelo com dupla personalidade é demais para minha cabecinha jeca!

Por causa disso, tenho que lavar os fios todos os dias (a menos que queira parecer uma “sujismunda”!), o que, para quem tem a raiz oleosa é questão de sobrevivência, já que não lavar significa abrir as portas para a caspa e dermatites diversas, o que não é uma opção. Só que lavando todos os dias as pontas ficam ainda mais secas e espigadas.

Mas, como o problema principal é a oleosidade na raiz, é ele que precisa ser tratado primeiramente e só depois, com a raiz devidamente cuidada, é que se cuida das pontas.

Cabelos-Oleosos

Qual Shampoo Usar: Para Cabelos Secos ou Oleosos?

O que posso falar é do que funciona comigo, e comigo o que funciona é lavar a raiz com um shampoo para cabelos oleosos (o amarelinho da SEDA é ótimo e barato!), e da nuca para baixo com um shampoo mais hidratante ou nutritivo, que são os shampoos de tratamento.

E os shampoos para cabelos mistos? Existem MUITAS opções no mercado, mas, das que usei, nada deu muito certo, porque ou a raiz não fica boa ou as pontas ficam secas. Além disso, eles costumam pesar no meu cabelo. Se alguém conhecer algum que faça a magia, deixa nos coments, tá?

Depois de enxaguar bem o shampoo, é hora de aplicar um condicionador, para amaciar e selar as cutículas, mas ele não deve ser aplicado em todo o comprimento do cabelo, apenas nas pontas.

Cuidados Básicos

  • Parece besteira, mas a temperatura da água utilizada para lavar os fios influi diretamente na oleosidade dos fios. Por isso, nada de água muito quente, que aumenta o oleosidade!
  • Evite o esfrega esfrega no couro cabeludo, comum nas lavagens capilares,  pois isso estimula ainda mais a produção de sebo e, consequentemente, a oleosidade.
  • Nas pontas é sim permitido usar finalizadores, sem nenhum problema, mas eles não devem entrar em contato com a raiz.
  • Fazer umectações apenas nas pontas, para evitar o ressecamento, é uma ótima pedida. Umectação na raiz nem pensar!
  • Quando for usar o secador, evite a temperatura mais alta e não deixe que o ar quente fique muito próximo aos fios, já que o ar quente piora – e muito – a oleosidade.
  • Ao usar a chapinha, não dispensem protetor termoativado, sobretudo nas pontas, e evite passá-la na raiz, que tende a ficar mais oleosa ainda.
  • Faça do shampoo a seco seu melhor amigo! Eles disfarçam a oleosidade por algumas horas e deixam os fios com aparência de limpos.

Beijos

Ju Lopes

Saiba Mais