Atitudes erradas capazes de destruir qualquer relacionamento amoroso

VER + DICAS

Atitudes erradas capazes de destruir qualquer relacionamento amoroso

Atitudes erradas

Atitudes erradas capazes de destruir qualquer relacionamento amoroso

Você está procurando uma receita pronta para fazer um relacionamento dar certo? Infelizmente você não vai encontrar, porque não existe. Mas, sim, existem algumas atitudes erradas que podem esfriar o romance e dificultar muito o relacionamento a dois. São consideradas verdadeiras vilãs do amor.

Muitos são os conflitos no relacionamento que surgem a partir de interpretações distorcidas das ações da pessoa amada. São atitudes impensadas, às vezes involuntárias, incontroláveis, pensamentos que ocorrem em uma fração de segundos e que, se o casal não souber questioná-los, pode trazer graves prejuízos ao namoro, noivado e ao casamento.

O ciúme excessivo pode destruir um relacionamento

Quando amamos verdadeiramente alguém, sentir um pouco de ciúme é considerado normal. Entretanto o sinal fica vermelho a partir do momento que passa a ser uma preocupação constante. Se você, por exemplo, é uma pessoa que passa a maior parte do tempo preocupando-se com quem o seu parceiro conversa, onde ele está ou até mesmo o que ele está vestindo, isso é um alerta de que algo está errado.

Geralmente essa relação de dependência emocional que provoca ciúme exagerado nunca acaba bem. Pessoas que tem esse comportamento não admitem a ideia de que o seu parceiro tenha outros interesses além delas. Querem exclusividade na vida do outro. Comportamentos como este destrói qualquer relacionamento.

A comunicação agressiva impede o diálogo e destrói relacionamentos

A falta de uma comunicação assertiva é outro fator que merece atenção, pode pôr fim a um relacionamento amoroso. Afinal, é o diálogo que garante o entendimento e a superação dos desafios na vida a dois. Se o casal não consegue conversar sobre os próprios interesses, sem gerar agressividade, ou entender e comunicar os sentimentos para o outro, sem gerar acusações, então é sinal de que o relacionamento está por um fio.

Você é uma pessoa que impede através do seu comportamento que o seu parceiro faça uma crítica, você fecha o acesso e impede a comunicação? Então é melhor você repensar essas atitudes erradas para evitar destruir o relacionamento. A única maneira de superar dificuldades e permanecer juntos é estar aberta ao diálogo, sem conflitos. Se você sente que conversar é uma dificuldade o primeiro passo é fazer exercícios para transformar essa situação.

Cuidado com a interferência familiar no relacionamento do casal

A sua família ou a família do seu namorado, noivo ou marido costuma interferir no relacionamento amoroso de vocês? Então, fique atenta. Quando um dos dois permite essa interferência pode virar um problema difícil de ser resolvido. Sabe por que? Se o outro tenta impedir pode parecer uma ofensa. Isso pode gerar conflito entre o casal. Frase como: “você ama muito mais a sua mãe do que a mim” pode vir à tona, um grande passo para desavenças. Assim, a dica é: cuidar dos familiares é importante, porém é necessário separar o que pertence à intimidade do casal. É preciso limites.

A mentira e a deslealdade podem quebrar a confiança e destruir um relacionamento amoroso

Vale lembrar que a deslealdade não é apenas traição amorosa. Esse comportamento vai depender de como o relacionamento está configurado. Pode ser a infidelidade conjugal, financeira ou de qualquer outra atividade. E dependendo da importância que a pessoa dá a essa deslealdade ela pode virar um grande problema, deixar uma mágoa grande e quebrar a confiança. Negociar e ter sempre muito claro o que um espera do outro é o caminho para evitar o rompimento do relacionamento amoroso.

O sentimento de desigualdade faz mal para o relacionamento do casal

Você tem o sentimento de que nesta relação faz muito mais do que o seu parceiro? Se você não tiver cuidado, ele pode crescer a ponto de destruir a convivência do casal. Quando um dos dois pensa que o outro não faz tanto quanto ele, seja para manter o erotismo, o relacionamento, a ordem na casa ou nos direitos e deveres, o resultado é ruim. Essa desigualdade de papeis e de investimento na relação, gera muita frustração e pode diminuir aos poucos o amor entre o casal. Às vezes pode até nem virar briga. Acontece silenciosamente…

Querer mudar o outro é um erro que pode influenciar no relacionamento

E quem nunca cometeu o erro de iniciar um namoro com a esperança de que aquele detalhe no comportamento do outro mude com o tempo? Aconteceu com você? Provavelmente a sua conclusão é que na prática, isso raramente acontece. E o pior, só traz conflito. Esse, geralmente, é um dos maiores problemas no que diz respeito a relacionamento amoroso. Muita gente acredita que depois que começar o namoro ou depois do casamento vai ser diferente, e provavelmente isso não acontecerá. Para dar certo é preciso aceitar a personalidade e a essência do outro, ou pular fora.

Algumas dicas práticas para manter um relacionamento saudável

  • Detenha-se aos fatos: controle a sua imaginação e caso não encontre provas concretas de que algo corresponde à realidade, não tome isso como verdade.

  • Busque analisar os fatos de maneira integral.

  • Evite as generalizações exageradas.

  • Questione suas conclusões, às vezes, você pode estar com atitudes erradas.

  • Lembre-se: você não possui superpoderes! Tiver dúvidas, pergunte. O diálogo é sempre melhor do que julgar.

 

VER + DICAS
Saiba Mais

#QUEROMUITO

A NOSSA LOJA ONLINE
 Oferta de 30% Progressivas
QUEROMUITO