O que você é? O que você quer ser?

VER + DICAS

O que você é afinal de contas?

O que você é?

O que você é? O que você quer ser?

Já ouviram falar ou já pararam para pensar que quando pedimos algo a alguém que não tem tanta coisa para fazer na vida, essa coisa raramente sai ou acontece? E que quando pedimos essa mesma coisa para alguém que é cheia de compromissos e responsabilidades, o seu pedido é atendido, na maioria das vezes? Afinal você sabe o que você é hoje para as pessoas?

As pessoas que fazem tudo

Nós temos 24 horas durante os nossos dias, digamos que 8 horas usamos para dormir, mais 8 horas para trabalhar, e mais algumas horas para estudar. Ou quem sabe, trabalhar mais que estudar. Estudar mais que trabalhar. Cada um é diferente um do outro. E nos restam algumas horas para as refeições e o descanso.

Se esse tempo é grande ou pequeno, vai depender do ponto do referencial. Do seu ponto de vista. Você pode conseguir fazer tudo ou a maioria das coisas que deseja nesse tempo, só vai depender de você.

E é impressionante, é só olhar para os nossos pais (mais as mães), que fazem várias coisas ao mesmo tempo, todos os dias e sempre fazendo mais e mais. Eles estão sempre aceitando – despropositalmente – novas responsabilidades. Responsabilidades inclusive, oferecidas pelos filhos.

A questão é, o que você é, que decide quando é capaz de realizar tudo que deseja? É assim que as coisas vão acontecendo. O Universo vai dando uma forcinha para aquilo acontecer e PUF! Acontece.

Quando começamos aceitar as oportunidades que aparentemente aparecem do nada, nós estamos tendo condições de exteriorizar nossa capacidade infinita. Que nós temos real.

As pessoas que costumam “não fazer nada”

Não fazer nada, isto é, o grosso modo de dizer que a pessoa não costuma assumir tantas responsabilidades e compromissos para si e para com as outras pessoas. Então, o que você é? Já que não tem o costume de fazer muitas coisas durante o dia, também não estão acostumados a entregar as coisas no prazo, estabelecer prazos, etc.

Elas vão enrolar de uma tal maneira que você vai até desistir do pedido, ou nunca mais vai pedir porque sabe que ela não estará disponível.

O planejamento

O que diferencia as pessoas que fazem para as que não fazem, é o planejamento. Às vezes a pessoa está atolada de coisa, mas você decide mesmo assim pedir um favor. Ela vai fazer, talvez te entregue até antes só para livrar logo da responsabilidade, mas provavelmente vai fazer.

O que você é?

E você? Costuma ser aquele tipo de mulher que foge das oportunidades que o Universo (e/ ou Deus, para quem acredita) coloca na sua frente? Ou é aquela tipo as nossas mães, que vai firme para cima de tudo que aparece? É aí que está! O que você é?

Se todo mundo é capaz como dizem por aí, porque também não podemos fazer coisas? E se for preciso dormir menos, que seja. O resultado vai ter a mesma proporção que o nosso esforço, então, independentemente se tudo o que você faz agora é só para continuar sobrevivendo ou se é para realizar algo o futuro, saiba que pode acontecer sim. E isso, só vai depender de quem você é, o que você é hoje.

O que você tentou?

Uma vez eu ouvi dizer e acredito que você também já tenha ouvido que “não importa por onde começamos, mas sim que comecemos.” A mesma coisa aqui, não importa o que deu certo ou errado, importa o que você tentou fazer. Isso sim é importante. Partindo desse princípio fica muito mais fácil você ver pelo lado positivo dos acontecimentos.

Só não vale falar que vai fazer um monte de coisa e não mover uma palha sequer para que aquilo aconteça. “O resultado vai ter a mesma proporção que o nosso esforço.”

Para esse ano, o que você vai realmente fazer?

E então, para esse ano que ainda está no começo, o que você decidiu fazer? Isto é, quantas responsabilidades você assumiu? Só assumindo para você ver o quão longe conseguirá chegar. E se por acaso você sentir que “a oportunidade não aparece”, vá em busca dela. Mas busque mesmo, sem medo. Sem que importe sua idade, olhe para a jovem mulher que tem dentro de você. Para aquela jovem que quer sim mudar o mundo, ou que quer ter o mundo em seu coração.

O mais importante, e também, motivo do texto, é lembrar o quanto nós precisamos dessas responsabilidades para viver. Uma vida sem objetivos, é uma vida que nãofoi vivida do melhor jeito. E não que existam jeitos certos ou errados de se viver. Mas nós sabemos que é muito melhor acordar e levantar todos os dias pensando em algo extraordinário que vamos fazer acontecer, que queremos que aconteça ou que sabemos que logo vai acontecer.

Essa é a graça! Então, prometa para nós, do Patricinha Esperta, de que quando fechar esta janela, você irá se responsabilizar mais pelas coisas e tomar a frente das situações de hoje em diante. Promete?

VER + DICAS
Saiba Mais

#QUEROMUITO

A NOSSA LOJA ONLINE
 Oferta de 30% Progressivas
QUEROMUITO