Valeriana: Opção Natural Pra Dormir Melhor!

 

Cada vez mais pessoas vêm tendo problemas para dormir, e isso está relacionado a vários fatores, podendo, inclusive, ser deficiência da melatonina, que é o hormônio do sono, dentre outras coisas.

Pra combater o problema estão criando outro problema: o uso exagerado de remédios pra dormir.

Claro que em alguns casos eles são indispensáveis, mas em outros pode-se tentar alternativas naturais, que têm se mostrado muito eficientes.

Um bom exemplo disso é a valeriana, que possui ação sedante e antiespasmódica. O efeito sedativo da valeriana vem sendo estudo há bastante tempo, e embora mostre uma potência inferior a dos benzodiazepínicos e similares, é certo que a raiz da valeriana é uma importante indutora do sono, sobretudo em pacientes que não fizeram uso de remédios para dormir.

422996-valeriana-raiz-580x367

Os ativos presentes na valeriana age como um modulador do sono, e ainda reduz os níveis de 5-OH-triptamina e noradrenalina no cérebro.

Quando administrada em dosagem que varia de 450 a 900 mg, a valeriana demonstrou uma boa redução  no tempo requerido para dormir em relação ao grupo que recebeu placebo, bem como um sono mais tranquilo, com menos movimento e menos cansaço ao acordar.

Dessa forma, a valeriana vem sendo bastante indicada para tratar a ansiedade, a insônia, a irritabilidade, mas também a taquicardia, a hipertensão arterial, as crises de dor de cabeça, o stress, a asma, espasmos de origem nervosa, espasmos intestinais e vários outros problemas.

A posologia indicada do extrato seco varia de 300 a 1200 mg ao dia, mas ela não é de uso livre, sendo, aliás, contra indicada em diversos casos.

Os efeitos colaterais mais importantes são observados quando  a pessoa toma mais de 5 gramas diariamente, o que é uma dose muito elevada, ou quando o uso se prolonga por muito tempo. Dentre os efeitos, os mais importantes são a cefaleia, a diarreia, as vertigens e a depressão central, mas esses sintomas desaparecem com o fim do tratamento.

Seu consumo prolongado não é indicado, vez que pode causar dependência psíquica, então a recomendação é que ela seja prescrita de forma descontinua. Assim, logo no início a pessoa toma   a valeriana por 10 dias seguidos, depois para por 20 dias e caso seja necessário começa novamente.

A valeriana  não é indicada para consumo durante a gestação, a lactação, bem como não é indicada para crianças menores de três anos.

Não deve, ainda, ser consumida em conjunto com qualquer outro depressor do sistema nervoso central, vez que o efeito acaba sendo potencializado.

É recomendada, ainda, a não administração em pessoas que tenham hipersensibilidade ao óleo essencial da valeriana ou a qualquer outro óleo essencial.

Durante o seu consumo, não se pode fazer uso de bebidas alcoólicas, e pacientes como comprometimento hepático não devem fazer uso da substância, sob o risco de hepatotoxicidade.

É possível encontrar a valeriana em forma de drágeas, como o ValeriMed, por exemplo, que é vendido em farmácias, mas dá também pra manipular em farmácias de manipulação. O preço costuma ser baixo e a receita médica não é necessária, mas todo e qualquer medicamento só deve ser usado com o conhecimento do seu médico.

Valeriana: Opção Natural Pra Dormir Melhor!
3 (60%) 3 Votos

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.