Protetor Solar: acabe com todas as suas dúvidas

Mesmo em tempos como esses, onde o sol dá um descansinho, é indispensável usar o filtro solar a fim de livrar a nossa pele dos males causados por ele

Ainda existem muitas dúvidas bastante comuns que rondam o protetor solar. O item é indispensável para manter a pele jovem e saudável, por isso você não pode perder esse artigo que irá te ajudar a utilizá-lo corretamente e explicar muito do que você precisa saber sobre proteção solar.

Um dos grandes questionamentos é quanto ao fator de proteção solar, o FPS, até onde ele influencia?
É ele o responsável por indicar o quanto a sua pele será protegida, mas entre os produtos com alto índice de proteção a variação é muito pequena. O que realmente deve ser seguido à risca é a forma correta de aplicação, essa sim exerce grande diferença. Não vale querer economizar na quantidade de produto ok? O fato é que um fotoprotetor com FPS 50 ou 90 funciona com a mesma eficácia quando são plicados da forma correta e reaplicados durante o dia.

filtro-solar
Protetor Solar: acabe com todas as suas dúvidas

É importante lembrar que uma única aplicação diária não fará milagres pela sua pele, não esqueça de repetir a dose nos demais períodos. Para o dermatologista Adilson Costa, o fator de proteção alto só deve ser indicado para peles em estado muito sensível.

Falamos acima de forma correta, muitos desconhecem, mas a verdade é que ela existe. Então como aplicar?
Antes de se expor ao sol, comece a preparar a sua pele com 15 a 30 minutos de antecedência. Espalhe bem por todo o corpo, de maneira uniforme, e repita a aplicação a cada duas horas. Se você estive na mar, na piscina ou praticando algum esporte que a faça suar, não esqueça de reaplicar o produto para garantir o nível de proteção.

Há uma medida recomendada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia que é de 2 mg/cm2, o proporcional a uma colher de chá para o rosto e também pescoço. Uma colher de sopa para a parte da frente do tronco e outra para a parte das costas, uma colher de sopa para os braços e a mesma medida é o suficiente para as pernas e os pés. Ou seja, não dá pra economizar aqui!

Quem gosta de usar protetor solar em spray sabe que não é possível dosar de forma semelhante, então a regra é borrifar por toda a pele de maneira que todo o corpo receba o produto.

Dá para usar o mesmo protetor do corpo no rosto?

A resposta é sim, mas não é uma atitude recomendada por especialista no assunto. Analise bem, se nós usamos cremes hidratantes específicos para o rosto, porque usaríamos o mesmo protetor que aplicamos no corpo? Não faz sentido, mas você é livre para escolher. Só tenha em mente que os produtos desenvolvidos para o corpo possuem uma textura diferente, por isso a pele certamente ficará oleosa, podendo aparecer até acne no meio do caminho.

998841_356524911142158_1341500309_n

O ideal é escolher produtos separados, um para o rosto e outro para o corpo. Há fórmulas bem completas, dotadas de vitaminas e mais nutrientes que ainda melhoram o aspecto da pele. Em diversas texturas, ele aparece em gel, creme, sérum, loção e até com um toque de cor para uniformizar a pele. Escolha o protetor a partir do seu tipo de pele, se ela é oleosa, mista ou seca.

Se você faz esportes, o dermatologista Sergio Palma, indica a fórmula cremosa, pois essa é bem mais resistente ao vento e a água do que os fluidos.

Mas eu não gosto de sol e vou ficar na sombra, preciso usar protetor?

Siiim, essa pergunta é recorrente, as pessoas tem a mania de achar que somente um guarda sol pode protegê-las, mas não é bem assim na realidade. Até a areia da praia pode refletir luz solar, daí a importância de se precaver. Afinal, o protetor só nos ajuda, não é remédio, não apresenta gosto ruim e não doí, porque mesmo muita gente corre dele? Não consigo entender!

Como disse no início da matéria, os dias nublados não nos liberam do uso de protetor solar, a explicação está no fato de que os raios solares conseguem atravessar 80% das nuvens. Portanto use-o em qualquer época do ano, de preferência todos os dias. Eu já fui uma vítima dos dias nublados, ele parecem tão inofensivos que me convenceram a dispensar o protetor. Fiquei uma hora sentada em volta da piscina, só reparei minhas pernas quando levantei, então veio o susto, peguei insolação sem ter nenhum solzinho para contar história.

