Melasma : O Que é e Como Tratar

O melasma é uma hipermelanose  caracterizada pelo surgimento de manchas acastanhas com limites precisos e regulares na face . O melasma pode ser dérmico, epidérmico ou misto , dependendo da profundidade em que o pigmento se localiza na pele.

O melasma epidérmico, que é mais superficial, responde bem aos tratamentos disponíveis, ao contrário do melasma dérmico, que é bem mais profundo.

Embora possa acometer homens, a maior vítima dos melasmas são mesmo as mulheres.

O surgimento do melasma       está relacionado a fatores hormonais, a tendência genética, a cosméticos que contenham substâncias fotossensibilizantes,  e a exposição solar. Quando ocorre na gravidez é chamado de cloasma gravitício, que está associado as mudanças hormonais características dessa fase e tendem a desaparecer com o fim da gestação.

O tratamento do melasma passa prioritariamente pela proteção da radiação solar. Sendo assim, o uso de protetor solar potente diariamente torna-se obrigatório, sendo importante associar filtros químicos e físicos para obter uma proteção mais efetiva.

É preciso evitar o uso de substâncias fotossensibilizantes, inclusive os anticoncepcionais, bem como produtos ou ações que agridam a pele, já que a inflamação decorrente da agressão escurece mais ainda o melasma.

Para tratar o melasma é preciso fazer uso de substâncias despigmentantes de uso tópico para promover a inibição da síntese de melanina. Um dos despigmentantes mais usados é hidroquinona, mas inúmeras outras substâncias, como por exemplo o ácido azeláico e ácico kójico, são largamente utilizados. Geralmente o tratamento é combinado, pois além dos despigmentantes o uso de ácido torna o tratamento mais eficaz.

Os peelings superficiais também são armas nas luta contra o melasma já que eles  ajudam a remover as camadas superiores da pele e facilitam a penetração dos despigmentante. Existe, ainda, a opção de remover a melalina com peelings, entretanto esses tratamentos obtém melhores resultados em melasmas superficiais.

Como se vê, o tratamento do melasma é prolongado e difícil, sobretudo nos casos de melasma dérmico, e por isso  a conscientização do paciente é tão importante, sobretudo quanto a necessidade de proteção diária da pele.

P.S: O tratamento do melasma ou de qualquer outra doença de pele deve, obrigatoriamente, ser acompanhada por um dermatologista. Então, por Valéria ( a Diva!), não faz a louca, tá? Nada de sair passando as famosas receitinhas milagrosas no rosto por que isso só vai ( mesmo!!!) piorar o problema!

Beijos

Ju Lopes

Melasma : O Que é e Como Tratar
ESTA DICA FOI ÚTIL? VOTE AQUI

Kalina Amaro

Sou jornalista, blogueira, louca por cosméticos e chocolate. ? Escrevo sobre um pouco de tudo que for relacionado ao universo feminino.. mas você vai ver meus posts mais na categoria beleza. Se esta dica foi útil pra você VOTE no meu post clicando na entrelinha ☝ acima, tá? Faça seu comentário abaixo. Beijos lindonas ?

1 Comment
  1. luciana alves disse:

    oi Ju…sou sua mega fã! Mas preciso urgente saber se o tratamento com Cosmelan resolve mesmo? Melasmos é o fim do mundo p mim!!!!!!!!!!! Me responde por favorzinho!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.