Nunca é tarde!

Reprodução

Meninas,

Vou falar um poquinho para vocês sobre superação. Muitas pessoas tem aquele pensamento de que está tarde demais para começar algo ou mesmo recomeçar e até mesmo mudar. A minha própria história é de superação, vou contar um pouquinho dela para vocês, pode ser que ajude alguém que esteja nesse caminho.

Eu em 2002 entrei na faculdade, fiz o curso de Desenho Industrial na Universidade Estácio de Sá no Rio de Janeiro, amava meus colegas e o que eu fazia, mas eu queria algo mais, queria entrar para uma Universidade Pública, esse era meu grande objetivo. Logo depois fiz uma prova de transferência para a Universidade de Brasília, passei por várias provas de conhecimento, português, matemática, análise de portifólio, entrevista e uma prova específica do curso. Lá tive que recomeçar o curso inteiro de desenho industrial, pois infelizmente não aceitaram muitas matérias que tinha feito na Estácio, fiz 7 semestres do curso quando notei que o curso não me satisfazia mais. Começei a ir para a faculdade com uma má vontade enorme e aquilo estava me fazendo mal. Falar para os meus pais que eu queria mudar de curso era um grande medo que eu tinha. Nessa época eu estava com 26 anos e para mim ter que recomeçar tudo era um peso e uma preocupação, pois me via muito “velha” para recomeçar. Eu passei a ver o curso de Design como um hobby e foi ai que decidi fazer algumas matérias de outro curso. Fiz algumas matérias do curso de Administração como Marketing, Introdução a Administração e Cálculo, conversei com alguns professores e decidi trancar o curso de Design e partir para a Administração em outra faculdade.

Digo uma coisa para vocês quando fui para outra faculdade e fiz outro curso, tudo mudou. A minha motivação mudou, eu estava super feliz de estar ali a idade pouco me importava, muitas pessoas se assustavam ao ouvir de mim que eu larguei uma Universidade Pública e um curso que estava quase no fim para me dedicar a outra coisa completamente distinta. Em contrapartida eles me elogiavam pela minha dedicação ao curso. Eu chegava sempre mais cedo para estudar, fazia os trabalhos com a maior dedicação e isso foi sendo notado pelos próprios professores eu recebia cada elogio com muito orgulho e vi durante os 4 anos de curso que fiz a escolha e a troca certa.

Hoje tenho 30 anos e um ano que sou formada em Adm, me orgulho pela vontade e pela garra de ter seguido o caminho que eu escolhi de ter ido atrás do que eu realmente gosto. Sou apaixonada, dedicada, empenhada no que faço.

Fica a dica para vocês que nunca é tarde para recomeçar ou mesmo começar alguma atividade que você queria. Escutem sempre as vontades e desejos de vocês e sigam em frente. A vida é curta demais para deixarmos passar as oportunidades.

Até me emocionei com esse post gente, é bom a gente ver que venceu, não é?!!!

Um beijo grande,

Raquel Assunção

 

Nunca é tarde!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

4 Comments
  1. Adorei sua história.
    Eu tive desanimada no meio da facul, mas mesmo assim concluí o curso de Letras.
    Vi que não é pra mim.. e estou decidida fazer uma pós graduação em uma área totalmente diferente da que estudei durante 3 anos.
    Tudo é valido, nada é perdido, por mais que alguem tenha desistido no meio, no começo, ou no fim… sempre tem algo que aprendemos e levamos conosco pelo resto da vida.
    Com certeza, nunca é tarde pra recomeçar.

    bjs

  2. Também me emocionei com a história é exatamente o que estou passando nesse momento, trancando enfermagem no setimo periodo pra me dedicar a outra profissao, desde o quarto periodo que estava insatisfeita com o curso mas nao sabia como falar pra minha familia que morriam de orgulho por isso. Sei que os decepcionei com a minha decisão, mas espero um dia poder provar pra eles que eu estava certa na decisão, e ter um sucesso profissional e pessoal assim como vc.
    Abraços e obrigada pelo post!!

  3. Amei seu post, raquel! Estou quase na mesma situação! Estou indo para o 6º período de odonto e vou tentar reopção para matemática computacional! Amo números! Minha história é parecida com a da Rah: desde o 4º, em que comecei a atender nas clínicas, eu não gostava. Agora que reconheci que não era a minha e assumi, meus pais não gostaram muito (acho que tinham orgulho também) e o restante da família também não vai gostar! Espero também provar para todos, e especialmente para mim que eu estava certa! Abraços e sucesso!!

  4. Estou passando por isso nesse momento… Estou no 4 periodo de fisioterapia e nao gosto de nada desse curso… Ja faz um ano mais ou mebos q tenho me interessado no curso de direito,e cabei de falar com meus pais isso. Sinto q eles ficaram decepcionados,mais eu nao vou a prumeira e nem a ultima a acontecer isso… Espero q esteja fazendo a escolha certa,e que eu sejr bem sucedida nesse novo curso… Mais no momento estou triste de ter decepcionado meu apois

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.