Óleo de Cártamo Emagrece?

O óleo de cártamo,  extraído da  Carthamus Tinctorius L., é um óleo rico em ativos antioxidantes e ácidos graxos essenciais (ômega 6 e ômega 9)., que possui o poder de promover mais saciedade, já que aumenta os níveis de leptina, que é um hormônio resistente nas pessoas que estão acima do peso.

Por isso, têm-se que o óleo de cártamo ajuda na redução do apetite, na quebra (lipólise) e queima (oxidação) de gordura, o que, é lógico, ajuda nos processos de emagrecimento.

Benefícios Para a Saúde

Além de ajudar a emagrecer, o óleo de cártamo  faz bem à saúde, já que aumenta o bom colesterol (HDL), a massa magra, previne a diabetes tipo 2, evita o envelhecimento celular (contém vitamina E, que é antioxidante) e minimiza o risco de arteriosclerose.

Cuidado!

Mas, antes de sair correndo atrás de um potinho cheio de cápsulas desse óleo, vale lembrar que é preciso tomar alguns cuidados, além de, é claro, fazer exercícios físicos e ter uma dieta equilibrada.

O ômega-6 é um ácido linoleico que, além de proteger contra o câncer e diabetes tipo 2, está relacionado a redução da gordura estocada no organismo e ao aumento de massa muscular.

O problema aqui é que o ômega-6,que consumimos muito (está presente na carne vermelha, peixes e soja), para gerar todos os benefícios descritos, precisa estar em equilíbrio com o ômega-3, que consumimos pouco, pois, caso contrário, favorece uma inflamação orgânica que levam dentre outras coisas, a obesidade, a resistência insulínica, ao câncer e  doenças cardiovasculares.

É por isso que o ideal é que um profissional indique e acompanhe a suplementação de óleo de cártamo, pois, em muitos casos,  é preciso fazer conjuntamente a suplementação de ômega 3.

Quem Pode Consumir?

O óleo de cártamo pode ser ingerido por qualquer pessoa, em qualquer idade, desde que em quantidades moderadas.

Entretanto, gestantes, lactantes, diabéticos e crianças só devem consumir esse produto com acompanhamento e indicação médica.

Como Consumir?

A forma mais fácil de consumo é em cápsulas, mas pode também ser utilizado para preparar alimentos e  “temperar” saladas, substituindo, por exemplo, o azeite de oliva, já que possui um sabor doce e suave.

No caso das cápsulas, o ideal é que seja ingerida uma cápsula meia hora antes das principais refeições.

De modo geral, é um produto bem tolerado, mas quem tem síndrome metabólica precisa evitar o consumo.

Qual Comprar?

Aqui começa um problema enorme, porque, como acontece com todo produto que “entra na moda”, vários lugares começam a vender o produto sem atender as especificações da Anvisa, o que é complicadíssimo.

É preciso ver se o produto possui o selo da Anvisa, analisar a procedência e observar se o produto a ser comprado está ou não dentro das normas estabelecidas. Essa é a parte fácil, é só olhar no rótulo se a quantidade de ácido linoleico ( ou CLA ou ALC) é maior ou menor que 70% . Se for maior que 70% da composição do produto, não leve pra casa, pois está fora dos padrões estabelecidos pela Anvisa e pode causar danos.

Beijos

Ju Lopes

ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Dieta para 2013 - Parte II
Frutas Que Eliminam A Gordura!
Tags: ,

Faça seu comentário aqui

RSS 2.0

5 respostas para “Óleo de Cártamo Emagrece?”

  1. Lorrany disse:

    Juuu, eu vou começar a tomar o meu amanhã, depois conto o resultado pra vocês, no momento estou com 57kg!!
    Beijooos

  2. Daiana disse:

    Minha nutricionista alertou sobre esses óleos, principalmente o de côco. Ela disse que em determinadas pessoas ele causa acumulo de gordura no fígado, uma doença perigosa. Não da pra sair tomando sem orientação!

  3. Jason disse:

    Minha namorada toma óleo de cártamo e está muito feliz com os resultados. Ela perdeu 2kg em 1 mês, nada milagroso, mas é ótimo para quem quer algo natural.
    Até agora, não teve nenhum efeito colateral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.