Para que dormir?

Sacrificar suas preciosas horas de sono vez ou outra, até que é aceitável, mas não deixe que isso vire rotina. Um trabalho extra até mais tarde, um filho que fica com febre na madrugada, ou uma baladinha ou outra não fazem mal a ninguém. Não farão se estes cenários não se repetirem por muitas vezes, pois se essas situações se tornam um hábito, sua saúde certamente correrá perigo. É certo que há mulheres que não dão a devida importância para esse assunto e para mostrar a verdadeira importância de um sono bem dormido é que vamos exemplificar melhor.

Por exemplo, o celular do tipo mais moderno, com vários aplicativos, consome muita energia e precisa ser carregado todos os dias. Se você não o carrega, ele não vai funcionar no outro dia. Concordam? Tente aplicar essa mesma situação a sua vida e perceba que se não dedicar as horas adequadas para o descanso, em algum momento, o corpo vai dar sinais de que não está funcionando como deveria. Não há para onde fugir, a realidade é que a cada dia que passa as responsabilidades e tarefas aumentam, e essas são as consequências da vida moderna. Mas, existe solução para tudo e nunca é tarde para recomeçar! Então pare, reveja os seus conceitos e decida priorizar o que é realmente importante.

Para que dormir?
Para que dormir?

Importância do sono

São necessárias entre seis a oito horas diárias de descanso para que o organismo de um adulto consiga trabalhar a seu favor enquanto dorme. É nesse momento que ocorre o fortalecimento do sistema imunológico, as liberações de hormônios e toxinas, a reorganização e o descanso da memória, o descanso do corpo e renovação dos músculos.

A privação de horas de sono, além de afetar nas realizações de tarefas comuns do dia a dia, causa o estresse, mau humor, prejudica a coordenação motora e a concentração, diminui o desempenho sexual e gera o aparecimento de dores no corpo. Também ocorre o perigoso aumento da taxa de açúcar no sangue, comparado a níveis de um diabético. Isso pode gerar consequências graves como a paralisia do pâncreas, problemas cardiovasculares e também põe em risco a visão. Além disso, a hipertensão, o colesterol alto e o risco de engordar são muito grandes.

Além disso, o descanso, ou a falta dele, influencia diretamente no DNA. Especialistas afirmam que uma noite mal dormida enfraquece a estrutura do DNA a ponto de causar alterações nas cargas genéticas, podendo gerar o aparecimento de doenças como o temido câncer. Para se ter uma ideia da gravidade da ausência do sono, estudos recentes mostram que dormir menos que seis horas diárias aumenta em 12% risco de ser acometido por morte prematura. Ou seja, quem dorme a quantidade necessária por dia, corre menos riscos de ficar doente, porque o sistema imunológico é sempre fortalecido no sono.

Não envelheça à toa

É possível identificar de longe uma mulher que não dorme bem, não só por conta das olheiras, mas pela expressão de cansaço que o rosto demonstra. As poucas horas de sono não permitem que o organismo trabalhe de forma completa. Um exemplo da necessidade do sono é a ação da melatonina no organismo. A substância, que tem um grande poder de antioxidação, é altamente eficaz contra os radicais livres. Mas, se quiser se aproveitar os benefícios que ela traz, terá que dormir direitinho, porque ela só age quando você vai para a cama!

ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kemilly Bertini

Jornalista, comunicativa, pura energia. Apaixonada pelo universo feminino, dar dicas sobre beleza, moda, cabelos, maquiagem sempre foi seu maior hobby e ajudar mulheres a descobrirem a melhor versão de si mesmas é um dos seus prazeres.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.