Cinquenta Tons de Cinza : O Chato!

Eu sempre estimulei a leitura por aqui, e leio de tudo, de Paulo Coelho a Nietzsche, passando pelo Osho, Jorge amado e rótulo de shampoo, e isso sem o mínimo preconceito.

Mas confesso que fiquei  surpresa com o sucesso de Cinquenta Tons de Cinza, livro que já vendeu mais de 40 milhões de cópias ao redor do mundo.

A qualidade literária é duvidosa, pra dizer o mínimo, mas Paulo Coelho também é  e vende milhões de livros ao redor do mundo, então não “ataco” por esse ângulo.

O que eu não gostei, e vocês tem todo o direito de discordar, lógico, é que mais parece um daqueles romances  da série “Sabrina”: infantil demais, conto de fadas demais, fora da realidade demais, superficial demais, simples ( no sentindo ruim) demais, previsível demais e bobo demais.

É um  “Crepúsculo” erotizado, sabe?

Um conto de fadas erótico é a melhor definição pra esse “sucesso editorial”.

E talvez por isso faça tanto sucesso, já que, assim como os livros da série Crepúsculo, é um livro fácil de ler e de entender, além de contar histórias bonitinhas que envolvem um tema que, ainda hoje, em pleno 2012,  é tabu: sexo!

Não entendo, de verdade, como, ainda hoje, isso pode ser tabu e as pessoas podem se reprimir tanto por uma coisa absolutamente natural.

Talvez, também por isso, o livro seja um fenômeno mundial, já que fala do assunto de forma superficial, simples e aberta, o que sempre desperta curiosidade.

A personagem principal me parece ingênua e fora da realidade demais  para uma mulher de vinte e poucos anos, e o personagem principal me parece neurótico demais, coisa que nunca me interessa ( aliás, já dizia Freud que toda neurose é causada pela repressão do desejo sexual…Seria ele um grande reprimido? Porque neurótico ele é com certeza!)

Além disso, e da linguagem ser infantil e do livro ser uma versão erotizada de Crepúsculo,  os trechos “sexuais” são extremamente descritivos, e isso é muito chato.

O ponto louvável do livro é mostrar uma protagonista, ainda que infantil e imatura demais pra idade, que se interessa por sexo e que não tende a limitar seus impulsos sexuais, o que é muito raro. Daí em diante, tudo fica chato!

Sim, a narrativa é fraca, chata, incoerente, repetitiva e lenta.

Ops, pra quem gosta de livros do tipo, posso indicar vários, muito melhores, mais interessantes e bem escritos!

Beijos e bom domingo!

Beijos

Ju Lopes

Cinquenta Tons de Cinza : O Chato!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

40 Comments
  1. Joseane Gomes Marques disse:

    Faço das suas palavras, as minhas!
    Pra quem leu Crepúsculo, sabe que muitas citações de 50 Tons de Cinza são idênticas as de Crepúsculo. E Crepúsculo é um livro para adolescentes que ainda acham que vão encontrar o príncipe encanto, rico e lindo.
    50 Tons de Cinza, faz as mulheres que o lêem, regredir para a adolescencia, tempo em que elas acreditavam em contos de fada.
    Esse livro não passa de uma “Fanfic” que teve sorte, por um editora ter lido ela, e se interessado.

  2. MONICA FRANGETTO DE JARDIN disse:

    Concordo em gênero, número e grau. Numa época de inúmeras transformações em todos os níveis, há pessoas que ainda perdem tempo lendo um assunto que não deveria ser mais tabu, que é do foro íntimo de cada um e que, no livro, foge completamente da realidade, “emburrecendo” mulheres que ainda sonham com homens irreais.Vamos falar sobre homens possíveis, com vidas possíveis em relacionamentos possíveis??

  3. Querida Ju

    Parabéns!!! e
    Eu nem consegui terminar o livro de tão tosco, mal escrito,,,, ai..perda de tempo, cade as revistinhas do cebolinha com a monica/?????
    Ou o pessoal ta carente de um bom sexo, ou infelizmente e o pior, nosso nivel de leitura esta abaixo de zero.
    Mas porque será que ainda as meninas, mulheres, senhoras…. ainda esperam um principe encantado e ainda desejam ser submissas????