É necessário se proteger dos raios infravermelhos ou só preciso me preocupar com os UVA e UVB?

Recentemente veio a descoberta de que esses raios também são nocivos à pele, já que boa parte deles tingem a pele e se assemelham aos efeitos do UVA, pois degradam o colágeno.

Para se proteger dos novos inimigos, é preciso optar por produtos que contenham tanto antioxidantes quanto proteção solar.
O médico afirma que há versões que unem os dois em um só produto. Mas tome cuidado, somente os compostos de orsitina e GP4G são realmente eficazes nessa luta. Esses dois compostos são capazes de lutar contra a ação dos raios infravermelhos, portanto, se atente às informações da embalagem e certifique-se de que os dois estão presentes na formulação.

60163878

Quem tem pele negra não precisa usar protetor sempre?

A pele escura possui maior resistência ao sol quando comparada a pele clara, mas isso não exime a pessoa da necessidade de usar o filtro solar. A pele negra tem mais quantidade de melanina que a clara, isso faz com que ela esteja protegida com apenas o fator de proteção solar 15

Usar muito filtro solar atrapalha na produção de vitamina D?

De acordo com algumas pesquisas, realmente há uma certa diminuição dos níveis em pessoas que usar o filtro diariamente, mas ela é pequena e não é capaz de gerar uma deficiência. Isso porque o sol é a maior fonte de vitamina D existente, é ele quem gera a substância que fortalece os ossos e os dentes. Para que o nosso organismo consiga a vitamina, bastam de 10 a 15 minutos de exposição ao sol a cada dois dias.

É claro que em casos mais drásticos, onde há muita falta da vitamina, haverá necessidade de expor por mais tempo e, muitas vezes, casos complexos exigem reforço da substância por meio de suplementos orais.

Quais são as diferenças entre o filtro químico e físico?

A grande parte dos filtros solares é desenvolvida a partir dos dois tipos. Mas cada um apresenta uma função diferente, os agente físicos – dióxido de titânio e oxido de zinco – formam uma espécie de barreira em volta da pele, livrando-a de possíveis manchas, é ideal para pessoas com peles sensíveis ao sol. A textura dos fotoprotetores físicos passou por mudanças durante o tempo e, hoje, apresenta uma consistência muito mais fluida que antes.

Já o papel dos agentes químicos é refletir a radiação do sol, assim eles impedem a penetração na pele. Uma ação que difere os dois se refere à peles mais sensibilizadas, pois o químico não possui tanta eficácia na praia, por exemplo. Isso acontece por conta da necessidade de reaplicações do produto durante um pequeno espaço de tempo e pela menor proteção na luta contra o aparecimento de manchas.

Pessoas com pele muito clara conseguem pegar um bronzeado?
Além das possibilidades físicas, está a genética que nem sempre permite uma cor muito diferente da natural, a não ser a cor vermelha, que é um sinal de insolação. Cada pele apresenta um limite, é preciso entender o seu e ver até onde você pode se expor ao sol sem danificar o tecido.

O médico explica que pessoas muito brancas precisam se proteger com fator de proteção 30, usar chapéus, óculos escuros e tomar cuidados com os horários escolhidos para ficar ao sol. De 10 horas da manhã às 3 da tarde é bom não se atrever de frente aos raios solares. Nos horários mais tranquilos, é só aplicar o filtro de forma correta e não passar dos limites, assim é possível se bronzear sem problemas.

Não preciso aplicar protetor solar porque quero me bronzear!
O fator de proteção não evita o bronzeado e sim as bolhas e a pele avermelhada que surgem por conta da exposição excessiva ou pela falta de filtro. Usar o protetor não significa que você não vai conseguir se bronzear, muito pelo contrário, ele acontece de forma muito mais saudável do que com auxílio de produtos bronzeadores.

O fotoprotetor é o produto que nos permite aproveitar o sol sem prejudicar a nossa pele. O item nos livra de manchas, de sardas, do envelhecimento precoce e nos ajuda a conquistar o bronzeado bonito, que sem ele não seria possível.

Protetor Solar: acabe com todas as suas dúvidas
5 (100%) 1 Voto

Kemilly Bertini

Jornalista, comunicativa, pura energia. Apaixonada pelo universo feminino, dar dicas sobre beleza, moda, cabelos, maquiagem sempre foi seu maior hobby e ajudar mulheres a descobrirem a melhor versão de si mesmas é um dos seus prazeres.

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.