Pela paz de espírito

 

Meninas não se surpreendam caso vocês encontrarem dezenas de pessoas penduradas em árvores, fazendo movimentos leves e coordenados, com a satisfação do relaxamento estampada no rosto. Elas estão praticando ioga livre. Adeptos dessa e de várias outras técnicas de meditação e de alongamento, elas ocupam espaços fechados ou até mesmo praças das cidades.

Os adeptos informam que eles têm a vida mais saudável e espiritualizada. A meditação é uma boa pedida para quem quer participar procurando uma vida zen, curitr cachoeiras e muito verde. Existem vários tipos de ioga que atraem moradores e turistas, onde as pessoas buscam algo mais interior. Sem contar com a beleza natural, um lugar tranquilo para levar uma vida saudável. O estilo prioriza a liberdade nos movimentos, sem hierarquia entre quem aprende e quem ensina.

Os benefícios listados por quem pratica ioga livre são muitos. A ioga livre traz energia abundante, bom sono, corpo ágil e uma vida sexual excelente. Além do coração tranquilo e percepção aguçada.

Outra prática inovadora presente é a acroioga. Nela misturam-se elementos tradicionais com acrobacias. É uma prática que convidam a celebração dos corpos, desenhados para exercitar, educar, interagir, brincar, desafiar, recarregar e reconectar com a natureza divina.

Isso mostra os resultados da participação com marcas de florais, essências usadas para combater vários males. Também um resultado de tranquilidade para sair da rotina das grandes cidades. As pessoas aprendem a usar o campo eletromagnético e uma expansão da consciência, seguramente, um dos exercícios mais sutis para despertar a humanidade.

A ioga não é uma respiração mecânica e sim Pranayama (controle da respiração) que são realizadas com a consciência colocada sobre a a contribuição do Prana (energia vital) que entra e acumula no corpo. Outra opção da ioga é “asanas”  (posturas) que a pessoa têm contato diretamente com o solo.

A pessoa que pratica a ioga, requer um equilíbrio na respiração, por usar todos os músculos, como a respiração abdominal ou diafragmática, empurrando a barriga para fora e para dentro e enchendo os pulmões de ar. Tudo isso deve ser realizado lentamente e de uma maneira que a pessoa fique completamente confortável.

A ioga nasceu na Índia há mais de 5000 anos e é considerada uma cultura e filosofia de vida, onde permite que a pessoa atinja um estado de Hiper (consciência) onde não há interferência da mente, dos pensamentos, memória ou qualquer forma de análise. A palavra está associada com as práticas meditativas tanto do budismo quanto do hinduísmo.

No mundo existem diversos tipos de ioga, que propõem não necessariamente caminhos contraditórios, mas sim diversos caminhos para alcançar o mesmo objetivo, a iluminação da consciência.

Que tal meninas, praticarmos algumas sessões de ioga?

Beijos, Rogéria.

Pela paz de espírito
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.