    Sera que a evolução da raça parou em nos anos de 1500?
    Nada de diferente dos anos de henrique VIII, que por sinal vale muito mais a pena ler. tem sexo, tem historia , tem verdade.
    ai meninas, acordem!!!!!!!!!
    roberta

  4. Gente!!
    Livros, assim como filmes e novelas… não precisam ser realistas.
    O objetivo é a pessoa se divertir com o entretenimento. Adoro comédias românticas, são super gostosas de assistir, mas isso não significa que eu sonhe com príncipe encantado!! Acho as descrições de sexo muito sensuais e nada agressivas.
    Gostei e recomendo, assim como vários outros livros.
    Bjs

  5. Nossa! Finalmente achei alguém que concorde comigo! Ate hoje to boba com o sucesso que esse livro chatooooo vem fazendo. Tipo q eu leio um livro em 2 dias, mas esse demorei 2 meses pra ler e metade e to morrendo de preguiça de ler o resto. Achei as descrições pobres, a tal protagonista sem sal e boba demais e o tal Cristian um homem q nao existe. E se existe no mínimo deve ser psicopata ou com vários traumas. Sem falar q o tema sexo parece ate algo suuuuuper inovador pra todo mundo ficar tão impressionado assim. Como vc disse Ju, o diferencial do livro eh só a leitura Facil mesmo. Por isso esta fazendo tanto sucesso. Nao eh a toa q admiro suas opiniões sobre tudo, como quando falou sobre o lado bom da vida de solteira (e olha q eu nunca tinha pensado dessa forma). Vc esta de parabens! Assino sua newsletter pra ficar de olho no q vc publica. O único problema eh q da vontade de ler tudo!!!! 🙂

    1. Dani, linda, obrigadaaaa!

      Pois é, penso assim também…Ahhh, e quanto a vida de solteira, tem o lado bom , e bem bom, mesmo!

      Beijo enorme!

  6. Annelize Lima disse:

    Concordo com a menina ali em cima, ngm quer ler um livro sobre a pobreza ou da menina que se apaixona por um pobre bonito! De tristeza e realidade chata, basta nossas vidas… Conto de fadas??? Me desculpa mais nem por nada gostaria de passar oque ela passou… E esse assunto é delicado, e até achei que foi escrito de uma maneira bem branda, até por que S&M é um desvio sexual….

    E repito oque minha mãe SEMPRE me disse, saber de sexo NUNCa é demais, até por que quem é casada sabe que papai e mamãe não segura marido por muito tempo hehehehe 😀

    Gostei e recomendo! Principalmente para as puritanas heuehieuhei

  7. Concordo totalmente com você!
    Não me interessei pela história. Sei, que muita gente gostou, mas acho que muitos livros por ai seriam bem mais interessantes e gostosos de se ler!

    Beijos ;*

  8. Eu gostei! Li os dois! Tem um enrredo bom! Embora a autora se perca e repita jargões como Minha Deusa interior! Mas eu li e gostei!

  9. Já li e não entendo o porquê de tanta euforia com esse livro… não gostei realmente.
    Ju indica pra gente livros desse gênero que sejam realmente bons!!

  10. Eu vi todo mundo comentando e quando a Martika falou q tinha a versão em pdf eu pedi e li, estou terminando o 3º. Realmente me faz lembrar de Sabrina, Julia e Bianca. Apesar de não curtir muito ler romances por sempre lembrar que o homem real de longe lembra o ficcional, mas eu gostei… de vez em qdo é bom se iludir kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  11. Ju.. Esse livro lembra muito aqueles pocket’s com nome de mulheres (Jéssica, Bianca, Sabrina…) Onde eles tentam erotizar mas nunca conseguem, sempre tem uma utopia no meio de tudo… E acredito que cinquenta tons de cinza esteja tendo essa repercussão toda por conta do tabu mesmo e por ter um “Q” de conto de fadas né?!… Adorei sua resenha sobre ele!!

