Os perigos do álcool

Sobre Kalina Amaro

Kalina Amaro - É jornalista, blogueira, louca por cosméticos e compras. Dedica a sua vida à produção de conteúdos sobre cabelos e beleza.

Visite Minha Página
VER + DICAS

Kalina Amaro: kalina@patricinhaesperta.com.br

Anunciar: anuncie@mulhernetwork.com.br

Administrativo: natielileal@mulhernetwork.com.br

Blogueira: contato@mulhernetwork.com.br

Ou ligue

019 – 41413709

Oi meninas!!

Finalmente o fim de semana chegou! Chegou a hora de descarregar o estresse da semana e nada melhor do que dar aquela voltinha com o companheiro ou ir àquela mega festa com as amigas e beber algumas cervejinhas. Ooopa! Meninas, cuidado com o álcool em excesso viu, pois o álcool é um grande vilão da saúde da mulher.

Quando as mulheres se tornaram independentes e ingressaram no mercado de trabalho, elas começaram a sofrer pressões, cobranças e sobrecarga de papéis. Assim, o uso do álcool como válvula de escape do estresse deixou de ser um mal exclusivo do homem e passou a fazer parte do cotidiano feminino. Além disso, com o tempo, o álcool foi se tornando o principal meio de aceitação social, por isso a idéia de que é normal beber “socialmente”.

Nas mulheres, o uso de álcool está fortemente ligado ao afeto, tentando aliviar estresse, sintomas depressivos ou até mesmo deixar a timidez de lado e se sentir mais desinibida diante das pessoas. A cada ano aumenta a quantidade de mulheres que bebem excessivamente e, o pior de tudo, cada vez mais cedo.

É claro que as mulheres podem agüentar beber a mesma quantidade de álcool que os homens, mas os efeitos são muito, muito piores na mulher, pois o corpo feminino possui menos água, assim o álcool fica mais concentrado no sangue, favorecendo o agravamento dos efeitos. Além disso, a mulher possui mais tecido gorduroso e sofre variações hormonais e na absorção do álcool no período menstrual. Tudo isso faz com que a mulher fique embriagada mais rápido que o homem.

Sem falar que, como já disse no post passado, as mulheres são mais suscetíveis à depressão e muitas delas fazem uso do álcool, piorando ainda mais os sintomas. Sabe quando depois que você já está bem bêbada e bate aquela deprê, aquele choro? Isso acontece por que o álcool é uma substância depressora do sistema nervoso central.

Quanto à saúde, mulheres que bebem em excesso estão muito mais sujeitas a problemas hepáticos, câncer de mama, abusos sexuais, sexo desprotegido, violência, efeitos negativos sobre o casamento, o desenvolvimento dos filhos e até mesmo provocar uma queda no desempenho no trabalho.

Então meninas, se divirtam sem excessos. Nada é mais divertido do que ter a vida inteira pela frente com muita saúde!

 

Amanda

Amandacarvalho@patricinhaesperta.com.br

Sobre Kalina Amaro

Kalina Amaro - É jornalista, blogueira, louca por cosméticos e compras. Dedica a sua vida à produção de conteúdos sobre cabelos e beleza.

Visite Minha Página
VER + DICAS

Kalina Amaro: kalina@patricinhaesperta.com.br

Anunciar: anuncie@mulhernetwork.com.br

Administrativo: natielileal@mulhernetwork.com.br

Blogueira: contato@mulhernetwork.com.br

Ou ligue

019 – 41413709

Saiba Mais

#QUEROMUITO

A NOSSA LOJA ONLINE
 Oferta de 30% Progressivas
QUEROMUITO