Câncer de Pele – Você Sabe Identificar?

Saiba identificar o Câncer de Pele

Câncer de Pele
Câncer de Pele – Você Sabe Identificar?

Uma doença grave como o câncer de pele já atinge cerca de 25% das pessoas no Brasil. Para que o tratamento seja eficaz é importante que você comece a cuidar desde cedo de sua pele, por isso, saiba quando é o momento ideal de visitar o dermatologista para que não seja tarde demais.

Pele Clara

Para aquelas pessoas que possuem a pele clara, o cuidado é fundamental. Quando essas pessoas são expostas ao sol, o bronzeado demora para aparecer, justamente por terem poucas células chamadas melanócitos. Como as pessoas com pele branca possuem pouca melanina, quando estão expostas ao sol terão maiores possibilidades de danos a pele, o que pode ocasionar manchas e até mesmo envelhecimento precoce.

Por isso, as pessoas com a pele clara precisam de visitas regulares ao dermatologista para que tenham a certeza que a pele estará sempre ok.

Sardas

Para as pessoas que, além de possuir a pele clara, ainda possuem sardas, o cuidado precisa ser ainda maior.

Primeiro, precisamos entender que não necessariamente quem tem sardas desenvolverá câncer de pele, apenas que o risco é maior quando são expostas ao sol, justamente por terem a pele mais sensível do que as outras pessoas.

Por isso, quem possui sardas precisa se proteger sempre do sol e, seria interessante, marcar uma consulta no dermatologista para conferir se está tudo bem com a pele.

Radiação ultravioleta que penetra na pele tem efeito cumulativo

Pintas

Outro cuidado que precisa ser tomado e que as pessoas precisam ficar atentas, é o fato do corpo possuir muitas pintas.

Pode ser que tenha relação apenas com um fator genético, mas é preciso que isso seja observado por um profissional, para o caso das pintas não sofrerem modificações que podem acabar levando para um câncer de pele. Mantenha as pintas sempre em observação para ter esse controle e evitar um problema mais grave depois. Ainda relacionado com esse assunto é preciso cuidado maior em locais que essas pintas possam estar acumuladas, ou que tenham propensão a pegar sol.

 

Uma pinta se torna preocupante por quatro motivos que precisam ser monitorados e observados pelos médicos:

  1. Assimetria;
  2. Bordas;
  3. Coloração;
  4. Dimensão.

No caso da assimetria, se elas são assimétricas são ainda mais preocupantes. Pintas que possuem bordas irregulares precisam de cuidado e atenção especial. Se as pintas no corpo forem de mais de uma cor, é preciso que existe observação, e se forem com mais de 6 mm é preciso ser sempre monitorada.

 

Mas não precisa entrar em desespero, tirando conclusões precipitadas. A única pessoa que poderá dizer algo em relação às pintas do seu corpo é um médico que tenha estudado para isso. Não tente fazer essa análise sozinha porque só ele poderá dizer se sua pinta é maligna ou não.

Análise

É preciso fazer uma análise para o caso de peles com diferentes variações de cor. Não é necessariamente o fato de que essas cores variadas possam ser um câncer, mas assim como os outros aspectos, é preciso uma análise para que o ok seja dado e para que possamos definir se é genético ou algo relacionado com a doença.

Algumas pessoas têm a mania de achar que não precisam de protetor solar. Isso pode ser uma influência negativa em sua pele. Por isso, se a sua pele tem um histórico de muitas queimaduras do sol, é preciso fazer uma visita ao dermatologista para conferir se essas exposições solares não prejudicaram a sua pele.

Diagnóstico

O câncer de pele é uma doença séria e precisa ser diagnosticada com antecedência para que possam ocorrer os tratamentos corretos, por isso, se você tem alguma desconfiança em relação ao seu corpo, não fique sofrendo calada em casa, procure um profissional da área que possa deixar você em paz em relação a esse assunto e que possa tirar qualquer dúvida.

Câncer de Pele – Você Sabe Identificar?
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Juliana Bolzan

Jornalista, apreciadora de alguns mundos paralelos e pessoas diferenciadas. Escritora há pelo menos 10 anos. Com sonhos na cabeça e vontades de realizar. Gaúcha. No momento trabalha ajudando as pessoas a serem melhores tanto na parte física, quanto emocional. Com convicções muito concretas sobre a vida, e o amor. Ama as palavras, as letras e as pessoas. Pois acredita que cada um tem algo a ensinar.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.