in

Aborto de Anencéfalos

Mais um post que não tem muito a ver com a temática do blog, mas que tem a ver com as nossas vidas, já que somos mulheres e, portanto, as mais atingidas nesses casos.

Esse é um tema que me interessa bastante, pois foi o tema da minha monografia de final de curso ( quem quiser o PDF basta me pedir por e-mail, tá?).

Falar sobre anencefalia, pra mim, é falar sobre dignidade, direito  e medicina. Religião fica de fora pelo simples fato de ser este um país laico e, portanto, que não deve ter suas decisões jurídicas pautadas em parâmetros religiosos, embora se saiba que a criminalização do aborto, neste país, é fruto de uma orientação social fortemente calcada em parâmetros religiosos.

aborto por anencefalia - Aborto de Anencéfalos
Foto: Reprodução

Para quem não sabe, a anencefalia é uma condição TOTALMENTE incompatível com a vida humana. Não há vida em potencial, então, não há que se falar sequer em aborto, já que o aborto é um crime contra a vida humana e pressupõe, logicamente, uma vida. Se não há vida, não há bem jurídico a ser tutelado, e, portanto, não há crime.

O que ocorre, nesse caso, e a interrupção terapêutica do parto, para resguardar a saúde física e psicológica da gestante, além da sua dignidade.

Sim, uma gravidez de feto anencéfalo, além de não ter fim que a justifique, já que o fato nascerá morto ou morrerá em pouco tempo, põe em risco a saúde da mãe. Não só a saúde física, mas também a saúde psíquica, já que carregar em si um filho que se sabe que não viverá é uma tortura.

Uma gravidez deve ser sempre motivo de felicidade, de celebração da vida e não a constatação da morte anunciada.

Obrigar uma mulher a carregar dentro de si um feto que sabe-se, com absoluta certeza, que não tem vida é exigir o inexigível, e um sistema judicial que exige o inexigível carece de legitimidade.

Defender o direito de interromper a gestação nesse caso é respeitar a dignidade da gestante, bem como sua vida e saúde.

 Respeitar esse direito não dignifica que todas as mulheres que passarem por essa situação deverão antecipar o parto,  significa tão somente que existirá o direito de escolha.

Espero, de verdade, que esse julgamento seja a vitória da dignidade e do bom senso!

Beijos

Ju

julianalopes@patricinhaesperta.com.br

Escrito por Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza.

Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima. Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

untitled1 - Ração Humana Emagrece?

Ração Humana Emagrece?

divas avril lavgine topetes penteado cabelo hair famosas moda fashion famous celebridades como usar tendencia trends 2 - A moda agora é...topete!!!

A moda agora é…topete!!!