Creme Antirrugas: O Que Você Precisa Saber!

Quando nos aproximamos dos 30 anos, as rugas começam a dar sinais, o que é comum, já que elas são “sinais da idade”. Contudo, o fato de ser comum não significa que temos que nos conformar com elas, não é mesmo? Por conta disso cada dia mais surgem produtos e tratamentos para contornar o problema. Contudo, independente dos tratamentos, é essencial apostar numa alimentação saudável e rica em nutrientes, bem como no filtro solar.

Quanto a alimentação, são muitos os alimentos que ajudam, como os ricos em carotenoides e flavonoides, como a cenoura, os vegetais escuros, a laranja, o mamão, o chá verde, a beterraba, as frutas vermelhas e a berinjela.  Os alimentos com altos teores de isoflavonas, como a soja, bem como de silício, como a aveia, ajudam a combater a flecidez da pele, e o zinco, que pode ser encontrado nos frutos do mar, ajuda a retardar o envelhecimento, assim como os ricos em licopeno, em vitamina C e em vitamina E.

espaco-mahara-rugas

No combate as rugas, podemos contar com três tipos de cremes, os cosméticos, os cosmecêuticos e os medicamentos, que são muitas vezes confundidos, mas apresentam ação e resultados bem diferentes. Os cosméticos não atuam na alteração da estrutura da pele, apenas a hidratam, enquanto os cosmecêuticos possuem uma ação mais profunda, ou menos superficial, mas não oferece os efeitos colaterais que são característicos dos medicamentos, que são mais potentes, agem mais profundamente e apresentam resultados mais duradouros.

No combate às rugas, quase todos lançam mão de ácidos diversos, já que os ácidos, sobretudo o ácido retinoico, removem a camada mais superficial da pele, o que garante uma maior penetração dos ativos de tratamento e aumenta a produção de novas células, já que estimulam a renovação celular. Dessa forma ocorre uma maior produção e concentração de colágeno e também de elastina, o que garante uma pele mais elástica, com mais firmeza e com rugas menos aparentes. Ou seja, ajudam verdadeiramente no tratamento das rugas, reduzindo-as.

É comum também que esses cremes contenham vitaminas de ação antioxidante, como a vitamina C e a vitamina E, bem como o café verde e o chá verde, que ajudam a combater os radicais livres,  evitar o envelhecimento precoce e reduzir o efeito dos fatores ambientais na pele.

A vitamina C é, ainda, um ativo que aumenta a luminosidade da pele, mas existem outros que agem na redução da produção da melanina, mas esses ativos geralmente vêm com uma tecnologia diferente, como nas nanopartículas, que ajudam na penetração e estabilidade dos ativos, proporcionando, ainda, uma liberação prolongada dos ativos de tratamento, o que evita alguns efeitos adversos.

A aplicação do creme antirrugas é diária, geralmente pela manhã e pela noite, mas isso depende, também, da composição do produto. Se o produto tiver algum ácido, deve ser usado, via de regra, durante a noite, já que esse tipo de ativo deixa a pele sensível ao sol. No caso do ácido retinóico, que é um dos ácidos mais fortes, senão o mais forte, o uso deve ser noturno apenas e os cuidados com os raios solares devem ser redobrados.

 

Creme Antirrugas: O Que Você Precisa Saber!
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.