  12. Disse tudo, Ju!

    Também sou leitora voraz e achei o livro péssimo. Li pela curiosidade, mas achei a ingenuidade da mocinha e as neuroses do mocinho ridiculas. Não sei se o problema foi da tradução ou mesmo da escrita, mas o texto é pobre, cheio de expressões repetitivas e clichês. Como não coheço Crepusculo, não posso comparar.

    Mas, por outro lado, acho que as mulheres com 40 anos ou mais têm muito mais pudores em tratar destes assuntos do que a nossa geração (tenho 27 anos). Por isso mesmo, o livro é sucesso com a classe das chamadas “titias”. Permite que as mulheres leiam abertamente sobre sexo e possam (re)pensar sua sexualidade.

    O que pra nossa geração é comum e natural, pra gerações anteriores é a quebra de um tabu que envolve falar abertamente sobre sexo e assumir o papel de mulher que busca cohecer seu corpo e ter prazer.

  13. Ah, Ju, que post sobre a vida de solteira é este??
    Fiquei curiosa.. Estou sempre aqui e não me lmebro deste…rs

  14. Eu concordo totalmente com vc, já li os dois primeiros livros da trilogia, e que horror, esperava bem mais, já que esse livro é a sensação do momento, já que não se fala em outra coisa. Acho que tem muito mais marketing por trás do que realmente uma boa obra literária.
    Sinceramente não gostei!

  15. Olha, eu nenhum momento esse livro despertou meu interesse, e nem vendo tanta gente comentando sobre ele, tanto blog com seus posts de mesmo tema. Tipo, parece que todo mundo tá só lendo esse livro.
    E se mesmo diante de tudo isso ele não despertou meu interesse, agora depois de ler meu post me interessei menos ainda.

    Então flor, to com você!!!
    Beijos
    http://www.patricinhaid.com

  16. Gente, mas o livro é uma Fanfic do Crepúsculo, ou vocês não sabiam.

  17. Oi Ju! Vc foi bem direta no que disse hein?
    Bom, eu li o livro e gostei… Detesto romance e, quando comecei a ler, tive vontade de parar. Mais para o meio, fiquei até interessada! Me fez lembrar de quando era adolescente e tinha paixonites pelos caras mais impossíveis do mundo… E me fez lembrar minha primeira transa, já que eu era inexperiente demais! Tirando isso, quando eu soube que escritora se inspirou em Crepúsculo para escrever o livro, fiquei muito desapontada, já que detesto romance tipo água-com-açúcar que ainda envolve vampiros que brilham sob o sol! Já li um livro bem parecido com esse, só que bem menos amor e bem mais sexo. Se chama “Cem escovadas antes de ir para a cama”… E acabei comparando sabe? De qualquer forma, gosto é gosto e acho que por justamente ter leitura fácil virou best-seller né?
    Gostei e concordei com seu ponto de vista sobre o livro ter muitos detalhes sobre as aventuras dos personagens: monótono. Mas, como disse: gostei por me fazer lembrar coisas que já passei quando era mais nova! Por isso eu indico… 🙂

    1. Oi Sa,

      rsrsrs Pois é, tenho que ser mais “dosada” né? Mas olha, é que achei assim… Tirando as partes de sexo, é livro pra adolescente mesmo… Cem escovadas é bem mais interessante , assim como a Vida Sexual de Catherine M., porque são livros de adultos, não são livros de adulto com linguagem infantil!

      Beijoss

  18. Vc podia indicar livros nesses estilo! Digo, para adultos rsrsrs.

  19. Olá Jú,

    Discordo de você…
    na minha opinião é um livro interessante para quem realmente gosta de um romance. È uma leitura viciante que te prende, eu já li os dois volumes e estou ansiosa para ler o terceiro livro.

  20. Vc tem todo direito de não gostar do livro, mas achei muito deselegante a forma que vc criticou o grande sucesso do momento. Sempre tem a galera do contra pra falar mal, criticar severamente. Eu amei o romance, fiquei apaixonada pelo Sr. Grey, que é a grande sensação do livro. Pronto falei!!!!!